Francisco homofóbico?

Por FratresInUnum.com, 4 de dezembro de 2018 – Não parece estranho que, de repente, o Papa Francisco dispare contra os padres e seminaristas gays? A declaração foi feita no livro entrevista que o pontífice concedeu ao padre espanhol Fernando Prado, “O poder da vocação”, em que aborda os desafios de ser padre e religioso nos dias atuais.

Quinta-feira Santa de 2015: Papa Francisco lava pés de transexual.

Segundo Francisco, homens com tendências homossexuais não deveriam ser admitidos ao sacerdócio e os padres que praticam a homossexualidade deveriam abandonar o sacerdócio e a vida consagrada, pois não há espaço para a homossexualidade na vida de sacerdotes e religiosos.

A afirmação é a mais enfática do papa argentino a respeito e não deixa de causar impressão, sobretudo diante do respaldo que ele mesmo dá a clérigos que defendem abertamente a homossexualidade, como o jesuíta Padre Martin, que, apesar de inúmeros protestos e pedidos de cancelamento por parte de Católicos, fez uma conferência a respeito no Encontro Mundial das Famílias na Irlanda, ou o Mons. Vicenzo Paglia, presidente da Pontifícia Academia para a Vida, que encomendou para a sua catedral blasfemos afrescos homoeróticos, nos quais ele mesmo aparece representando.

Quando perguntado sobre o escandaloso caso de homossexualidade de Mons. Ricca, Francisco não hesitou em dar aquela famosa e chocante resposta: “Se uma pessoa é gay e procura o Senhor e tem boa vontade, quem sou eu para a julgar?”. Não é estranha essa mudança repentina?

Não, não é estranha. E isso nós explicamos num editorial publicado há algumas semanas: “A dialética de Francisco”.

Em plena crise americana, Francisco aproveita a onde de protestos contra o clero homossexual para emplacar a onda de ataque ao celibato sacerdotal e favorecer o lobby pela ordenação dos homens casados, enquanto alivia a onda de críticas contra ele. Notem que, ontem mesmo, a presidência da CNBB esteve em reunião privada com Bergoglio, tendo como um dos temas de pauta o Sínodo da Amazônia, em que querem implantar a ordenação dos viri probati.

Seu stop a homossexuais no clero é tão verídico quanto são suas declarações de que o problema da crise de abusos sexuais é culpa do clericalismo, enquanto bons católicos apontam, justamente, a disseminação do homossexualismo como causa principal do problema. Sua tolerância zero para com criminosos sexuais não dura até um veto escandaloso de Roma à iniciativa da Assembleia dos Bispos Americanos, encerrada há poucas semanas, de implementar normas claras contra os pederastas. A Santa Sé interveio, dizendo que os bispos deveriam esperar o Sínodo que tratará do assunto no ano que vem. Quem Francisco coloca para encabeçar o Sínodo entre os americanos? O Cardeal Cupich, de Chicago, conhecidíssimo por sua postura pró-gay e rechaçado pelos bispos americanos em sua última eleição para a presidência da Conferência Episcopal.

A ideia de que a ordenação de homens casados é a melhor estratégia para combater a homossexualidade no clero é um dos refrões empregados pelo Cardeal Hummes desde há tempos, uma ideia fixa. Nas reuniões privativas das Assembleias dos Bispos dos últimos anos, Dom Cláudio nunca deixou de inculcar a importância da ordenação dos homens casados.

Não importa qual dos termos da contradição devem ser salientados. Ora à direita, ora à esquerda, tudo coopera apenas para o avanço da demolição do catolicismo tradicional. No caso presente, Francisco dá a impressão de ser moralmente correto, mas, na prática, “cria dificuldades para vender facilidades”, apresenta o problema com a resposta devidamente pré-fabricada.

Vale ressaltar que a Congregação para a Educação Católica deu orientações muito claras acerca dos critérios para a não admissão de homossexuais ao sacerdócio. A Instrução foi ostensivamente ignorada pelos bispos, os quais, sempre alegando que a sexualidade de cada pessoa é um mistério absolutamente insondável e abscôndito, ordenaram plêiades de homossexuais para o sacerdócio, tomando o clero católico de cima a baixo.

