Foto da semana.

Vaticano canonizacao

Praça de São Pedro, Vaticano, 13 de outubro de 2019: A brasileira Ir. Dulce é canonizada, juntamente com o Cardeal John Henry Newman, Josefina Vannini, Maria Teresa Chiramel Mankidiyan e Margarida Bays.

5 Comentários to “Foto da semana.”

  1. No livro “a candeia debaixo do alquere”, o Pe. Álvaro Calderón faz uma explicação muito interessante sobre as canonizações modernas e suas suspeitas. Mas, mesmo o magistério estando em crise, a Igreja continua santa e santificando. E a Irmã Dulce e o Cardeal Newman ( Não conheço os outros) são de uma vitalidade e exemplos absurdos. A irmã dulce dá uma tapa na cara dessa elite intelectual falastrona e ideológica, os teóricos da pobreza, que só falam e dizem como o mundo deve ser, mas praticam muito pouco. Esses que amam a humanidade, mas não o homem que está ao lado pedindo. Amam a massa, não o indivíduo. Ela nunca participou de ONGs, congressos, reuniões da ONU, passeatas, criança esperança, etc…ela amou e foi Cristo no mais próximo. Com toda suas dificuldades (tinha 70% da capacidade respiratória comprometida) foi até o fim.

    Já o Newman, nos ensina o equilibro do amor e obediência ao Papado. Hoje em que muitos o destronam e outros o idolatram.

    • Convenhamos, o papado de cerca de cem anos passados era algo bem diferente. O Cardeal Newman nao seria muito diferente nas criticas daquilo que faz o Cardeal Bourke.

  2. Muito bem disse Jesus com sua autoridade, jamais deve ser contestada ou posta em dúvida – falou e condenou quando o justificava o momento, sendo sempre sem rodeios ou concessões – que, se necessário, as pedras clamarão! Por ex., o principal do Concilio Vaticano II – não do reprovável dos seus inimigos para o vilipendiar, como tantos católicos, atribuindo a ele responsável por tudo de ruim, mas maçonistas infiltrados nele, visando implodir de dentro a Igreja, falazes e audazes, como se pudessem destruir o proprio Cristo-Igreja católica.
    Decorre pois, imbuídos da fraude “Espírito do Concílio visando denegri-lo – deveria ter sido, dentre mais, uma ousada e ríspida investida contra o perverso comunismo – a praga dos 2 séculos anteriores a do atual, mundo conflagrado contra si mesmo, porque não assim procederam?
    Jesus disse que as pedras clamariam se seus seguidores se calassem, em particular a seus ministros, de forma total atemorizados ou calcadores aos pés da Verdade, quando estava a caminho de Jerusalém, justamente pelo fato, era a sua entrada triunfal na Semana da Paixão.
    Assim, as Sagradas Escrituras nos relatam que, enquanto Jesus cavalgava sobre um jumentinho rumo a Jerusalém, imensa multidão O aclamava, dizendo: “Bendito é Aquele que vem em nome do Senhor – Hosana nas alturas! Lc 20 38.
    A frase “as pedras clamarão” parece ser um dito proverbial; talvez, em algum aspecto, Jesus tivesse em mente as palavras do profeta Habacuc “Porque a pedra clamará da parede, e a trave lhe responderá do madeiro”, Hab 2 11, já que nossos em ministros quase em absoluta totalidade associados a ideologias ou omissos em as combater, acovardados, umas gazelas, impressionado-nos de estarem anestesiados, então, fazemo-lo por eles!
    *O Menino Jesus revelou a Madre Mariana que muitas almas religiosas e sacerdotais “querem servir-Me às meias, conservando seus caprichos e gênios, em tudo satisfazendo suas vontades e tomando liberdades incompatíveis com seu estado e profissão. Eu não as tolero; nada pela metade me agrada. Eu as abandono e deixo que sigam todos os desejos de seu coração pervertido para desconhecê-las diante de Meu Pai Celeste. Ai daqueles e daquelas!” (II, 93).
    * N Senhora do Bom Sucesso.

  3. Gritarmos para que os bispos acordem? A questão é que parte dos bispos está bem acordada e trabalhando com todas as forças para deformarem a face da Santa Igreja. Suas ações são conscientes. Militam pelo PT, militam para a implantação do comunismo e atacam aqueles que querem a restauração de uma Igreja que se preocupe em mudar o mundo e não ser mudada pelo mundo.

  4. Foi um final de semana muito feliz e especial pra mim. No sábado, a festa da Padroeira de nosso Brasil. No domingo, a canonização de Irmã Dulce e dos demais Beatos.
    Há muitos e muitos anos, minha avó tinha um papelzinho com o retrato de Irmã Dulce, e me dizia que ela já era quase santa.
    Em Irmã Dulce e em Madre Teresa de Calcutá, vejo tantas e tantas religiosas que prestam tão imenso serviço à Igreja de Deus e a tantos pobres desamparados em todos os sentidos.
    É uma alegria imensa que sinto ao ver esta religiosa canonizada. O Brasil fica muito bem representado. Aliás, tão bem representado que muitos não conseguem nem imitar a maneira de se vestir da religiosa.
    Que Irmã Dulce e Madre Teresa de Calcutá e os demais santos de Deus intercedam por mim e por todos!