Carta a Jair Bolsonaro.

04 de outubro de 2018.

Memória de São Francisco de Assis.

Deputado Jair Bolsonaro,

Somos um grupo de bispos e padres católicos que lhe escreve esta nota na tentativa de esclarecer, ao deputado e aos seus eleitores, que tipo de atuação política deve-se esperar da hierarquia da Igreja Católica.

1 – Fatos: Nota-se com frequência a manifestação de apoio explícito de ministros evangélicos em campanhas eleitorais. Deve-se, porém, notar, sem detrimento do papel cívico importante dessas pessoas, que as igrejas evangélicas não são organizadas hierarquicamente e que seus pastores gozam de maior liberdade de engajamento político.

O deputado deve ter notado, em sua longa atuação parlamentar, que inúmeros pastores evangélicos exercem o mandato de deputado e de senador, por exemplo, e com isso prestam um excelente serviço à sociedade brasileira.

Já do lado católico, em regra geral, quando algum padre é eleito como parlamentar: 1) ele não possui o apoio da hierarquia católica; 2) e geralmente defende mais os programas da esquerda do que os valores inegociáveis do magistério católico.

2 – Explicação dos fatos: Para compreender porque as coisas são assim, poderíamos fazer uma comparação com a estrutura do Estado Brasileiro, tão bem conhecida pelo deputado.

Assim como nenhum general da ativa irá declarar seu apoio institucional ao Deputado Jair Bolsonaro, também nenhum bispo da hierarquia católica irá declarar este apoio.

Por que isso? É porque a função institucional e suprapartidária das Forças Armadas é garantir o cumprimento da Constituição, não importe quem ganhar! Isso dá segurança ao pais. Ganhe quem ganhar, o brasileiro deveria poder dormir tranquilo sabendo que a Constituição será respeitada.

E a Hierarquia Católica? A Hierarquia também possui uma função suprapartidária de garantir aos fieis católicos a defesa dos chamados “valores inegociáveis”: a vida, a família, a educação dos filhos pelos pais, etc. Ganhe quem ganhar, este deveria ser o papel da hierarquia.

3 – Lamentamos que, em tempos recentes, o projeto comunista-socialista tenha manipulado estruturas da Igreja Católica para obter seus fins diabólicos. Temos visto ultimamente um processo de purificação e denúncia desta miséria dentro da Igreja.

Mesmo assim, pedimos a compreensão do deputado: temos a firme convicção de que a estrutura hierárquica da Igreja católica não deve entrar explicitamente na disputa eleitoral, sob pena de estarmos realizando o que nós mesmo denunciamos e condenamos no projeto da esquerda revolucionária.

Mas, saiba, deputado, assim como milhares de oficiais e soldados apoiam e votarão em sua candidatura, apesar de não haver apoio explícito das FFAA, enquanto instituição; também na Igreja Católica, milhões de fieis (sobretudo jovens! Mas, também milhares de bispos, padres e seminaristas!) olham com esperança para sua candidatura como uma possível abertura para a defesa dos valores inegociáveis da vida, da família, da educação das crianças pelos pais, etc.

Rezamos para que a Virgem Maria, Auxiliadora dos Cristãos, nos conceda a vitória das forças cristãs contra as forças materialistas e ateias.

Deus o abençoe!

* * *

Agradecemos aos senhores bispos e padres a deferência de escolher o Fratres para divulgação de sua carta.

46 Responses to “Carta a Jair Bolsonaro.”

  1. Caríssimos, multiplicando aos nossos irmãos Católicos o comunicado. Graça e Paz

  2. Recentemente, conversando com um cardeal brasileiro, este se mostrou preocupado com uma possível vitória da Esquerda (PT…) no Brasil. Ele tem conhecimento de que há muitos comunistas cubanos dando as ordens na Venezuela. Eu lhe disse que se a esquerda ganhar, os bispos deverão realizar “EXORCISMOS” à distância, a exemplo do que ocorreu durante a II Guerra Mundial, quando Pio XII exorcizava Hitler à distância.

    Moral: O mundo e o Brasil está vivendo uma guerra espiritual (“nossa luta não é contra seres humanos, e sim contra principados e potestades, contra os dominadores deste sistema mundial em trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.”) (Ef 6, 12).

