Retrospectiva 2019: Nº 5 – No altar de Aparecida, Dom Orlando Brandes ataca tradicionalistas e direita.

Prosseguimos com nossa retrospectiva com os posts mais lidos de 2019. A seguir, matéria de 12 de outubro de 2019:

Por FratresInUnum.com, 12 de outubro de 2019 – Em sua homilia na missa solene em honra da Padroeira do Brasil, o arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, não economizou palavras para atacar os tradicionalistas e a direita, comparando-os com o dragão, que, na segunda leitura da missa de hoje, é apresentado como “a primitiva serpente, o diabo ou satanás”.

Eis as palavras textuais do arcebispo:

“Temos o dragão do tradicionalismo. A direita é violenta, é injusta, estão fuzilando o Papa, o Sínodo, o Concílio Vaticano Segundo. Parece que não queremos vida, o Concílio Vaticano segundo, o evangelho, porque ninguém de nós duvida que está é a grande razão do sínodo, do concílio, deste santuário”.

Continuar lendo…

One Comment to “Retrospectiva 2019: Nº 5 – No altar de Aparecida, Dom Orlando Brandes ataca tradicionalistas e direita.”

  1. Não existe católico tradicional.
    Existe só o católico.
    Quem defende papa peronista/comunista, preceitos de socialismos, globalismos, abolição das soberanias dos países e da própria Igreja, heresias libertárias e idolatria não é católico e cumpre o papel de acusar os católicos daquilo que pratica.