Faleceu o Dr. Arnaldo Xavier da Silveira.

Formado na Faculdade de Direito da PUC/SP, foi colaborador da revista Catolicismo e notabilizou-se pela publicação em 1970 do livro “Considerações sobre o Novo Ordo Missae” que tratava sobre a missa instituída pelo Papa Paulo VI, substituindo o ritual tradicional consolidado por São Pio V. Traduzido em diversas línguas e lançado inicialmente na França no mesmo ano com o título: “La Nouvelle Messe de Paul VI, qu’en penser?”

Sua obra tratou de diversos pontos cruciais sobre a nova missa e, ainda hoje, é referência para diversos debates sobre as mudanças ocorridas na Santa Igreja a partir do Concílio Vaticano II.

Muitos católicos se beneficiaram com seus estudos, expostos de maneira cristalina e fiéis ao magistério tradicional da Santa Igreja.

O enterro acontecerá hoje, por volta de 11:30 da manhã, no Cemitério da Consolação, em São Paulo.

Requiescat in pace!

6 Comentários to “Faleceu o Dr. Arnaldo Xavier da Silveira.”

  1. Deixará saudades eterna esse ilustre homem.foi um ótimo pai,amigo,padrinho,avô e conhecedor de todas as leis dentro de suas formações e aquisições.

  2. Por favor informem sobre a Missa de 7 dia.

  3. Deus, por Nossa Senhora, o receba.

  4. “Cremos na comunhão dos santos”…isto muito nos conforta diante do repouso no Senhor de tão grande servo de Deus. Me recordo quando ainda seminarista em nossa Catedral Greco Melquita Nossa Senhora do Paraíso eu o via com que piedade e temor de Deus ele participava da Divina Liturgia. Quando se ausentava era comum que perguntávamos por ele: onde está o Dr. Vidigal? Nas próximas Liturgias celebrarei na intenção da sua memória.

  5. Descanse em paz dr. Arnaldo. Ano passado foi o senhor Arai Daniele do Pro Roma Mariana. Duas pessoas de grande lucidez e das últimas restantes da velha guarda da defesa católica. Duas perdas irreparáveis. Cito estes dois porque muito li e reli o livro do dr Arnaldo, que deveria ser divulgado em todas os centros católicos, e os artigos do senhor Arai, voz que clamava já sozinha no deserto de Portugal.