    Todo cristão deve estar preparado como um soldado em ordem de batalha, segundo S. Paulo:

    “Revesti-vos da armadura de Deus, para que possais resistir às ciladas do demônio. Tomai, por tanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever. 14.Ficai alerta, à cintura cingidos com a verdade, o corpo vestido com a couraça da justiça, 15.e os pés calçados de prontidão para anunciar o Evangelho da paz. 16.Sobretudo, embraçai o escudo da fé, com que possais apagar todos os dardos inflamados do Maligno. 17.Tomai, enfim, o capacete da salvação e a espada do Espírito, isto é, a palavra de Deus.” (Efésios, 6, 11-17).

  3. Prezados amigos, convidamos todos os eleitores a se cadastrarem no Rosário Nacional pelo Brasil no dia das eleições, basta estrar e se cadastrar:
    http://www.rosario7outubro.com

  4. Graças a Deus que a Igreja Católica está apoiando o nosso futuro Presidente, o Sr.Jair Bolsonaro. Concordo com as palavras do Sr. Mauro Carvalho. Ele será vitorioso em Cristo!

  5. – Com licença, senhor!!! Atirador 098, Tridente, Tiro de Guerra de São Bernardo do Campo, turma de 1991, sargento Orlandini e sargento Maires, permissão pra falar?
    – Permissão concedida.
    – Na apostila do atirador há uma aula sobre espírito de corpo. Tem um colega que está dando alteração frequentando lugares proibidos aos militares e ainda com mãe chateada por chegar alcoolizado em casa.
    – Como soube disto?
    – Somos amigos de colégio.
    – Boto ele aqui de faxina no final de semana e não vai sair pra farra.
    – E quando terminar o ano, sem mais a farda, o que será dele?
    – Aí é com a família e com ele. Vocês entram aqui uns nadas e saem daqui homens.
    – Já está próxima a última formatura, disciplina e hierarquia não adianta com ele.
    – Adianta sim! Deixa faltar dinheiro no bolso do forrozeiro e quando reclamar pede ao pai e a mãe dele falar comigo. Daqui ninguém sai menos homem do que entrou.
    – Permissão pra me retirar?
    – Permissão concedida. E lembre-se, nunca vai deixar de usar a farda. Educação é coisa que ninguém rouba.

  6. Carta estranha, sem nomes dos signatários e com afirmações absurdas, como “ministros evangélicos” que possuem “papel cívico importante” , “pastores evangélicos” políticos que”prestam um excelente serviço à sociedade brasileira” (!), o que é absurdo.
    A explicação dada do porquê da hierarquia não apoiar candidaturas, querendo comparar com os militares da ativa, é descabida: estes não podem se manifestar politicamente em virtude de Lei que os impede, por isso toda a polêmica em cima do General Mourão quando ele ainda estava na ativa e se manifestava politicamente, recebendo punições bastante brandas na época.
    A Hierarquia católica conservadora não se manifesta por covardia, medo e sobretudo omissão, conturbada que está no mundo pós Vaticano II, devastada por escândalos e repleta de maus elementos que não defendem com destemor a sã doutrina. Com um Papa socialista fica muito difícil condenar o sistema político corrupto dominado pelas esquerdas revolucionárias. E calar-se tem sido a melhor saída para os medrosos e confusos bispos conservadores, que deixam a CNBB livre para defender a doutrina comunista e o PT.

  7. Parabéns pela nota. Mas porque a nota não traz as assinaturas dos emissores?

    • Que pergunta óbvia! Não conhece a ditadura aos quais bispos e padres estão sujeitos na Igreja?

    • Não me lembro de nenhuma situação em Cristo ou os Apóstolos ensinam o “anonimato” pra defender o carreirismo… Se esses “bispo e padres” são reais q me perdoem, mas eles quem escreveu isso presta um desserviço a Igreja ao elegiar os filhos de Lutero (quem elogiava Herodes eram os carreiristas fariseus e saduceus), e prestam um serviço menor ainda não dando provas de coragem e VIRILIDADE, manifestando ao povo os seus digníssimos nomes…
      Digam quem são os “heróis” da nossa fé, não se escondam sob o manto obscuro do anonimato, podem ter certeza que se a vida de vcs for coerente com o que denunciam terão centenas de fiéis os defendo, e eu já me coloco na fileira da defesa… Porém se as denuncias não forem sustentadas com as suas vidas (e a custas da sua carreira) de nada servem tantas palavras…
      Uma pergunta: medo do que esses “signatários ‘anonimos’” tem? Medo de perder a vida?! (Mas o céu é tão bom…) De perder a carreira? (O sacerdócio não imprime caráter indelével?) De perder a paróquia “boa”?! (Mas o Senhor o enviou a todos…) Medo de que?!

