Ecce cívitas Sancti facta est desérta.

roma

Depois da entronização da Pachamamma no Vaticano, não é de se espantar que a ira divina  recaia também sobre a Cidade Eterna, numa Itália em estado de calamidade. A imagem acima, da Praça de São Pedro absolutamente vazia em pleno domingo, em decorrência da epidemia do Coronavírus, reflete igualmente o vazio de Fé que toma o coração dos homens da Igreja nos dias de hoje. Em plena Quaresma, vale recordar o Rorate Caeli, cântico do Advento:

Não vos ireis, Senhor, nem vos lembreis da iniquidade.
Eis que a cidade do Santuário ficou deserta:
Sião tornou-se deserta; Jerusalém está desolada.
A casa da vossa santificação e da vossa glória,
Onde os nossos pais vos louvaram.

10 Comentários to “Ecce cívitas Sancti facta est desérta.”

  1. Quem tem por “mamma” uma “pacha” tem por “corona” um vírus.

  2. Meu Deus! Perdoai as nossas ofensas novamente! Nossa Senhora do céu e da terra, órgão por nós intensamente e nos ensina a não mais pecar! Amém!

  3. Missas proibidas? Meu Deus! Isso é sério?

  4. Mas de fato parece mesmo um castigo. Se o objetivo era esvaziar a fé, sim, conseguiram. Se fosse uma trama de um livro, não iria parecer tão real. Quem poderia imaginar, a cidade eterna, completamente vazia. A cidade dos mártires, a cidade dos altares dos santos; que não podem receber a Santa Missa. Mas parece mesmo um tempo penitencial pra se fazer pensar. E se fazer penitenciar, a fim de reencontrar a misericórdia.

  5. Sou assinante da Minha Biblioteca Católica. Este mês e no próximo os livros são de Santos do Oriente Médio dos primeiros séculos. Pouco nos damos conta de como aquela região foi fértil em santidade, é impressionante.
    Fica uma ponta de tristeza ao me dar conta de como isso acabou.
    As igrejas citadas no Apocalipse não existem mais, nenhuma da Sé da antiguidade existe mais, Constantinopla, Antioquia e Alexandria.
    A fé católica foi morrendo aos poucos, primeiro com diversas heresias, depois o cisma do oriente, em seguida o islã e agora com as jogadas dos iluminatis.
    Restam apenas uns gatos pingados por lá, e aqui no ocidente? Teremos o mesmo destino? Serão os católicos do século XXI perseguidos tal qual nos primeiros séculos? Jogados as feras? Crucificados? Até restarem apenas um punhado?
    Ou como já está quase explícito, estamos nestes dias? As feras são outras, mas estamos sendo caçados!

  6. Enquanto isso na Polônia se incentiva a Celebrar mais Missas em resposta ao vírus

    Dessa forma distribui-se as pessoas…

  7. Algo interessante que li online esses dias que tem certa relação com o momento atual.

    No terceiro segredo de Fátima, sabemos que há uma visão onde um papa é morto com várias flechadas, certo? Flechas não são um tipo de arma muito comum hoje em dia, então para um papa morrer de flechadas deve ser algo bem difícil mesmo.

    Mas no livro do Apocalipse de São João, o cavaleiro que representa a Peste usa um arco e flecha. Então o Papa morto na visão de Fátima, junto de quase uma cidade inteira, poderia na verdade morrer de alguma peste.