Impactante homilia de Dom Azcona sobre o Sínodo.

Homilia proferida por Dom Frei José Luiz Azcona Hermoso, OAR, bispo emérito da Prelazia do Marajó, PA, na Santa Missa de 15 de outubro de 2019, na Basílica de Nazaré, em Belém, PA.

13 Comentários to “Impactante homilia de Dom Azcona sobre o Sínodo.”

  1. Como não se comover até as profundezas da alma ao ouvir a pregação pura e simples do Santo Evangelho e da doutrina da salvação?

  2. Tem um padre de barba, la atrás, que não estava gostando muito. Passou 90% da homilia com a mão nos olhos e com o rosto para baixo. Parece totalmente desconfortável. Deve ser um TL.

  3. Firme e dentro do que se pede a um sermão, que sejamos levados à reflexão e conversão de nossos pecados. Coisa que não vemos muito hoje em dia, muitos por medo, não tem essa mesma coragem, pois tem medo de perder seus cargos. Belo sermão!

  4. Reverendíssimo Dom Azcona, desejo agradecer profundamente a vossa excelência por este ato heroico.
    Nesta santa homilia o senhor foi a voz de toda aquela multidão de fieis que se acha em estado de perplexidade diante da heresia chamada “Sínodo Pan-amazônico”. Quisera outros bispos e religiosos tivessem esta mesma postura correta do senhor. A omissão de quase a totalidade deles também nos deixa perplexos. Que o edificante sermão do senhor seja exemplo para todos aqueles que, nos púlpitos, se acham calados ante as investidas lupinas.
    Que Nossa Senhora de Nazaré o guarde e cumule de bençãos !

  5. Parabéns d. Azcona! Muito obrigado pelas suas palavras tão encorajadoras! Não devemos jamais nos envergonhar de Cristo, e Cristo crucificado, escândalo para os judeus e loucura para os pagãos!

  6. Vejo as imagens dessa basílica.

    Às vezes tento comungar na minha paróquia. Ficio escondido no átrio, e entro na comunhão. Mas cada vez mais tenho aumenta a dificuldade psicológica e moral de entrar num igreja em hora de Santa Ceia versão Paulo 6. Desanimo.
    Mas, quando a Igreja está vazia, imersa na tranquilidade da sua exuberante beleza, imperial, vetical, constantiniana e sacral, que consolo.

  7. Muito bom saber que ainda existem prelados fiéis a Cristo e à Sua Igreja! Gloria In Excelsis Deo!!

  8. E os padres casados e diaconisas vem aí…: http://www.infocatolica.com/?t=noticia&cod=36061

  9. 30 minutos de homilia? Diz-se que nos primeiros 10 minutos, Deus fala pelo padre; a partir daí, até 15 minutos, fala tão somente o homem. De 15 minutos para frente, – que miséria! – fala o demônio pelo celebrante! Foi exatamente neste período derradeiro que o bispo aposentado (ou o diabo) criticou o sínodo da Amazônia.

    • O tão entendido Sampel poderia nos agraciar com a fonte desse conhecimento sobre a cronologia do sermão e a substituição das pessoas que falam pelas bocas do sacerdote. Aprendi há algum tempo que o sacerdote preside a Santa Missa in persona Christi, do começo ao fim. Seria por isso que se presta reverência a ele na procissão de entrada e também na de saída.
      Entretanto, agora aprendi um conhecimento novo, que deve ter vindo de livros de teologia católica que ainda não tive o privilégio de ler, que diz que o demônio fala pelo sacerdote durante um determinado momento mágico da missa, exatamente 15 minutos depois de iniciada a homilia, no transcurso desta.
      Daí para a frente, imagino eu, talvez seja necessária a realização do ritual de exorcismo do sacerdote para o prosseguimento do rito (seja ele o rito tradicional ou o novus ordo), uma vez que vítima de uma possessão por parte do demômio, o sacerdote seria incapaz de oferecer o santo sacrifício a Deus.