  8. Aí sim, é a carta certa ao candidato necessario no site ideal de os Revmos bispos preocupados e mais atentos se expressarem com o que se passa a partir de dentro da Igreja, pois quando sacerdotes e alguns bispos tomam posição em favor desse ou daquele candidato ou político, pode quase se ter certeza que ele atua pró revolucionarias esquerdas, caso da TL, com centenas de adeptos do clero e alguns bispos, os quais omitem quaisquer comentarios anti esquerdas, são eleitores do PT e ainda induzem o povo para votar nesses mafiosos – aonde fomos parar!!
    Mesmo a CNBB que passa uma de representar os bispos do Brasil é outra apoiadora da propria TL e do depravado e perverso PT, já que às eleições, que se tenha conhecimento, jamais pediu aos católicos de se precaverem especialmente dos candidatos vinculados a partidos comunistas, citando nomes, caso do PT e seu capacho PSDB e muitos do(P)MDB, PC do B, PSOL, PSTU, PDT, PCB, PV etc., que de imediato odeiam o Senhor Deus e sua Igreja, além de material-ateístas, abortistas, possuindo o genocidio infantil em seus programas de governo, cujos fundadores do comunismo Marx e Engels eram garantidamente satanistas!
    Se o Brasil está nesse caos religioso, ético-moral e mesmo financeiro poder-se–ia debitar aos acima de conivencia e/ou omissão, mesmo aos alguns ou muitos bispos que deveriam tomar posição frente à suspeitas preferencias da suposta banda vermelha da Conferencia Episcopal e/ou denunciá-la como cúmplice deles, pois retrocessos do povo pró ideologias deveram-se muito a ela, assim como ao papa Francisco que apoia as esquerdas de forma patente e tem colaborado com os Fidel Castro, Lula & e pencas de sanguinarios ditadores e terroristas martelo e foice nos “movimentos sociais”, embora sejam milicianos comunistas, além de a mais de 600 pastores das maiores seitas do Brasil!
    E a situação permanece num impasse, pois: … * Todavia, durante o reinado dos últimos Papas, podemos observar a Igreja na maior desordem no que diz respeito à pureza da doutrina e a sacralidade da liturgia, onde não se dá a Jesus Cristo a honra que lhe é devida. Em não poucas Conferências Episcopais, os melhores bispos se tornaram “persona non grata”. Onde estão os apologetas dos nossos dias, que teriam a coragem de anunciar aos homens de maneira clara e compreensível a ameaça do risco de se perder a fé e a salvação?
    …** “Em nossos dias, a voz da maioria dos bispos se assemelha ao silêncio dos cordeiros diante de lobos furiosos, os fiéis são abandonados como ovelhas sem defesa. Cristo foi reconhecido pelos homens como alguém que falava e agia em uníssono, que tinha poder e é este poder que Ele concedeu a Seus apóstolos. No mundo de hoje, os bispos precisam se libertar de todos os laços mundanos e – depois de terem feito penitência – converterem-se novamente a Cristo, para que fortalecidos pelo Espírito Santo possam anunciar Cristo como o único Salvador. Em última análise, deve-se prestar contas a Deus por tudo o que foi feito e por tudo o que não foi feito”.
    Note-se que desde a saída dos militares, o povo vem sendo imerso no MARXISMO CULTURAL pelo PSDB e depois de forma intensíssima pelo PT e PCs auxiliares, com muito pouca oposição do clero católico, apenas em raras exceções, pelos mesmos de sempre!
    * ** https://fratresinunum.com/2015/02/10/carta-aberta-de-um-arcebispo-sobre-a-crise-na-igreja/

  9. Para quem acha que Jair Bolsonaro é o salvador da pátria, recomendo a leitura dos artigos sobre ele no site “Flos Carmeli Estudos”.
    Jair Bolsonaro defende o aborto.
    Jair Bolsonaro defende a maçonaria. O seu vice é maçom declarado.
    Há entrevistas, falas e fotos comprovando tudo.
    Cuidado, senhores!
    O demônio pode se travestir de anjo de luz.
    A esquerda não presta.
    A direita não presta.
    O Brasil está e estará perdido tanto com a esquerda quanto com a direita.
    Votemos nele e aguardemos as suas ações como Presidente.

