Cardeal Burke e Dom Athanasius propõem uma cruzada de oração e jejum pelo Sínodo na Amazônia.

Por Templário de Maria – Nesta quinta-feira, o Cardeal Burke e Mons. Athanasius Schneider publicaram um documento exortando todos os católicos a participarem de uma Cruzada de Oração e Jejum pelo Sínodo da Amazônia durante quarenta dias, de 17 de setembro a 26 de outubro, às vésperas do encerramento do Sínodo: todos os dias dedicar pelo menos pelo menos uma dezena do rosário e fazer jejum uma vez por semana, de acordo com a tradição da Igreja, nestas intenções:

  1. Que durante a assembléia sinodal, os erros teológicos e heresias incluídos no Instrumentum Laboris NÃO SEJAM APROVADOS;
  2. Que, em particular, o Papa Francisco, no exercício do ministério petrino, CONFIRME seus irmãos na fé, com uma CLARA RECUSA DOS ERROS do Instrumentum Laboris e NÃO CONSINTA com a ABOLIÇÃO DO CELIBATO sacerdotal na Igreja Latina, com a introdução da prática de ordenação de homens casados, os chamados “viri probati”.

QUALQUER UM que souber da cruzada APÓS a data inicial, PODE OBVIAMENTE PARTICIPAR A QUALQUER MOMENTO.

O DOCUMENTO publicado destaca SEIS ERROS GRAVES e HERESIAS CONTIDOS NO Instrumentum Laboris, em suma:

  1. PANTEÍSMO IMPLÍCITO: o documento promove uma socialização PAGÃ da “Mãe Terra”, baseada na cosmologia das tribos amazônicas;
  2. SUPERSTIÇÕES PAGÃS como FONTES da Revelação Divina e “caminhos alternativos” para a salvação;
  3. DIÁLOGO INTERCULTURAL EM VEZ DE EVANGELIZAÇÃO;
  4. Uma CONCEPÇÃO ERRÔNEA da ORDENAÇÃO SACRAMENTAL, que POSTULA os ministros do culto de AMBOS OS SEXOS, para até mesmo realizar rituais xamânicos;
  5. Uma “ECOLOGIA INTEGRAL” que REBAIXA A DIGNIDADE HUMANA;
  6. Um COLETIVISMO TRIBAL que mina o caráter único da pessoa e sua liberdade.

Concluem: “Os ERROS TEOLÓGICOS e HERESIAS IMPLÍCITOS e EXPLÍCITOS contidos no Instrumentum Laboris da próxima Assembléia Especial do Sínodo dos Bispos para a Região Pan-Amazônica, são uma MANIFESTAÇÃO ALARMANTE DA CONFUSÃO, DO ERRO e DA DIVISÃO que AFLIGEM A IGREJA HOJE.

Ninguém pode justificar-se dizendo que NÃO FOI INFORMADO sobre a GRAVIDADE DA SITUAÇÃO e se eximiu do dever de tomar as ações apropriadas, por amor a Cristo e Sua vida conosco na Igreja.

Em particular, TODOS os membros do Corpo Místico de Cristo, diante de tal AMEAÇA À SUA INTEGRIDADE, DEVEM ORAR E JEJUAR PELO BEM ETERNO DE SEUS MEMBROS, que, por causa deste texto, correm o RISCO DE SEREM ESCANDALIZADOS, o que leva à CONFUSÃO, ERRO E DIVISÃO.

Além disso, TODO CATÓLICO, como verdadeiro SOLDADO DE CRISTO, É CHAMADO A SALVAGUARDAR e PROMOVER AS VERDADES DA FÉ e a DISCIPLINA com que essas verdades são HONRADAS NA PRÁTICA, para que a assembléia solene dos Bispos não traía a missão do Sínodo, que é “ajudar o pontífice romano com seus conselhos, para salvaguardar e aumentar a fé e a moral, observando e consolidando a disciplina eclesiástica” (can. 342) […].

