Incompreensível para a “Igreja da Misericórdia”.

One Comment to “Incompreensível para a “Igreja da Misericórdia”.”

  1. Na realidade a grande maioria dos padres mormente os progressistas e teólogos libertinos são na prática protestantes e desejam acabar definitivamente com a missa com eucaristia.
    O desejo primordial é atuarem unicamente como pastores, com vestes sacerdotais simplesmente porque fica mais bonito do que o terno e gravata dos evangélicos e desta forma fazerem a pregação política e globalista, unicamente.
    A missa eucarística para eles é um estorvo. Alguns acham que dá muito trabalho.
    Ainda não sabemos se o papa atual, Bergoglio, concordaria com isto.
    Esperaremos os sinais…