    • Por acaso não seria a Flos Carmeli uma dissidência da Montfort?

    • Marcelo, tudo isso aí que você afirmou é verdade. Inclusive acho que Jair Bolsonaro finge muitas de suas posições para cativar o eleitorado conservador, que é a esmagadora maioria. No entanto, em 2018 estamos frente a escolha da certeza de um projeto autoritário, socialista e anticatólico representado pelo PT e sua alcateia, ou de um candidato falastrão, mas que, pelo seu histórico, tem se mostrado averso ao socialismo na sua versão clássica da luta de classe, ao socialismo moderno da escola gramsciniana de revolução cultural que ataca abertamente os valores da família e da moral.

    • Parece que vc não leu o artigo todo da Montfort. Apesar de toda a análise, a mensagem final fica clara: Bolsonaro e o “mau menor”.

    • Não há opção e a situação não é nem de longe a mesma do pleito passado: Dilma X Aécio, acompanho o Bolsonaro não é de hoje, inclusive em sessões de anos atrás contra, por exemplo, a ideologia de gênero, era um dos pouco políticos q levantavam a voz e iam contra as artimanhas de fazer passar na calada da noite, temas como esse ( e outros mais), não podemos pecar por ignorância, essa historinha de relativizar tudo e posar de isentão e ficar em cima do muro e o muro é de Satanás, como a própria mornidão.

  10. Entendo perfeitamente a sua posição, padre! Que ganhe o que Deus achar melhor para governar o nosso país!

  11. Estranho pq o papa recentemente em um post pedi o não armamento e temos uma carta dessa de apoio ao inominável. Muito estranho

    • Quem é que pediu desarmamento mesmo? Ata, a guarda Suíça tem um rosário na cintura eu pensei que eram armas! Foi mal!

    • O inominável, Bozo ou Coiso está do lado dos “mocinhos”, tem apoio e vai colocar muitos militares, generais, nos Ministérios. Ele não é santo, nem o Papa é. E ele, o “inominável”, não é comunista… Do outro lado, estão os bandidos corruptos e terroristas do passado. No Brasil, onde só os bandidos tem arma, se mata mais do que alguns países que estão em guerra. Esta eleição virou um plebiscito entre a liberdade e a ditadura do proletariado, o Bolivarianismo Venezuelano, Os que querem uma nova constituinte bolivariana e uma guarda nacional semelhante a GNB da Venezuela, para manter-se eternamente no poder e os que lutam contra isto e contra a ideologia nefasta da esquerda. O Papa, politicamente, está do lado errado. No momento ele está mais preocupado em lutar contra os plásticos. Será que é tão difícil ver isto ? a esta altura ??? Que Deus nos ajude neste momento de escuridão. Brasil acima de tudo e Deus acima de todos.

  12. Concordo plenamente com conteúdo da carta.

  13. Até Dom Lourenço aconselhou o voto a Bolsonaro. O PT estamos mostrando de forma mais aberta os seus delírios totalitários através de seus ícones o ex-guerrilheiro e condenado na “Lava Jato” José Dirceu, que prometeu punho de aço contra os conservadores (o Brasil inteiro) e também na palavras do candidato pelo PT, Fernando Haddad, de “criação de um Assembleia Constituinte exclusiva”. Em outras palavras, o PT já avisou: vamos começar o mesmo processo de tomada do poder que ocorreu na Venezuela. A derrota do PT é questão de sobrevivência da liberdade religiosa. Estamos num momento dramático semelhante ao contexto anterior ao 31 de março de 1964.

