Lágrimas de crocodilo. Dom Orlando Brandes e Padre João Batista, renunciem já!

Por FratresInUnum.com, 24 de maio de 2018 – No último dia 20 de maio, conforme anunciado pela Senadora Gleisi Hoffman e denunciado pelo jornalista Bernardo Küster, aconteceu em Aparecida uma romaria em prol da libertação do ex-presidente Lula, recentemente condenado pela justiça.

Orlando Joao

Ironia das ironias: Dom Orlando Brandes e Padre João Batista lançaram, no início de 2018, o projeto “Eu sou o Brasil Ético”.

Anteriormente, o Santuário Nacional tinha emitido uma nota afirmando que “entende que o momento atual é propicio de reflexão e protagonismo do cidadão ao que tange às escolhas eleitorais, por isso, sob qualquer hipótese se posiciona ou se posicionará em favor de quaisquer líderes políticos, refutando toda e qualquer iniciativa que queira utilizar-se do Altar da Eucaristia para fins de promoção individual ou partidária”.

Segundo informações extra-oficiais, este posicionamento do Santuário estava em linha com as recomendações recentemente dadas pelo núncio apostólico durante a última assembleia geral da CNBB, de que a Igreja não se deve imiscuir em política, ainda menos em ano eleitoral.

Ora, contrariando as orientações do núncio e contradizendo as próprias declarações dadas anteriormente, o Pe. João Batista de Almeida, reitor do Santuário, acabou por, segundo suas próprias palavras, “utilizar-se do Altar da Eucaristia para fins de promoção individual ou partidária”, fazendo uma prece pela libertação de Lula. Como já havíamos dito, a esquerda dita católica não consegue conter sua psiconeurose socialista, após décadas de intoxicação via teologia da libertação.

A reação dos fieis pelas redes sociais foi imediata. Basta uma breve visita ao Facebook do Santuário Nacional para ver o número imenso de pessoas que execraram a apologia do ex-presidente condenado pela justiça, em plena missa de Pentecostes, diante da Imagem da Padroeira do Brasil.

A tática dos redentoristas, possivelmente alinhados com o seu arcebispo, Dom Orlando Brandes, estava sendo a de não pronunciar-se sobre o assunto, talvez na expectativa de que o mesmo “esfriasse”. Nada estranho para quem sempre se serviu das CEBs como instrumento de politização comuno-petista dos fieis católicos.

No entanto, ontem, a plataforma CitizenGo lançou uma petição pública ao núncio apostólico, com cópia ao arcebispo de Aparecida, pedindo-lhes que tomassem providências. A cada assinatura, um e-mail era imediatamente disparado para a nunciatura apostólica e para Dom Orlando Brandes. Não houve tempo para muitas assinaturas, mas o resultado foi quase imediato.

Ato seguido, o site do Santuário de Aparecida emitiu uma nota inexpressiva, em que os firmatários manifestaram, com linguagem ambígua, pesar pela “dor que causaram”, pedindo perdão a “todos que se sentiram ofendidos”. Em nenhum momento reconheceram que cometeram um erro, apenas lamentam que os outros se sentiram doídos e se ofenderam, transferindo, assim, a autoria do agravo às próprias vítimas do mesmo. É como se alguém lhe desse um tapa no rosto e lamentasse que você se sentiu estapeado.

É sabido que Dom Orlando Brandes, quando arcebispo de Londrina, foi a mente por trás do 14o Intereclesial de CEBs, ocorrido, porém, quando ele já estava transferido para Aparecida e tinha sido sucedido por Dom Gemerias Steinmetz. No fim das contas, este último foi quem sofreu as consequências. É de Dom Orlando Brandes o lema “Bíblia na mão e pé na missão”, slogan criado para insuflar as CEBs por todos os lugares em que passou.

Onde está o Núncio Apostólico nesta hora? Dom Giovanni D’Aniello, o Sr. alertou os bispos para que isto não acontecesse. E agora? Permitirá que este desacato permaneça impune? Precisaremos lembrar-lhe essas palavras de Francisco dirigidas justamente aos núncios apostólicos?

Recordai-vos que representais Pedro, rocha que sobrevive ao extravasar das ideologias, à redução da Palavra unicamente à conveniência, à submissão aos poderes deste mundo que passa. Por conseguinte, não abraceis linhas políticas ou batalhas ideológicas, porque a permanência da Igreja não se baseia no consenso dos salões ou das praças, mas sobre a fidelidade ao seu Senhor que, ao contrário das raposas e dos pássaros, não tem toca nem ninho para reclinar a sua cabeça” (Discurso aos núncios, 17/09/2016, n. 1).