Que Deus, através da intercessão de muitos missionários verdadeiramente católicos que evangelizaram os povos indígenas da América – incluindo São Toríbio de Mogrovejo e São José de Anchieta -, dos santos que os nativos americanos deram à Igreja – incluindo São Juan Diego e Santa Kateri Tekakwitha – e em particular pela intercessão da Virgem Maria, RAINHA DO SANTO ROSÁRIO, que DERROTA TODAS AS HERESIAS, para que os membros da próxima Assembléia Especial do Sínodo dos Bispos, para a Região Pan-Amazônica e o Santo Padre, estejam protegidos do perigo de aprovar erros e ambiguidades doutrinárias e de minar o domínio apostólico do celibato sacerdotal.

Raymond Leo Cardeal Burke
Bispo Athanasius Schneider

12 de setembro de 2019
Festa do Santíssimo Nome de Maria”

24 Responses to “Cardeal Burke e Dom Athanasius propõem uma cruzada de oração e jejum pelo Sínodo na Amazônia.”

  1. Três passos a frente para recuar dois passos. Esta é a tática dos globalizadas, apreendida com os comunistas. Provavelmente o Bergoglio vai escolherum dos itens proposto pelo Sínodo da Amazônia. De qualquer forma eles sempre conseguem avançar de pouco em pouco.

  2. Este Sínodo Apóstata não deve acontecer, rezar por ele e pedir ao Papa Francisco que confirme os cristãos na fé? Estão de brincadeira? São ótimos Cardeais, a quem eu muito admiro e respeito, mas em que mundo vivem?
    Esqueceram que foi o Papa Francisco quem convocou e quem escolheu as pessoas que escreveram o documento de trabalho do Sínodo, não viram que ele já está convocando o próximo na América Latina e colocou exatamente as mesmas pessoas para organizá-lo para tudo que não conseguirem destruir desta vez consigam na próxima, esqueceram das suas encíclicas medonhas e de suas incontáveis ações e declarações em favor dos globalistas, dos comunistas… declarações e ações anticristãs durante todo o seu pontificado, depois de quase 7 anos dessa desgraça, alguém ainda não entendeu?
    Esse bom mocismo de tentar salvar o Papa é ridículo, pedir a ele alguma coisa é mais ainda, rezar por um sínodo apóstata e pedir ao líder dos inimigos que fique do nosso lado é suicídio!
    É impossível não perceber que ele está do lado de lá, do lado dos Comunistas, dos Globalistas, do lado do Sincretismo e destruição da Igreja e do papado. Acordem!

    • Sr. Cristian,
      Vc não acredita no poder da oração e do jejum? Pensei que era um bom católico. O poder de Deus é maior que qualquer Sínodo. O Sr. está mais para pagão/ateu que católico tradicionalista.

    • Não podemos e nem devemos abdicar da ajuda dos “céus” ( a mais importante), é óbvio q devemos fazer a nossa parte, porém é parte da “práxis” do cristão tb a oração e a imprescindível esperança em recorrer e esperar o auxílio divino, se as coisas fossem depender apenas de nossos esforços, nem salvação haveria.