  14. Fico feliz em ver isso (carta). Sou evangélico, mas acima de tudo sou CRISTÃO; portanto somos todos irmãos em Cristo. Entendo sobre segurança pública (sou Oficial da Reserva PM) e também um pouco de sistemas de governos (política). Nos países comunistas, assim como o era antigamente, os Cristãos são perseguidos, porque a “idolatria” tem que ser dada ao chefe maior do país comunista, daí a perseguição.O crime organizado está a cada dia, se organizando e dominando o Brasil, ameaçando e assassinando policiais, juízes e promotores. Bolsonaro, a meu ver, é o mais indicado para “frear” os comunistas e o crime organizado. Em nome do senhor Jesus, nós-Cristãos devemos nos unir e orar, para que não “roubem” nossas esperanças nas urnas eletrônicas. PS: Já passei adiante essa “maravilhosa” carta.

    • O senhor está enganado. Protestante não é cristão, é herege. Cristão é o que segue Jesus Cristo, é o católico. Protestante não segue o Evangelho, logo não é evangélico, não é cristão. Converta-se à única religião, fora da qual não há salvação. Não somos “irmãos em Cristo”, o senhor está em inimizade com Deus e Sua Santa Igreja. Converta-se e crede no Evangelho.

    • Sim! Cristão é aquele que segue o Evangelho e a Sã Doutrina da Igreja de Cristo (Católica, Apostólica e Romana), contudo há inúmeros que se dizem católicos, com cargos, Mitra, sacerdócio, que são tão hereges quanto os Protestantes, afirmo piores, e a esses não tenho nenhum receio de chamar de HEREGES, o são em todo o sentido e muito mais que a grande maioria dos Protestantes que estão em ignorância.

  15. Depois de tudo que a teologia da libertação com suas comunidades de base fizeram para eleger o prisioneiro e toda aquela campanha por assinaturas para a reforma política da OAB/CNBB há poucos anos.. eu sinto vergonha e indignação. Agora eu vejo todo este trabalho feito por pastores evangélicos na direção oposta e correta, eu me orgulho deles e me emociono. Bolsonaro é do bem e está bem intencionado. A maioria dos brasileiros já percebeu isto. E por milagre, graças a Deus, ele está vivo. Deus nos ajude a vencer esta batalha. Esta carta envergonhada tentando justificar… não está com nada…

    • Pelo menos os pastores protestantes tem falado em alto em bom som contra ideologia de gênero e todos os princípios anticristãos que o PT tem levantado. Sou católico, mas já que nossos padres são “cães mudos”, ainda bem que Deus levantou aqueles pastores pra falar o que tem que ser dito.

  16. O cenário é tétrico. As opções piores. Até para escolher o mal menor está difícil.
    Vejam isto: https://youtu.be/2soiznRTRF8

  17. Atento as manifestações de alguns sobre as posições não em comunhão com a da Santa Igreja Católica, sendo aqui uma página voltada especialmente para Cristãos, me recuso a falar Cristãos Católicos uma vez que seria uma redundância já que o catecismo nos ensina que o Sinal do Cristão é o Sinal da Cruz, sinal esse que os protestantes abominam. Mas voltando a questão principal, chegamos a esse ponto entre escolher um mal menor de um mal maior, se deve a nossa covardia enquanto Cristãos. Não temos homens públicos que honrem, pelo menos não vejo, o seu nome de Cristão. Homens, entenda-se o gênero humano-homens e mulheres, que abertamente defenda, ou melhor propague os ensinamentos da Santa Igreja nos campos catedráticos ( nesse temos alguns), intelectuais e políticos. Candidatos ao legislativo e sem chance alguma para o executivo. No legislativo é constrangedor vermos aqueles que aparecem em festividades importantes para ficarem bem na foto com o pároco e com o bispo. Ele sabe que só dali não terá votos suficientes para se eleger, acaba acendendo duas velas. Os já em cargos públicos, comparecem nas festividades naquele famoso “curral” vip nos primeiros bancos das igrejas. Pior que tem aval dos padres de bispos. Bem, isso todos nós já presenciamos, o que falta é termos candidatos de Confissão e Comunhão, e termos coragem para elegermos estes, afinal é uma constatação que mesmo entre os que se dizem católicos haja aqueles que se “vendem” por uma cargo, um bolsa Judas, um saco de cimento, etc. Desta forma só nos resta escolher o menos ruim dos candidatos. A começar pelos partidos, que muitos são portas do socialismo, ateísmo, liberdades sexuais e ideológicas, que nem perdemos temo em procurar neles algum candidato que preste. Podem ser excelentes pessoas, filantrópicos, etc, e etc, mas propagam ideias contra a Lei de Deus. Chegamos então ao tão falado agora voto útil, entre um mal maior, eu escolho o menor. De qualquer forma, temos Um Rei, e Esse Rei é o Único e Verdadeiro Senhor, Ele reina sobre os bons e sobre os maus, sobres os justos e os pecadores, sobre os que o temem, e sobre aqueles que o rejeitam, portanto: rezemos e fazemos penitência pelo pecadores, afinal somos também pecadores. Nossa Senhora de Fátima em sua aparição aos pastores mostrou-lhes o Inferno, e disse aquelas crianças que muitas almas vão para o Iá porque não há que reze e se sacrifique por elas. Poia bem, essa é a deixa para que nesse mês do Santo Rosário, coloquemos em prática nossas orações e sacrifícios. Coração de Jesus o Brasil vos é consagrado, não deixeis cair nas mãso dos vossos inimigos. Virgem Aparecida nossa Rainha e nossa Mãe, defendei o Brasil. São José que salvaste o Menino Jesus dos furores de Herodes, salvai o Brasil do comunismo. Nossa Senhora do Rosário de Fátima, convertei os pecadores. Em tempo, nesse dia do seráfico São Francisco de Assis, rezemos pelo Santo Padre, Francisco, para que a exemplo do Santo de Assis, renegue às glórias desse mundo, aos agrados humanos e volte despido de tudo isso para o Divino Mestre.