A mentalidade dialética adota a incoerência como forma mentis, o que significa que ninguém levará à sério a declaração “rigorista” de Francisco – e ele sabe disso –, aliás, como não levaram a sério a mencionada Instrução,  utilizar-se-ão dela apenas como recurso para avançar com a destruição do celibato e, por fim, não terão incoerência alguma em autorizar não apenas a ordenação de homossexuais, mas inclusive o matrimônio entre os mesmos.

Francisco não é homofóbico, é catolicofóbico!

Tags:

10 Comentários to “Francisco homofóbico?”

  1. Muito lúcido o texto. É o caminho da vaca para o brejo…

  2. Bergoglio é uma provação, uma tragédia. Mas a Igreja Católica é mais forte que ele.

  3. Estamos na eminência de um cisma?
    Ou será que a igreja católica está tomando o rumo da autodestruição como fez a seita anglicana?

  4. O comportamento do papa Francisco seria aquele tipicamente das mentes dos instaveis esquerdistas: propagandeiam uma, procedem doutro modo bastante diferente, de acordo com o momento, ou para gerarem tumultos, daí, nunca se saber qual mesmo a posição e situação em que se enquadram, modus agendi tipicamente dos revolucionarios martelo e foice, todos caracterizados pela instabilidade e geradores de inseguranças!
    Um exemplo similar é a de todos os que visitam o dialético e revolucionario Lula num cinismo à vista de todos dizerem pós visita que ele está tranquilo, sereno etc., e como a suposta verdade de comunistas é sempre ao contrario do que bafejam na midia, imagino o quanto esteja MUITO FURIOSO, ODIANDO E SOFRENDO PROFUNDA DEPRESSÃO!
    Quem pode crer nisso por sua muito incômoda, extremamente humilhante e vexatoria situação de apenado, num infindo teatro de jamais se sentir culpado de nada, sem chance de ser solto? Assim, representa a situação dos cada um dos vermelhos no Brasil, igualmente aos postos Planalto abaixo sob compulsão – até hoje encenando um bem bolado teatro de se sentirem vítimas de golpe – ainda bem que todos entendem dessa armação de palco-picadeiro!
    Só de o papa Francisco quase sempre não demonstrar de que lado está de forma estável e confiável, permitindo maus elementos como acima relatados os nomes junto a si e espalhando seus péssimos exemplos como de altos hierárquicos católicos – uns escandalosos, quem sabe, seriam dos infiltrados da maçonaria? – demonstraria o que acometeria a todos os que simpatizam ou se associam aos martelo e foice – por hoje já aparecendo alguns altos hierárquicos que duvidariam da eleição do papa Francisco como válida…

  5. “Francisco não é homofóbico, é catolicofóbico!”
    Isso resume bem esse pontificado desastroso…
    Ele é de momento, vive de aparências, quer holofotes em cima dele, alguém em sã consciência pode achar normal a perseguição implacável aos grupos mais conservadores que acontecem a todo momento?
    Bergóglio é tirano e subversivo…Quem não reza na sua cartilha anti católica leva pau…
    Alguém me disse que ele se arrependeu profundamente com a conclusão do caso de D. Rogelio L….Duvido muito acreditar, apesar, da pessoa que falou ter conhecimento profundo do caso e também conhecer pessoas muito ligadas a Bergóglio…De outro lado, como ele é dissimulado, tudo dele se pode esperar…
    O que me causa mais asco, verdadeiro asco, é a bajulação da presidência da CNBB a Bergóglio…O tchurminha repulsante…CRUZ CREDO!!!!
    O cardeal Sérgio Rocha o chamou de “irmão mais velho”, que a CNBB “dá todo apoio a ele”…MISERICÓRDIA!!!! Vá puxar saco assim nos quintos…
    Se bem que não é não devemos estranhar muito, afinal, a CNBB, é a típica coisa que Bergóglio ama…Uma mega máquina cheia de burocracia e tentáculos que só serve para produzir milhões de subsídios para serem queimados ou “estudados” por freirocas e religiosos e padrecos tucunzados que não têm o que fazer…
    Bergóglio conseguiu um dos seus objetivos que a trupe cardinalícia que o elegeu pediu: BAGUNÇAR E TORNAR A PARTE HUMANA IGREJA UMA VERDADEIRA CASA DA MÃE JOANA…
    Mas, quanto pior, melhor para Deus…Assim ele mostra que quem governa a Igreja é ELE…
    Rezemos e ignoremos as falsidades e contradições vindas de Roma…
    Mãe da Santa Esperança, rogai por nós!

