Foto da semana.

guatemala

Sic transit gloria mundi – Dezenas de pessoas foram mortas pela erupção do Vulcão del Fuego, informaram autoridades da Guatemala no último dia 4 de junho. No fim da última segunda-feira, o número de mortos era 65, devendo ainda crescer. Poucos corpos puderam ser identificados por conta do intenso calor que os deixou irreconhecíveis. Foto de @johanordonez@afpphoto/@gettyimages

Tags:

2 Comentários to “Foto da semana.”

  1. É muito trágico, que Deus conforte as almas e os corações dos parentes das vítimas!

    Aproveito sobre o assunto dos vulcões, são um dos três principais fatores da natureza que provoca o aquecimento global, os outros dois são o sol e as massas oceânicas, fazendo cair por terra a tese que o fenômeno climático planetário é provocado pela ação humana. Lendo os apelos ecológicos do papa Francisco que distorcem o evangelho do santo que inspirou o nome do atual pontífice, me lembro da revelação dita pelo apóstolo evangelista no (Apocalipse 16.13-16) sobre as três rãs, primeiro: “E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta vi sair três espíritos imundos, semelhantes a rãs…”

    Eis como as profecias bíblicas nunca entram em contradição como faz tais ativistas “verdes” adeptos das teorias da “origem asiática das antigas civilizações amazônicas”*, porque atualmente o tribalismo e eco-comunismo são uns dos anticristos (1 São João 2, 18-22), pois pregam a volta as “origens”, onde “não existia divindade masculina”, “apenas a Deusa-Mãe ou Mãe Terra”, cuja a origem desse panteísmo vem do “Matriarcado”, período político-sócio-religioso da mulher na história primitiva na antiga Grécia, Trácia, Capadócia e Anatólia (Ásia Menor).

    “E ao anjo da igreja que está em Pérgamo (capital da então Província da Ásia do Império Romano) escreve: Isto diz aquele que tem a espada aguda de dois fios:
    Conheço as tuas obras, e onde habitas, que é (onde está o trono de Satanás); e reténs o meu nome, e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha fiel testemunha, o qual foi morto entre vós, (onde Satanás habita). (Apocalipse 2:12,13)

    Basta seguir o mito grego das Amazonas e suas jades, a lenda amazônica das (icamiabas e seus muiraquitãs)*, amuletos sagrados em (forma de forma de sapos) em referencia ao órgão genital feminino devido o culto da fertilização.

    Por isso, sob inspiração do Espírito Santo, São João citou demônios semelhantes a sapos. Não é atoa que falsos profetas vem de ideologias aliados as pautas do feminismo radical, onde ambos odeiam o cristianismo e o seu legado, usando de mentiras e mitos contraditórios.

    *https://noamazonaseassim.com.br/a-lenda-do-muiraquita/ e http://leiladavano.blogspot.com/2010/09/guerreiras-amazonas-lenda-das-icamiabas.html

    • Segundo: O que atualmente mais saem das bocas das autoridades e líderes religiosos mundiais?

      O apelo hipócrita anti-humano a favor da ecologia, em nome da Deusa-Mãe*, cujo o suposto elo do mito das Amazonas entre a Ásia Menor e Floresta Amazônica está representado nos tais muiraquitã, amuletos em formas de anfíbios:

      “Vi (sair) da boca do Dragão, da boca da Fera e da boca do falso profeta três espíritos imundos semelhantes a rãs;são os espíritos de demônios que realizam prodígios, e vão ter com os reis de toda a terra, a fim de reuni-los para a batalha do Grande Dia do Deus Dominador.
      (Eis que venho como um ladrão! Feliz aquele que vigia e guarda as suas vestes para que não ande nu, ostentando a sua vergonha!)
      Eles os reuniram num lugar chamado em hebraico Har-Magedon.”
      Apocalipse, 16, 13-16 – Bíblia Católica Online

      Leia mais em: https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/apocalipse/16/

      Por isso o apóstolo evangelista São João, sabendo que Pérgamo era o centro do culto imperial, a primeira cidade da Ásia a possuir um templo ao imperador Romano Augusto e a Roma (29 a.C.), divinamente inspirado, revelou a simbologia animal da rã, antiga divindade das trevas dos Persas, também aos nossos dias atuais, o tribalismo anticristão e “anti-humanismo comuno-progressista tingido de verde-vermelho”. Hollywood já fez muita propaganda disso no filme de Avatar sobre panteísmo, Deusa-Mãe… Se preparem! Vai vir mais nas continuações dessa propaganda do filme em poucos anos.

      É o ativismo anti-humano e anticristão onde ignora que a humanidade já tem uma Grande Mãe, Nossa Senhora, Maria de Nazaré, Mãe de Deus.

      *Ykamiabas: Filhas da lua, mulheres da terra. / Regina Melo. – Manaus: Editora Travessia / Petrobras, 2004, páginas 22-23 e 70 e https://noamazonaseassim.com.br/a-lenda-do-muiraquita/

LEIA ANTES: os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição de Fratres in Unum.com. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. O espaço para comentários é encerrado automaticamente após quinze dias de publicação do post.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s