Dom Orlando Brandes e Pe. João Batista de Almeida precisam ser afastados do seu cargo, precisam renunciar ao seu ofício, não são dignos pastores do rebanho de Deus, são lobos em pele de ovelha, querem usar o altar como palanque e Nossa Senhora Aparecida como instrumento de propaganda para um criminoso condenado, não é mais possível fingir-se de cego.

Não bastasse a dura realidade, há a piada pronta: em janeiro deste ano, Dom Orlando e Padre João Batista lançaram o projeto “Eu sou o Brasil ético”, em que pretendiam, em nome o Santuário Nacional, discutir “política em escola para formação de leigos e criar Pastoral Política, além de abrir salões das paróquias para candidatos; Santuário Nacional lança nova campanha por ética na política”. Para a dupla, melhor seria se lançassem a campanha “Eu sou o Brasil patético” (slogan a ser declamado na voz artificialmente impostada de Dom Orlando).

Que Nossa Senhora interceda pela nossa Igreja. Como Ela mesma nos advertiu em Fátima, “a Rússia espalhará os seus erros pela terra”, mas, “por fim, o meu Imaculado Coração triunfará”.

16 Comentários to “Lágrimas de crocodilo. Dom Orlando Brandes e Padre João Batista, renunciem já!”

  1. Uma boa sugestão aos acima seria também: QUEREMOS O ESTADO LAICO, quer dizer camufladamente SOMOS ATEUS-MILITANTES travestidos de católicos!
    “Manifestamos nosso profundo pesar pelo desapontamento que causamos a todos. Pedimos perdão pela dor que geramos à Mãe Igreja, aos fiéis e às pessoas de boa vontade”…
    Se fosse apenas desapontamento estaria ótimo: foi demonstrarem aos católicos que apoiam um marxista, o possesso Lula, abortista, de um partido revolucionario, do martelo e foice, da estrela de 5 pontas que é o pentagrama satânico e a cor da bandeira vermelha representa o sangue dos adversarios, além de genocida que, arraigada e profundamente odeia e conspira contra o Senhor Deus e sua Igreja!
    A fortiori, têm-no como também BANDIDO PREFERIDO, como tantos incautos ou cupinchas do diabólico Lula e suas falanges, a serviço de Satã, pertencente a um partido comunista, das mesmas ideologias básicas dos nazistas e fascistas, o trio fortemente material-ateísta, estatizante, opressor, escravagista e totalitarista, diferenciando-se apenas em partes acessorias!
    Mais um escãndalo sem precedentes pois o manifesto saiu APÓS ao suposto “desapontamento” ou então seriam excelentes cênicos, já que idem possuem antecedentes, ou caindo no vitimismo, via “penitenciando-se por terem ofendido os católicos sensíveis”…
    Seriam tão ingenuozinhos de não saberem que profanariam o Santuario nessa ocasião e ainda aí homilias com a presença de D Sândalo Bernardino da mesma estirpe e outros sinistros eventos, como permissão aos diabólicos umbandistas entrarem dançando dentro do recinto sagrado, homilias de protestante no tal “ecumenismo”, pessimamente entendido e praticado?
    … *”Para o momento, foram convidados representantes de confissões afros, protestantes, espíritas, muçulmanas, judaicas e budistas, além de cristãos armênios e ortodoxos”…
    … “O momento se insere nas ações promovidas durante a Campanha da Fraternidade[sincrética], que neste ano tem como tema a superação da violência [sem citarem os nomes dos promotores, como os PCs e os Lulas, FHCs e nomes de mais esquerdistas] e o lema “Vós sois todos irmãos” Mt 23,8 – [somos irmãos físicos, mas espiritualmente nos identificarmos com comunistas, excomungados?]. Além disso, a celebração atende ao pedido realizado diversas vezes pelo Papa Francisco, que convida os católicos a se unirem com outras confissões religiosas em orações conjuntas pela paz”[pode, com religiões satanistas?]…
    “E dizem aos videntes: Não vejais, e aos profetas: Não nos anuncieis a verdade, dizei-nos coisas agradáveis, profetizai-nos fantasias. Is 30,10.
    Seus profetas são jactanciosos e impostores; seus sacerdotes, profanadores de coisas santas e violadores da lei. Sof 3,4.
    * https://www.portalr3.com.br/2018/03/santuario-de-aparecida-acolhe-ato-inter-religioso-momento-de-oracao-pela-paz/

  2. “TRADIÇÃO SIM!!!! TRADICIONALISMO NÃO!!!!!!!”
    Dom Orlando Brandes

    O bispo proferiu a frase um dia depois do pontifical celebrado por Dom Fernando Guimarães na basílica velha, e pouco antes da missa nova concelebrada pelo próprio Dom Fernando Guimarães com Dom Fernando Rifan. A comparação é um clichê por parte de Dom Orlando:

    “A fidelidade à tradição. Precisamos conservar os valores, as convicções, os tesouros da tradição sem tradicionalismo”
    fonte: http://www.caminhandocomele.com.br/forcas-espirituais-por-dom-orlando-brandes-arcebispo-de-londrina-pr/

    São Mateus 7,16 São Lucas 6,44. Agora sabemos que é Dom Orlando Brandes.