    • Senhor João Paulo Segundo de Mello ,
      Vamos repassar esses principios elencados no texto do site para todas as paroquias, nos 26 Estados e no Distrito Federal, para que os católicos votem bem. De acordo com o principio do mal menor, para se evitar um mal maior(e aqui estamos vivendo este triste momento), o voto é bem sem si mesmo, Nesses casos, o voto do católico é óbrigatório e é um voto considerado bom. Sei que o senhor sabe disso.
      “Estes princípios não são verdades de fé mesmo se recebem ulterior luz e confirmação da fé. Eles estão inscritos na natureza humana e, portanto, são comuns a toda a humanidade. A acção da Igreja de os promover não assume, por conseguinte, um carácter confessional, mas dirige-se a todas as pessoas, prescindindo da sua filiação religiosa. Ao contrário, esta acção é tanto mais necessária quanto mais estes princípios forem negados ou mal compreendidos porque isto constitui uma ofensa contra a verdade da pessoa humana, uma grave ferida infligida à própria justiça.”
      Nota minha: para que os melhores candidatos fossem eleitos, dadas as circunstancias, bastaria que os bispos instruíssem os padres e os padres, assim, instruíssem os fiéis, segundo esses princípios elencados por SS Bento XVI.

  18. Lamentavelmente temos muitos religiosos ligados à nefasta teologia da libertação!
    Mas eles vão ser curados dessa heresia !

  19. Nosso senhor é pai de todos. Essa carta deixa implicito a tristeza caso esse sr nao se torne o presidente, e a tristeza por aqueles que não o quer como presidente. Tal comunidade deveria se preocupar em unir o coração e o amor de ambos os lados, e não dar apoio a um deles. Espero que Deus tenha piedade de todos, independente de quem vencer, e que Ele possa nos unir novamente.

    • Meu caro irmão em Cristo, Brunopiteli o assunto (eleição de um Presidente da \República) é muito sério, e os destinos da Nação e também nossa (Cristãos) estão em nossas mãos; e somos nós os responsáveis pela escolha; ou entre o demônio (comunistas) ou aquele que, pode não ser o ideal, mas pelo menos não é um comunista. Sou um cristão, sou família, e amo a minha Pátria, mas acima de tudo amo a Deus sobre todas as coisas…

  20. Bobagem , a Igreja condenou Hitler inclusive dizendo que quem o apoiasse não poderia receber os sacramentos. Qual pastor não defende o rebanho dos lobos? O papa Francisco falou de carreirismo do clero. O Senhor fala de mercenários. É triste .

  21. Gostaria muito de compartilhar esta carta. Ele me enche de alegria com a perspectiva de que nossa amada Igreja não está completamente tomada pelo comunismo. Contudo, me sinto hesitante pela falta de assinatura da mesma. Nessa condição ela acaba tendo a mesma credibilidade que uma carta anônima. Creio que os padres e bispos que a escreveram deveriam nomear alguém ou algum grupo para endossar a iniciativa. Muito embora eu deseje muito que seja autêntica, não irei passá-la adiante. Grato.