  3. Aceitemos os pedidos urgentes acima e, além de fartamente denunciarmos essa fraude; entremos nessa corrente de preces!
    Vs sabem, no entanto, que após os essa abaixo denunciam, já sabemos com que tipo de papa Francisco, ratificado por diversos padres da propria Congregação dos (ex) Jesuítas, pois os que honram esse nome, se fossem católicos da Igreja de 2000 anos, seriam os primeiros a contestarem o papa Francisco, porém em nome da “obediencia” e/ou de serem serviçais dele, dentre mais abjetas funções – estilo Lula – preferem calar-se, omitindo-se.
    Linda resposta dos que mais se apresentam da turma dos “em cima do muro”!
    Eles respondem que Papa Francisco não é um “marxista estrito”, é “apenas alguém que acredita profundamente na teologia da libertação-TL”, e logo nessa facção esquerdista, orgulhosa, soberba e petulante, discriminadora de quem passivamente não se submeter a ela, que é a fanática e endiabrada TL, associada aos PCs globais-ONU-NOM!
    Faltaria apenas ele confessar o que é, de forma oficial, embora seus comportamentos não nos iludam de forma a cremos nele inocentemente, sem restrições – possuimo-las e não são poucas, em tendencias ascendentes!
    Os que deveriam defender os direitos da Igreja dão as mãos aos seus inimigos
    E Nossa Senhora faz à sua dileta filha esta declaração terrível:
    * “Tempos funestos sobrevirão, nos quais …. aqueles que deveriam defender em justiça os direitos da Igreja, sem temor servil nem respeito humano, darão as mãos aos inimigos da Igreja para fazer o que estes quiserem” (II, 98).
    * N Senhora do Bom Sucesso..

    • O que custa acatarmos esse pedido desses grandes defensores da Fé Católica? Essa crítica vai para aqueles que aqui leram essa notícia e já indicaram que não farão jejum e penitência pelo Sínodo. Parem com essa atitude sedevacantista, deixem de ser cruzados de internet e façam algo pela Igreja!

  4. Os sedevacantistas abominam esse tipo de atitude, mesmo dos tradicionalistas, pois insistem em “reconhecer & Resistir”, ou seja: reconhecem o papa e os Bispos como autoridades, mas resistem. E eles ensinam que isso não é Católico.
    Ora, um Papa é fator de unidade, confirmação na fé e aquele que acaba com as dúvidas e contendas, não aquele que bagunça o coreto.
    Ora, os Cardeais e Bispos tem liberdade mas governam a Igreja junto com o Papa, exercendo nas Igrejas locais,a autoridade de Pedro, em comunhão com ele. Eles também são fatores de unidade, confirmam na fé e acaba com as contendas e dúvidas. Não é para resistirmos à eles.
    Os padres seguem e obedecem essa hierarquia. Não estamos na idade média onde um fiel comum podia nascer, crescer e morrer e nem sabia o nome de um papa dada as dificuldades das informações chegar. Quem os mantinha na fé? Os bispos que exerciam essa autoridade da sé romana.
    Eu entendo que estamos em guerra, em crise, e épocas de crise, a confusão é generalizada. Mas fica a reflexão sobre esse ponto: resistir o tempo todo ao clero é uma atitude católica?

    • Você está viajando na maionese.

      Os bispos não são nem jamais foram gerentes, moleques de recado ou vigários do papa.

      Poupe-nos.

    • Heitorcarvalho: respeito suas opiniões , no entanto,seria de uma obediencia a qualquer preço e seria o obedientismo!
      Não nos divergiaríamos da CNBB ao lado da TL-PT e associada a mais relativistas globalistas?
      Nosso silencio seria conivencia e omissão!

  5. Rezar para uma abominação dessas? Pra ser menos ruim, é? Um troço desses não era pra ser nem cogitado, não era nem pra existir.
    Não se bota remendo novo em tecido estragado.

    • Eles pediram e estão corretíssimos, para q com a ajuda dos céus, o tal sínodo não seja usado como um instrumento maléfico! Não reconhecer q Deus possa fazer isso é inominável ( poderia até dizer um coisinha, mas por caridade não irei fazê-lo), quantos castigos já poderiam ter caído sobre nós se não fosse a misericórdia de Deus e os sacrifícios de “almas vítimas” , escolhidas por Ele para tal fim… e isso não passa por uma ação “concreta” q não seja, acima de tudo no campo espiritual! Fátima em seus pedidos, nos falou do rosário como arma, e sejamos francos, quantos o utilizam? Só pra citar um exemplo!