    Dom Orlando, bispo escolhido para Aparecida e quem sabe o próximo cardeal brasileiro. Isso serve de aviso para os que esperam um Sarah ou um Burke aparecendo de branco na sacada do Vaticano no próximo conclave.

    • O que se sabe atualmente é que depois das peregrinações do IBP e da Administração Apostólica ano passado e das celebrações das Missas na forma extraordinária na basílica velha, devido a grande repercussão , fora proibido a celebração da Missa tridentina no território do santuário. Isso é algo que está abafado, mas que exige averiguação!

    • Aqui em Londrina ele chegou a ameaçar de excomunhão alguns leigos que organizam a Missa Tridentina, e a proibiu em todas as paróquias.

  3. O pior de tudo é escutar nas homilias os padres dizendo que não podemos criticar os bispos, mas que devemos estar unidos aos pastores que Deus nos confiou; quem quem critica os bispos e a CNBB em público está excomungado, blá, blá, blá…
    Eu sigo a Doutrina. Se alguns bispos não seguem a Doutrina, quem é o excomungado da história?!?!?!

  4. De acordo com Edward Petin o papa teria recebido no Vaticano de forma privada o ex-presidente da Espanha José Luis Rodriguez Zapatero, um indivíduo socialista, que sempre odiou a igreja, que sempre apoiou abertamente o Lula e o Maduro. Em um dos comentários abaixo do twiter diz que o ex-presidente socialista pede para que o papa apoie abertamente a soltura do criminoso lula, o que eu não duvido nada. O que esta acontecendo na Igreja Católica Brasileira(e em muitos lugares na America Latina e Caribe) não é diferente do que acontece no Vaticano sobre o desgoverno do Francisco.

  5. A simples leitura da denúncia estampada no Fratres, sobre essas “lágrimas de crocodilo”, deixa claro a qualquer católico o nítido perfil desses dois eclesiásticos. Seu perfil religioso está expresso no lema adotado: “Bíblia na mão e pé na missão”. O que é isso senão protestantismo? Não vemos por toda a parte esse tipo de proselitismo protestante? Deixaram esses eclesiásticos de pregar Maria Santíssima nos termos em que é descrita em “Glórias de Maria”, grande livro marial de Santo Afonso Maria de Ligório. E passaram a estimular e propagar a leitura da Bíblia, o que não é de modo algum recomendável, nem sequer convém que seminaristas a leiam habitualmente, pois com isso correm grave risco de fé, conforme alertou o Pe. Santiago Martín, fundador dos Franciscanos de Maria. Com esse protestantismo bíblico os eclesiásticos católicos de modo geral há décadas contaminam o rebanho católico brasileiro com miasmas protestantes e promovem o crescimento dessas seitas.
    .
    Ademais, o perfil sociopolítico dessa dupla nefasta para a Igreja Católica também é cristalino: através das CEBs e da Teologia da Libertação promovem o socialocomunismo, ou seja, o socialismo real de nações comunistas, como Cuba, China, Venezuela etc., que se transformaram em nações-cárcere para milhões de famintos e oprimidos. Aliás, esta é uma palavra – oprimidos – que está sempre na boca desses arautos da miséria e da opressão. Mediante o Evangelho e a liturgia sagrada, preparam os caminhos, “pé na missão”, para a crudelíssima tirania dos adeptos de Marx e Gramsci.
    .
    Renunciem já! Porquanto, como é notório, não são Pastores, são lobos travestidos! A renúncia imediata é o ato de honestidade moral que devem fazer perante a autêntica fé popular de milhões de romeiros que visitam Aparecida para agradecer e implorar graças. É o que a honra de Maria Santíssima, a Padroeira do Brasil, ultrajada por tão maus ministros do altar, exige!