    • Concordo com o Miguel. Se não tiver assinatura fica difícil de dar credibilidade, mesmo que a ideia contida na carta me agrade. Afinal de contas, uma carta anônima não passa credibilidade nenhuma. A desculpa que os tais padres e bispos que escrevera essa carta não se mostram por receio de perseguição e punição, me desencoraja em acreditar que realmente escreveram, pois “Quem põe a mão no arado e olha para trás, não está apto para o Reino de Deus.” (Lc 9,62).

  22. “OS PRINCÍPIOS INEGOCIÁVEIS – Discurso do Papa Bento XVI aos participantes em congresso promovido pelo Partido Popular Europeu – 30 de Março de 2006”

    “No que se refere à Igreja Católica, o interesse principal das suas intervenções no campo público é a tutela e a promoção da dignidade da pessoa e, por conseguinte, ela chama conscientemente a uma particular atenção aos princípios que não são negociáveis. Entre eles, hoje emergem os seguintes:

    1. tutela da vida em todas as suas fases, desde o primeiro momento da concepção até à morte natural;

    2. reconhecimento e promoção da estrutura natural da família, como união entre um homem e uma mulher baseada no matrimónio, e a sua defesa das tentativas de a tornar juridicamente equivalente a formas de uniões que, na realidade, a danificam e contribuem para a sua desestabilização, obscurecendo o seu carácter particular e o seu papel social insubstituível;

    3. tutela do direito dos pais de educar os próprios filhos. “

    Fonte: https://opusmaterdei.blog/2017/04/09/os-principios-inegociaveis-discurso-do-papa-bento-xvi-aos-participantes-em-congresso-promovido-pelo-partido-popular-europeu-30-de-marco-de-2006/

    outras fontes: https://w2.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/speeches/2006/march/documents/hf_ben-xvi_spe_20060330_eu-parliamentarians.html

    • “Estes princípios não são verdades de fé mesmo se recebem ulterior luz e confirmação da fé. Eles estão inscritos na natureza humana e, portanto, são comuns a toda a humanidade. A acção da Igreja de os promover não assume, por conseguinte, um carácter confessional, mas dirige-se a todas as pessoas, prescindindo da sua filiação religiosa. Ao contrário, esta acção é tanto mais necessária quanto mais estes princípios forem negados ou mal compreendidos porque isto constitui uma ofensa contra a verdade da pessoa humana, uma grave ferida infligida à própria justiça.”
      outras fontes: https://w2.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/speeches/2006/march/documents/hf_ben-xvi_spe_20060330_eu-parliamentarians.html
      Nota minha: Para que os melhores candidatos fossem eleitos, bastaria que os bispos instruíssem os padres e os padres, assim, instruíssem os fiéis, segundo esses princípios elencados por SS Bento XVI.

  23. Carta muitíssimo estranha. Até elogia a bancada evangélica.Tão conhecida pelo seu fisiologismo político.
    E qualquer que seja o resultado das urnas,para a Igreja Católica o resultado será trágico.
    Se der PT ,não é preciso nem comentar. Se der Bolsonaro,será o protestantismo no poder.

    • Bem melhor o protestantismo no poder com Bolsonaro do que o catolicismo da CNBB-PT. Muita gente aqui sem noção do perigo que nos ronda.

  24. Carlos Maciel
    Na política nunca se tem certezas absolutas, mas no caso da eleição para presidente da república, está claro que teremos de optar entre a continuação da doutrinação comunista nas escolas, nas universidades, na midia, na televisão e, por outro lado, um basta a esse processo, com Bolsonaro, e a consequente liberdade religiosa.Se optarmos pelo PT estaremos no caminho de uma ditadura igual a da Venezuela. Isto é suficientemente claro. Não vejo porque os bispos e padres não falarem abertamente sobre isso. Lembro que na década de 1950 existia a Liga Eleitoral Católica em que a Igreja dava orientação a seus fiéis. Para dar um exemplo de caso em que a Igreja não necessita se pronunciar, cito o caso do Rio Grande do Sul em que os dois candidatos que provavelmente irão para o segundo turno não têm muita diferença, na minha opinião. Mas no caso da presidência da república acho que é um dever da Igreja. Seria o caso de desmascarar a Teologia de Libertação.