  6. O que fazer? Á questão é que o sínodo da amazônia é aterrecedor, estamos com os pés e mãos amarrados, devemos sim rezar a Deus e a Virgem Maria para que nos dê força e perseverância neste momento negro da nossa igreja que esta por vim.
    Devemos nos apegar a Deus para podermos enfrentar esses dias de tormenta e escuridão que vão cair sobre nós.
    Devemos ter fé em Nosso Senhor Jesus Cristo e acreditar até o final na sua misericórdia.

    Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo para sempre seja louvado e sua Mãe Maria Santíssima. Assim seja

  7. O nosso papel é rezar. Rezemos por um milagre! Rezemos para que Nossa Senhora proteja Francisco…dele mesmo! Lutemos até o último homem!! Salve Maria Imaculada!

  8. Em oração para que caia por terra qualquer tentativa de desvio da tradição católica!

  9. “O homem mais poderoso é o que reza porque se faz participante do poder de Deus” – São João Crisóstomo.
    Uns não querem servir a Deus e debandam para a heresia. Outros não querem também servir a Deus e arrumam desculpas para não rezar contra as potestades que agem por meio dos hereges e cismáticos. No fundo nem um dos dois crê mais em Deus mas apenas em si mesmos. Será que os que aqui estão criticando esses dois cardeais são tão católicos quanto pensam ser?

  10. Todo convite a oração, ao jejum e a reparação são válidos e ajudará a sustentar os fiéis na fé e união com Cristo nestes tempos turbulentos. Estes homens são valentes em meio a uma multidão de pastores mudos. Mas o fato é que aqueles que ignoram a anticanônica, excomungada e confessa máfia de St Gallen, que forçou a manobra de BXVI ao papado Emérito e colocou Bergoglio como a quinta coluna do comunismo e da maçonaria no trono de Pedro; que ignoram que a Exortação Apostática pós sinodal já está redigida, bem como os passos seguintes a serem tomados já estão em curso (assim como a herética e erótica Amoris Laetitia sucedeu tal sínodo das famílias ), estão enxugando o chão com a torneira aberta. Ignoram que o tal sínodo é mais uma das muitas e já adiantadas etapas para a edificação da falsa igreja que manifestará o anticristo, enquanto que Francisco vai assinando um acordo de paz aqui e outro ali, costurando seu projeto da religião mundial ecopanteísta e sodomítica. (Dn 9 :…concluirá com muitos uma sólida aliança, e no meio da semana fará cessar o sacrifício e a oblação).
    Com o passar dos eventos algumas vozes se somarão às deles, mas a água já está bem acima da cintura e seguirá subindo porque não gritaram quando estava nos tornozelos, enquanto isso que muitos vão naufragando na fé.
    Em oração, acompanhemos cenas dos próximos capítulos.

  11. Antônio Eudes de Souza
    Acho que você não está entendendo o que se passa. Leia o instrumentum laboris. Ele foi autorizado por Francisco. O sínodo que acontecerá não vai ser utilizado como um instrumento maléfico, porque essa abominação já é toda maléfica em si. Não se salva nada. Não tem nada de católico. Os que estão por trás do sínodo, incluindo Francisco sabem exatamente as heresias que o documento contém e onde querem chegar. E falta de caridade é o escândalo que essas autoridades promovem dentro da Igreja. Reze muitooooooo. Jejue muitooooooo.

    • Aconselho a todos que escutam palavras de José Antônio Ureta sobre: O perigo do Sínodo da Amazônia que se aproxima.

  12. Para alguns de nós, só resta a oração e o jejum mesmo. Será essa a grande tribulação pela qual a Igreja de Cristo há de passar?!? Sigamos firmes e santos!

  13. Não sei se todo mundo percebeu, mas o atual Prefeito da Congregação para Doutrina da Fé, que é um jesuíta, não fala absolutamente mais nada. Ninguém sabe , ninguém viu. Até eu já esqueci o nome dele

Trackbacks