  6. Infelizmente, Dom Orlando foi e ainda continua sendo uma grande decepção.Ao lado de Pe. João Batista , um petista hipócrita , tentando lançar uma ” falsa campanha ” como se o papel do Santuário de Aparecida fosse esse.
    As pessoas e ,. muitos católicos , continuam se afastando da Igreja de Cristo por causa dos ” MAUS PASTORES ‘.Quase já não existem ” Pastores de Almas ” dentro da Igreja Católica.Muitos se deixaram sucumbir pelas mais perversas e nefastas ideologias ” Marxistas “.
    Que esses “falsos pastores de almas ” passem pela “porta da Justiça de Deus.

  7. Continuo afirmando que deveríamos pedir pelo fim da CNBB (sindicato dos bispos) e a criação de um nova conferência sem estes bispos que ao meu vê já estão excomungado automaticamente por apoiarem o comunismo.
    Quanto aos padres que insistem em desafiar a igreja, deveriam alem de excomungados automaticamente, serem casados como sacerdotes e proibidos de celebrar a santa missa e atender as outros sacramentos católicos.
    Devemos dá um basta nisso, devemos pressionar o Nuncio Apostólico a tomar uma providência para punir Dom Orlando Brandes e Padre João Batista e todos aqueles sacerdotes e bispos que continuam, desobedecendo a santa igreja.
    Dom Giovanni D’Aniello, o Sr. alertou os bispos para que não se intrometesse ou mesmo tomasse parte de algo relacionado a politica e mesmo assim não foi atendido, esta na hora de tomar uma postura verdadeira de representante de Pedro.
    Chega destes excesso por parte de Bispos e Padres comunistas.

  8. Esse mês o dinheiro que ia para a Campanha dos Devotos vai para os pobres…

  9. “Dom Orlando Brandes e Pe. João Batista de Almeida precisam ser afastados do seu cargo, precisam renunciar ao seu ofício, não são dignos pastores do rebanho de Deus, são lobos em pele de ovelha, querem usar o altar como palanque e Nossa Senhora Aparecida como instrumento de propaganda para um criminoso condenado, não é mais possível fingir-se de cego.”

    Até que enfim as coisas sendo ditas na linguagem que precisa ser dita, da maneira que precisa ser dita e o que precisa ser dito.
    Não estamos mais na fase em pedir que se desculpem, agora é exigir expulsão sumária. Porque este tipo de coisa não é feita com ingenuidade, é sempre carregada de uma malícia e perversão assustadoras.

    Se eu, no meu trabalho, faço uma besteira tão grande quanto este senhor fez estaria no olho da rua imediatamente.
    Como não é mais possível desordená-los então que o núncio puna-os com uma reclusão (nem sei se é possível) com oração e meditação até o fim da vida para ver se pelo menos a alma deles conseguem salvar e que abram espaço para outro que queira pastorear sinceramente os católicos.

  10. “Onde está o Núncio Apostólico nesta hora?”

    Comendo acepipes nalguma embaixada ou pontificando Paulo VI com Dom Magnus Thronus – nada mais burocraticamente administrativo e nada apostólico.

    “Deus nobis haec otia fecit”
    (Virg.)

  11. Ainda me lembro quando daquelas “madames” petistas subjugando as pessoas simples com o abaixo-assinado em favor da Lei da Ficha Limpa. Como eu sabia das artimanhas da CNBB e sua subserviência ao Gilberto de Carvalho – que andava cheio de autoridade no palácio da CNBB em Brasília, atendendo vários pedidos em troca de apoio da perpetuação do PT no poder – e questionadas o porquê da tal lei, gritavam estéricas dentro da igreja: você é a favor dos corruptos( entenda-se por corrupto qualquer um que fosse contra o PT)? E o que você tem contra os pobres(pois o PT é a salvação dos pobres)? É assim que essa gente age. Agora revelado quem de fato é corrupto em todos os sentidos e pior deles está preso – o chefão Lula -; Gilberto e cia. petista cobra os favores. Exige apoio. Gente diabólica mesmo. E essa raça de víboras atende porque são da mesma laia.

  12. Continuo defendendo que aqueles que contribuem com o Santuário que deixem de faze-lo.

  13. Desnecessário dizer que o Santuário Nacional, para começar, não sabe escrever aquilo que tem em mente ou deseja corretamente expressar.
    Vejamos o que foi escrito:
    “…, por isso, sob qualquer hipótese se posiciona ou se posicionará em favor de quaisquer líderes políticos…”
    Ora, meus amigos, o que está escrito é um posicionamento a favor dos líderes políticos.
    Não sou professor de português, mas vamos escrever corretamente?
    “…, por isso, sob nenhuma hipótese se posiciona ou se posicionará em favor de quaisquer líderes políticos…”
    Ou não era isto que pretendiam?

  14. Deviam ter a humildade e renunciarem, pelo mal que causaram