Coalizão de movimentos requerem no Senado convocação de Dom Cláudio Hummes.

Por Hermes Rodrigues Nery, 24 de agosto de 2019 – Uma coalizão de movimentos da sociedade civil, agregados no “Convergências”, dentre eles, o Movimento Legislação e Vida, protocolaram na Presidência do Senado Federal o pedido de convocação de Dom Cláudio Hummes para prestar esclarecimentos se o o Vaticano está ou não apoiando a proposta do Corredor Triplo A, apresentada por Martín von Hildebrand ao chanceler argentino D. Marcelo Sanchez Sorondo. A convocação já conta com o apoio da senadora Selma Arruda (PSL-MT), que também protocolou ao Presidente do Senado, David Alcolumbre, o mesmo pedido. Veja aqui o requerimento.

 

7 Comentários to “Coalizão de movimentos requerem no Senado convocação de Dom Cláudio Hummes.”

  1. Têm mesmo que convocar D Carlos Hummes, notável suspeito martelo e foice e amigo particular dos aborto-comunistas Lula e seus capangas, do delinquente PT e de estar ao lado dos globalistas, conspirando contra o Brasil!
    Dominado no presente pelas esquerdas, incl. o papa Francisco que as apreciaria e muito, o menor Estado do mundo, o Vaticano baseia-se no poder de Deus, embora no momento seja em contrario por varios membros esquerdistas nele colocados pelo papa Francisco e bastante infiltrado de idem varios, assim como doutros inimigos da Igreja católica tradicional, aquela de 2000 anos, adeptos da outra atual no mercadão das seitas, como paralela “católica” – a todo vapor!
    Dessa forma, um exemplo é com a superpotência mais populosa do mundo, a China, Estado oficialmente ateu: o Vaticano e ela que tinham uma relação bastante difícil há muito tempo, antes da entrada do papa Francisco, esse muito criticado por Dom Zen Ze Qiun que teria cedido à China poderes de nomeação que aquele reconhece e os todos os outros papas vetavam.
    O vínculo entre os países se rompeu em 1951, após a vitória da Revolução Cultural de Mao Tsé Tung, que não admitiu a autoridade do papa, pois continua sendo um regime material-ateísta e, logicamente, se mantinham distancia.
    A China de Mao Tsé Tung, desde aquela época e até hoje, desconfiada da presença de poderes estrangeiros, decidiu nomear seus próprios bispos e criar as suas redes de “missionarios e sacerdotes”, embora nomeados e instruídos pelos mentores ideológicos vermelhos, e de expulsar missionários estrangeiros, vistos como agentes “do imperialismo ianque e do mundo ocidental”.

    • Não se esqueça, Geraldo, o mesmo ABSURDO está sendo feito também no Vietnã comunista.
      “Diálogo” para com os inimigos, perseguição aos amigos; essa é a “igreja em saída”.

  2. Que me desculpe a senadora mas trata-se de petição fraca e de pouca intensidade política.
    Desconheço leis mas suspeito haver algumas na legislação brasileira que proíbem a atuação de brasileiros em manifestação política com organismos ou autoridades estrangeiras que demonstre claramente a entrega do território nacional ou parte dele a interesses estrangeiros.
    A coisa deveria ser vista sobre esta ótica e, caso não exista nenhuma lei realmente sobre este assunto, está na hora de fazer.

  3. Mais do que oportuna a iniciativa de convocação deste Prelado, aliás organizador do preocupante Sínodo da Amazônia que se realizará em Roma no próximo mês de outubro. Parabéns! Se não cuidarmos de nossa Amazônia esses “progressistas” contribuirão para internacionalizá-la, o que não podemos sequer admitir.

  4. Azalyyah: … igreja em saída da Católica de 2000 anos para a marginal católica dele – indo pro brejo!

  5. No vídeo “Objetivos da mega treta da Amazônia”, Bernardo Küster diz que a operação midiática internacional e nacional sobre os incêndios na Amazônia tem por objetivo criar um fato falso para trazer o Sínodo da Amazônia ao noticiário.

  6. Ninguém convoca ninguém, ninguém é admoestado, cada um faz o que bem entende no meio dessa esbórnia sem comando que se transformou o país.
    Faria muito mais pelo Brasil se Bolsonaro falasse menos e agisse mais, porque enquanto ele fica soltando o verbo inutilmente só arrumando inimizades os de sempre continuam fazendo o de sempre.
    E agora tem até pauta, fornecida pelo presidente boquirrroto.