Terror no Vaticano.

Por FratresInUnum.com, 27 de maio de 2019 – Mais um final de semana difícil para o papa argentino. Depois de semanas de uma campanha feroz contra o vice-primeiro ministro italiano Matteo Salvini, o único resultado que Papa Francisco conseguiu foi eleger o seu partido com ainda mais força nas eleições para o Parlamento Europeu.

A vitória do partido  de Salvini é a derrota de Francisco e do subserviente episcopado italiano, que não economiza bajulações ao bispo de Roma. O povo não suporta mais o discurso esquerdista de Bergoglio, cuja obsessão pelos “imigrantes” chegou ao ápice do delírio. Entre um político que fala de Deus e um papa que fala de política, o povo italiano fez a sua escolha.

Contudo, não foi apenas a vitória de Salvini. Le Pen derrotou Macron na França, os Brexit levaram nova vitória do Reino Unido, Orban ganhou com vantagem na Hungria, a Polônia impôs sua agenda conservadora… A Europa começa a tomar um novo rumo e o pontificado de Francisco isola-se no rumo oposto, suicida-se na irrelevância, dando provas de seu completo autismo, incapaz de ser outra coisa que uma prorrogação do governo de Barack Obama.

No Brasil, o sucesso das manifestações também frustrou os críticos esquerdistas, especialmente os eclesiásticos. Em clima pacífico, com discurso ostensivamente anti-comunista e em defesa de todos os valores conservadores (vida, família, nação, propriedade privada, tradição), a população não deixou de ostentar a sua fé, realizando inclusive piedosos momentos de oração, coisa impensável há dez anos, e, vale dizer, com zero protagonismo do clero.

Francisco, a CNBB e a esquerda “católica” perderam o povo, a força moral e o contato com a realidade. Inúteis são seus esforços de fingir relevância e dignidade, declarando, como Dom Walmor, que “estamos abertos ao diálogo”. Eles não entenderam. Ninguém quer dialogar com gente sem importância.

Tags: ,

20 Comentários to “Terror no Vaticano.”

  1. Certamente, como o sol que nasce todos os dias, o bem vencerá. Porém, quanta batalha ainda teremos que enfrentar. Será duríssima aqui no Brasil, mas o mundo não ficará dispensado disso. Consagremo-nos a Nossa Senhora e tudo ficará bem, porém só no final desses episódios todos.

  2. O mundo está vivendo um momento ímpar! Estamos tendo sinais de esperança em meio a eventos preocupantes, como a imigração em massa na Europa, o perigo de uma 3ª Guerra Mundial, embora não saibamos quando ela estouraria, o aumento da perseguição aos cristãos no mundo. Talvez essa guinada à direita que vemos na política seja uma reação a tanta coisa ruim acontecendo na sociedade. Vejo isso tudo como uma guerra cultural, mas que pode terminar em guerra militar (3ª Guerra Mundial). No mais, a situação do Brasil, parece ser muito particular, pois depois de vários anos de governo de esquerda, temos agora um governo de direita. Do ponto de vista, espiritual espero que isso favoreça os católicos conservadores a terem mais espaço nas pastorais das paróquias, porque, infelizmente, o perfil dos agentes de pastorais ainda é aquele voltado pelos ideais de esquerda.

    • Que Nossa Senhora Aparecida rogue por nós e pelo Brasil. Livrai-nos, Mãe querida, do comunismo e das armadilhas do demônio.

  3. Texto excelente! Oremos. Que Deus permita que assim seja.

  4. Francisco e a CNBB realmente perderam o povo.
    Dentro de três décadas, se a Providência não intervir, o Brasil será um país de maioria protestante – os fiéis não acham a Cristo na Igreja, e vão procurá-lo entre hereges… e infelizmente, pelo menos no Brasil, muito dessa onda conservadora é protestante e sionista – ou seja, no final, também não leva a Cristo!

    De qualquer forma, se ao menos esses nossos atuais pastores fossem humildes e reconhecessem suas falhas, tudo poderia ser recuperado. Bastava deixar o Espírito Santo agir entre os fiéis.

    Só que não é isso que vemos.

    Pelo contrário, Francisco faz questão de destruir, tolher e reprimir todos os movimentos inspirados pelo Espírito para recuperar a Igreja do lodaçal.

    Quantas congregações, institutos, clérigos, e até prelados, são perseguidos por sua fidelidade!

  5. Excelente a revanche da direita na Europa. Espero que seja definitiva – como também no Brasil. Povo católico acordando e dando mostras que quer a defesa de valores como familia, propriedade, religião!…Que Deus nos ajude para que assim prevaleça!…

  6. A extrema direita europeia cresceu muito pouco em relação à composição atual do Parlamento Europeu, passou de 20% para 23% dos assentos do Parlamento, alcançando 173 cadeiras. A meta era chegar a 30%. Contudo, o projeto europeu permanece praticamente como está. Na conclusão geral das eleições uma das novidades da eleição foi o aumento de cadeiras para os liberais democratas e os do partido verde. A extrema direita foi derrotada. Graças a Deus e ao Papa Francisco!

