Arcebispo Viganò defende a Virgem Maria, em resposta aos novos ataques do Papa.

Por Diane Montagna, LifeSiteNews, Roma, 19 de dezembro de 2019 | Tradução: FratresInUnum.com – O arcebispo Carlo Maria Viganò lançou hoje uma forte defesa da Virgem Maria e uma forte acusação contra o Papa Francisco, em resposta à polêmica homilia do papa na festa de Nossa Senhora de Guadalupe, na qual ele disse que a doutrina que descreve Maria como co-redentora é “tolice”.

Dom Carlo Maria Viganò.

Dom Carlo Maria Viganò.

A declaração do arcebispo Viganò, intitulada “Maria Imaculada Virgem e Mãe – Acies Ordinata, ora pro nobis”, é antecedida por uma emocionante passagem do profeta Isaías que fala da vontade do Senhor, de não mais se calar diante do pecado da idolatria.

A história trágica deste pontificado fracassado avança com uma sucessão premente de voltas e reviravoltas. Não passa um só dia: do trono mais elevado, o Sumo Pontífice prossegue demolindo a Sé de Pedro, usando e abusando de sua autoridade suprema, não para confessar, mas para negar; não para confirmar, mas para desviar; não para unir, mas para dividir; não para construir, mas para demolir. Heresias materiais, heresias formais, idolatria, superficialidade de todo tipo.

Ele continua: “Na memória litúrgica da Virgem de Guadalupe”, o Papa Francisco “desabafou mais uma vez sua evidente intolerância Mariana”,  desferindo um golpe no coração do dogma Mariano e no dogma Cristológico a ele relacionados. Mas “a Imaculada Theotokos, ‘terrível como um exército em ordem de batalha [acies ordinata] lutará para salvar a Igreja e destruirá o exército irrestrito do Inimigo que contra ela declarou guerra, e com ele todas as pachamamas demoníacas retornarão definitivamente ao inferno. ”

“Há mais de seis anos que somos envenenados por um falso magistério, uma espécie de síntese extrema de todos os equivocados conceitos conciliares e erros pós-conciliares que foram propagados incansavelmente, sem que a maioria de nós se desse conta”, ele escreve.

“Assim”, continua, “ao longo dessas últimas décadas, o sangue vital do Corpo Místico foi lentamente drenado através de um sangramento incontrolável: o depósito sagrado da fé foi gradualmente dilapidado, dogmas desnaturados, o culto divino secularizado e gradualmente profanado, a moral sabotada, o sacerdócio difamado, o sacrifício eucarístico protestantizado e que se transformou em um banquete de convívio … ”

A marca distintiva da heresia modernista, enfatiza Mons. Viganò, é a ocultação e a “tática de afirmar o que se quer destruir, usando termos vagos e imprecisos, promovendo o erro sem nunca formulá-lo claramente.” O resultado, ele diz, é o que temos agora diante de nossos olhos: “Uma Igreja Católica que não é mais Católica; um recipiente esvaziado de seu conteúdo autêntico “.

O Arcebispo Viganò conclui: “A Igreja está envolta nas trevas do modernismo, mas a vitória pertence a Nosso Senhor e Sua Esposa. Queremos continuar a professar a fé perene da Igreja em face do rugido do mal que a assedia. Queremos vigiar com ela e com Jesus, neste novo Getsêmani do fim dos tempos; orar e fazer penitência em reparação pelas muitas ofensas causadas a eles. ”

A declaração completa do arcebispo Viganò em italiano foi publicada pela primeira vez em Corrispondenza Romana. O texto oficial em inglês será publicado pela LifeSiteNews nas próximas horas.

5 Comentários to “Arcebispo Viganò defende a Virgem Maria, em resposta aos novos ataques do Papa.”

  1. A precisão de Viganò é extraordinária: “… “tática de afirmar o que se quer destruir, usando termos vagos e imprecisos, promovendo o erro sem nunca formulá-lo claramente.”
    Este é o comportamento de Francisco sempre, o qual não deixa a menor dúvida a qualquer pessoa minimamente capaz de compreender a sua religião.
    Ser a favor do papado é uma obrigação do católico e ser contra este papa nestas circunstâncias, também. Infelizmente.
    Rezamos e pedimos a N.Senhora que o ilumine e que ele demostre o seu arrependimento ou continue no seu infeliz destino.

  2. Louvado seja Deus nos seus mistérios insondáveis! Esse pontificado, além de servir para nossa punição dos nossos pecados, também serve para pôr à vista o “mistério da iniquidade” que opera na Igreja. Como há décadas que os modernistas destroem sem nunca se declarar, chega um ponto onde não mais se dá para esconder. Muitos tem se levantado para dizer:” Ei, eu notava algo errado, mas não sabia explicar. Por obediência não falava nada, mas via algo errado”.

    Pois bem, eis o erro: o modernismo, a cloaca (Síntese) de todos os erros reunidos. Satanás é igual o gato que se esconde mas deixa o rabo do lado de fora.

  3. A herarquia da Igreja é constituida sómente por Dom Carlo Maria Viganó ?

    O resto não é Católico?

  4. Até que enfim, alguém sem meias palavras, bravo! A Santa Igreja não pertence aos saqueadores e demolidores…tenhamos fé e permaneçamos firmes aos pés de nosso Senhor Jesus Cristo.

  5. Desejo lembrar ao G.Moreno, que não é só o Monsenhor Viganò que está denunciando e gritando em alta voz: eis aí o lobo! Fujam dele! Tem muitas pessoas, como eu, que vem falando, e gritando cada vez mais alto para que esse povo de cabeça dura acorde. Se eu não falar, as pedras falarão, não é verdade? Então, medo eu apenas tenho da condenação eterna, pois aí não haverá mais solução. Enquanto isso, vou fazendo a minha parte em todos os cantos da terra, falando, escrevendo, rezando e tudo o que está ao meu alcance para salvar o maior número de almas, como Nosso Senhor nos pediu. Sejamos co-redentedores como Nossa Senhora tem nos chamado. Um abraço, G. Moreno.