  6. Achei interessante a observação de que a Instrução do Vaticano da época do Papa Bento XVI sobre candidatos com tendências homossexuais foi relegada ao esquecimento. Será que agora que o Papa Francisco tocou nessa questão, o assunto vai ser discutido???

    Aproveitando o assunto, gostaria de partilhar um vídeo de sacerdote americano, o Pe. Ripperger, que curiosamente também é exorcista, em que ele cita algumas medidas disciplinares que deveriam ser tomadas em relação a seminaristas que transgridem a disciplina relacionada a castidade. Ele cita essas medidas a partir de 9:19. São medidas radicais que tentam cortar o mal pela raiz, como despedir (mandar embora) o seminarista que transgrediu a disciplina da castidade, ou, mandar o padre que a transgrediu para um mosteiro para fazer penitência lá. (O vídeo é longo e trata de várias questões que talvez não venham ao caso, mas achei interessante a parte em que o padre cita algumas medidas disciplinares)

    Vídeo

    Mas numa igreja “misericordiosista” (que não é a mesma coisa que misericordiosa), tais medidas teriam lugar???

  7. Por falar no encontro da Presidência da CNBB com o Papa Francisco, eles (os membros da presidência) deram uma entrevista à Rádio Vaticano sobre o encontro com o Papa e falaram de outros temas também como: Sínodo dos Jovens, JMJ Panamá 2019, Sínodo da Amazônia, etc.

  8. Fundamental na vida de qualquer cristão é a oração, quero dizer, oração mental para além da prática sacramental, das santas devoções etc. Sem oração pessoal diária não deve esperar nada além de aridez e dispersão. É preciso realmente falar com Deus. Meia hora por dia, no mínimo.
    Agora, o que acontece, em geral, com o clero? Bastam-se com o ofício divino (os mui raríssimos que se prestam a esse “medievalismo”, como dizem) e com a celebração da missa. Ou, eventualmente, os shows litúrgicos e rebolativos. Conclusão: acaba o show, acaba paparicação das beatas e dos mocinhos de calça justa, e clérigo vai se defrontar com um imenso vazio. E do vazio passa à safadeza, posto que não tendo família pode ele flanar pelas alamedas floridas e perfumas, existe meio passo. O desespero leva ao vício.
    “Desperantes labuntur in vitia”
    Então, meus caros, todos os que pretendem uma religião burocrática devem esperar tão somente o poço, o calabouço das paixões e o frenesi dos demônios lascivos. Nem venham me dizer que as “atividades pastorais” “preenchem o vazio”. Tolice.
    Isso vale também para os leigos, sobretudo os parlapatões sisudos e messiânicos da tradilândia. Quanta gente burra, sem alma e sem escrúpulos! Quantos aproveitadores da incultura dos jovens! Vão procurar um exorcista seus endemoniados!
    Outro dia vi um meme: “fala mal da CNB do B mas curte pornô”! Não adianta nada. Vão pro inferno no mesmo barco que os comunistas.
    Então, mais oração e menos rompantes megalomaníacos. MEIA HORA, no mínimo, de oração pessoal por dia (sem contar terço, missa, visita aos enfermos etc). Joguem fora o chapéu de penacho e deixem de ser comadres bocudas e caluniosas! Ninguém é nada e todos seremos pasto de vermes. Que virem homens antes que a Besta Fera venha degluti-los como aperitivo: “Hummm um católico tradi! Hummmm bispo transviado.! Hummm um bajulador carreirista prostituta! Hummmm um admirador de Lutero…! Humm um mafioso simoníaco que comprou votos pra “eleição”….!

  9. A Revolução sempre que dá dois passos adiante, recua um.

LEIA ANTES: os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição de Fratres in Unum.com. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. O espaço para comentários é encerrado automaticamente após quinze dias de publicação do post.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s