Foto da semana.

Primavera pós-conciliar – “Ouso dizer, a Igreja nunca esteve tão bem como hoje”. 

Santa Sé fecha Carmelo de Beja (Portugal): Freiras recebem a notícia em lágrimas.

A Santa Sé assinou em 12 de Julho o decreto que encerra o Carmelo de Beja.

A Diocese de Beja deu a conhecer a decisão, esta semana, às irmãs Carmelitas que estão no Mosteiro do Sagrado Coração de Jesus. As freiras vão ser deslocadas dentro de um mês para Sevilha.

A decisão da Santa Sé é justificada pela falta de religiosas. No Carmelo de Beja estão apenas três freiras quando deveriam estar no mínimo sete, disse à Rádio Pax D. João Marcos, Bispo de Beja.

“O Mosteiro é uma comunidade, e para haver comunidade, segundo as normas da Santa Sé, tem de haver, pelo menos, 7 pessoas. Neste momento estão 3 e não havia perspectiva deste mosteiro formar gente e receber novas vocações”, explicou o Bispo de Beja.

Foi com “uma tristeza tremenda” que alguns leigos, assíduos nas eucaristias do convento do Carmelo de Beja, receberam a notícia.

“O Carmelo não tem mais vocações porque as altas cúpulas da ordem não as querem canalizar para aqui. Vão todas para (os conventos) Moncorvo (Bragança) e Sevilha (Mosteiro de Sant’Ana, em Espanha). O fecho do convento era um objectivo há muito preparado”, desabafou um dos fiéis.

Há cerca de um ano, três carmelitas de nacionalidade queniana foram retiradas de Beja e colocadas no convento de Moncorvo.

Apesar de D. João Marcos realçar que não está ainda definido o futuro do Mosteiro, a Rádio Pax sabe que “dentro de muito pouco tempo, o convento de Beja vai ser ocupado por outra congregação de freiras”, revelou fonte junto da Ordem do Carmo.

A irmã Madalena, de 81 anos, a irmã Inês, de 78 e a irmã Luísa, de 58, “receberam a notícia em lágrimas”. Fonte do Carmelo garante que as freiras esperam ficar as três no mesmo convento e preferem Sevilha a Moncorvo.

“Vamos continuar a rezar por vocês”, prometeram as carmelitas de Beja a alguns fiéis que, entretanto, as contactaram.

7 Comentários to “Foto da semana.”

  1. É um remanejamento para um convento da mesma ordem?

  2. A ONU pretende fazer as transformações que Napoleão começou e não completou.
    Transformar conventos, mosteiros e igrejas em hotéis de luxo ou comunidades pseudo-religiosas, escolas seculares ou universidades para a divulgação de ideologias globalistas (leia-se comunistas).
    O Vaticano endossou e assinou embaixo.

  3. Francisco quer realmente demolir Portugal, a menina dos olhos de Nossa Senhora. Eram os cartuxos, que abandonaram as terras ontem mesmo, agora as carmelitas; quem ficará no último dia do reinado de Bergoglio, aquele que faz de tudo para destruir as promessas de Fátima?

  4. “A Maviosa Primavera do Diplomata Glutão”
    Ou
    “Eugênio, o Encantador de Serpentes”

  5. Meu Deus!
    Pobrezinhas dessas Monjas!
    Essa gente detesta a vida contemplativa!
    Do jeito que as coisas estão correndo, em breve será fechada a “Santa Sé”, transformada em museu pela atual desadministração…
    Rezemos e busquemos forças nos Sacratíssimos Corações de Jesus e Maria!
    Viva Cristo Rei!

  6. mais uma desgraça!
    Há dias foi o mosteiro da Cartuxa.
    Medonho!

  7. A mesma tatica de sempre, enfia modernismo, destroi as vocacoes, fecha o mosteiro e vende o terreno por $$$$.