  25. O candidato Geraldo Alckmin é católico praticante, e o candidato Eymael menciona encíclicas papais, sobretudo a Rerum Novarum, em seu plano de governo. Mas devido a esse clero fajuto que nos pastoreia, temos que nos contentar com esse embuste caricato, de orientação notoriamente protestante, para supostamente termos chances de frear o esquerdismo. Ele pode frear a esquerda, mas não se iludam, a Igreja não ganhará nada com a eleição dele.

  26. Alguém escreveu que o inferno está cheio de isentos no meio das crises.
    Engraçado que para celebrar missa em intenção do Lula livre ‘, inclusive na basílica de Aparecida, não foi pregada a isenção. Nem se
    Fez textão.

  27. Seu comentário me agradou muito Perciliano. Mas todos os comentários são de grande valor, porque expressam a liberdade de cada um, e um “pouco” do conhecimento de todos, já que ninguém é dono da verdade e sabe tudo.
    Quando criticamos algo, devemos fazer com base no conhecimento que temos sobre determinado assunto, sobre um indivíduo ou sobre uma Instituição. Mas mesmo assim corremos o risco de falar o que não sabemos. Sendo cristã Católica as vezes também eu faço minhas criticas quanto ao nosso comportamento interno, pois ninguém é perfeito, porém as criticas são sempre de grande valor porque nos ajudam a encontrar a verdade.
    Confesso que pela facilidade que temos hoje em dia de escrever o que queremos nas redes sociais, colocando como autor a quem queremos, eu não saberia dizer quem foi que escreveu esta carta porque ela é anônima, e neste site estou entrando pela primeira vez. Vou pesquisar. Mas, esta carta me fez sentir mais leve, porque de fato tudo o que está escrito é verdade, conforme a organização hierárquica da Igreja, bispos, padres também religiosos nem sempre apoiam este ou aquele candidato explicitamente, e deixa claro que nem por isso os católicos estão contra Bolsonaro.
    A carta deixa claro também o que a Igreja católica defende: “os valores inegociáveis” da família, da vida, da educação das crianças pelos pais, etc. Conforme diz no final da carta: ” é justamente por isso que milhões de fieis, inclusive jovens, bispos, padres, seminaristas, olham com esperança para sua candidatura como uma possível abertura pra a defesa dos valores inegociáveis”.
    Mas eu confesso que minha preocupação com o futuro das nossas famílias, das crianças dos jovens, ao ver a perda dos valores, da identidade e dignidade humana, mas sobretudo da fé desta geração Brasileira que esta sendo “roubada” por aqueles que se dizem estar do lado dos “pobres”. Dos pobres que eles usaram e continuam usando para chegar ao poder e depois despí-los de todos os valores humanos, ético, moral e evangélico, esta, ao meu ver, é a pior pobreza…
    Eu confesso que não posso ficar quieta e preciso deixar de ser covarde, descer do muro, ter uma posição, apostar em alguém e este alguém é o Bolsonaro, tenho manifestado abertamente nas redes sociais, e diferente de alguns Padres ou católicos que se manifestaram a favor do candidato e o povo quase excomungou eles, poucos me criticaram pois, acredito que tenho amigos maduros o suficiente para aceitar a opinião do outro sem ofender. mesmo pensando diferente eles me respeitam. E isto!
    Que Deus nos ilumine e nos ajude, mas nós não podemos deixar de fazer a nossa parte.
    Acredito todos os que se manifestaram aqui, possuem crenças, pensamentos, sexo, idade, diferente, estão somente em busca do melhor para nossa Pátria.
    Que Deus nos ilumine. Abraco fraterno a todos.

  28. Eu me pergunto, quê rabos de palha não terá a CNBB para estar calada desta maneira…
    Não será que há um pacto? Se vcs da CNBB falarem contra nós da esquerda, nós começaremos a publicar coisas que não convém aos Bispos…
    Não acham que só uma coisa assim sustenta este silêncio? Bom, é claro que se calam por serem de esquerdas. Estão com uma espada de Dámocles na mão!

Trackbacks