    • Rapaz, não põe Deus no meio das suas preferências políticas.
      O Bergoglio cada vez é menos respeitado. As pessoas que se informam já sabem quem ele é, o que ele quer e o que ele representa.
      Você e sua turma são tão arrogantes que vocês que acham que tem o direito de comemorar algo. Não tem, vocês já perderam espaço e credibilidade (coisa que vocês nunca tiveram) no mundo todo. O conservadorismo está cada vez mais forte na Europa e no resto do mundo,
      Olhe o estrago que vocês fizeram/fazem, por exemplo, na américa latina e caribe. E vão fazer ainda mais com o sínodo da Amazônia.

  7. O pontificado atual devia ter acabado há dois anos. Pois, como o Titanic, já havia colidido com o iceberg e o rombo produzido no casco era irreparável. Mas prosseguiu em ritmo acelerado rumo ao desgaste completo, à exaustão da veneração popular, ao desprestígio do carisma pessoal. O tempo todo Francisco laborou para a autodemolição do sagrado edifício bimilenar. O cardeal Liénart, no seu leito de morte (1973), já dissera que, “Humanamente falando, a Igreja já está perdida”. Na Idade do Caos em que vivemos, seria preciso um Pontífice que produzisse o choque dessa realidade notada por Liénart,
    .
    Qual será o “grand finale”, talvez precedido de pequenos atos concebidos para despertar maior atenção e conduzir ao clímax? Não sabemos e é difícil conjeturar. Certeza temos de que as portas do inferno não prevalecerão. Até podemos dizer que, sobrenaturalmente falando, a Igreja estará salva com Pio XIII. O custo dessa tragédia, entretanto, será elevadíssimo.

  8. Deus seja louvado! Nunca imaginei ver o dia em que os politicos trabalhariam para o bem material e espiritual da populacao enquanto que a igreja catolica trabalharia para a destruicao material e espiritual das pessoas. Realmente vemos a profecia de La Salette se materializando dianta de nossos olhos.

  9. As redes sociais detonaram as esquerdas revolucionarias – estao estrebuchando, sofrendo recorrentes espasmos nervosos e intensas crises psicóticas de todos os níveis, de todas as formas – pois jamais contariam com as redes sociais as desmascarando e expondo seus intestinos putrefatos a público, tendo apenas um modo de agir globalmente no que tange a assaltos ao erario!
    Nos pacotes de desgraças delas estão miserabilizar a todos, destruindo a classe media e fazendo de todos – a exceção dos expoentes do regime e capachos deles – lacaios, escravos, mercadorias estatais, como residencias locaticias, ações dos cubanos etc., praticando o “igualitarismo da miseria” – distribuidoras mundiais – e promovendo a “justiça social”, equivalente surripiar os mais pobres a favor dos ricos e esses mantendo a ditadura comunista, enquanto o povão é confinado a uma miserável Venezuela, hoje comparada a acampamentos de refugiados do Oriente Medio.

    • “sofrendo recorrentes espasmos nervosos e intensas crises psicóticas”,

      Foste deveras pictórico.

      Em meio à neblina produzida pelo miasma clerical fétido e putrefacto, vislumbro a cimitarra a fazer a a vindima lúgubre, terna, multicultural, inclusiva e necessária…

      Uma bela faxina.

  10. “Ninguém quer dialogar com gente sem importância”.

    E foi isso mesmo que viraram nossos bispos. Gente sem importância. Por um lado é bom, nos livra de muitos perigos disfarçados de catolicismo pois ninguém tá dando a mínima pra o que eles dizem. Por outro é mal, não temos pastores.

    Obs.: Temos pastores – os bons bispos. Mas são poucos e ainda acho que muito tímidos.

  11. “Ninguém quer dialogar com gente sem importância”. Preciso (e triste) diagnóstico.

  12. Parabéns, texto muito bom. O número de jovens conservadores que atuam nas redes sociais no Brasil está aumentando muito. É lindo de ver. Lutam contra o marxismo cultural ( que domina a mídia e as Universidades ) com seus cursos online e bibliotecas. Muitos são ou foram alunos no COF. Foram grandes protagonistas na mobilização de domingo passado e nas eleições.

  13. Formidável análise! Inacreditável como tudo se inverteu, quem deveria zelar pela Sã Doutrina é quem a vilipendia ininterruptamente e aqueles ditos laicos e políticos são os que tomam a frente da defesa da Igreja, sua riqueza e tradição. O agir de Deus não é o agir dos homens, a Providência age de formas inusitadas e inesperadas… tolo aquele que não enxerga os sinais! O povo de Deus irá corrigir o que Bergóglio, satanicamente, está fazendo, cumprindo a agenda globalista, nem que cheguemos às vias de fato e se escancare o novo cisma. Jesus, Misericórdia!

  14. O Comunismo é anti Cristo, e os falsos profetas socialistas dia noite maquinam contra o Cristianismo…

  15. Interessante título de vídeo de Alexandre Garcia: “Com corrupção no Vaticano, papa consola Lula”.