Foto da semana.

Imagem

Praça de São Pedro, 27 de março de 2020: Papa Francisco dá benção Urbi et Orbi (à cidade de Roma e ao mundo) com o Santíssimo Sacramento. Parce Domine!

15 Comentários to “Foto da semana.”

  1. “Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes Eu quis reunir os teus filhos como a galinha reúne os seus pintinhos debaixo das suas asas, mas vós não o aceitastes! Eis que a vossa Casa vos ficará desabitada! E, com toda a certeza vos asseguro, que não mais me vereis até que venhais a proclamar: ‘Bendito o que vem em nome do Senhor!” (Lc 13:34)

    A exemplo da Santíssima, humilhemo-nos e reconhecemos o quanto somos indignos. De nada adianta enchermos clamar ao Senhor se o nosso coração está longe. Que o mundo secular ser preocupe com a doença, com o que comeremos, o que beberemos; nós cristão devemos sim desagravar ao nosso Deus, que espera só o nosso arrependimento, só a nossa volta para casa do Pai. Como o filho pródigo reconheçamos que pecamos contra o Céu e contra Deus.

    Seja em nossas casas “confinados”, seja no hospital, nas enfermerias; no trabalho, na rua, em qualquer lugar. Basta que arrependamos das nossas faltas, e sejamos humildes. Dinheiros, cargos, posições, poder, mitra, hábito, tudo isso de nada vale se nosso coração não se arrepende.

    “Agora, diz o Senhor, voltai para mim com todo o vosso coração, com jejuns, lágrimas e gemidos; rasgai o coração, e não as vestes; e voltai para o Senhor, vosso Deus; ele é benigno e compassivo, paciente e cheio de misericórdia, inclinado a perdoar o castigo”.

    Quem sabe, se ele se volta para vós e vos perdoa, e deixa atrás de si a bênção, oblação e libação para o Senhor, vosso Deus?

    Tocai trombeta em Sião, prescrevei o jejum sagrado, convocai a assembleia; 16congregai o povo, realizai cerimônias de culto, reuni anciãos, ajuntai crianças e lactentes; deixe o esposo seu aposento, e a esposa, seu leito.

    Chorem, postos entre o vestíbulo e o altar, os ministros sagrados do Senhor, e digam: “Perdoa, Senhor, a teu povo, e não deixes que esta tua herança sofra infâmia e que as nações a dominem”. Por que se haveria de dizer entre os povos: “Onde está o Deus deles?”

    Então o Senhor encheu-se de zelo por sua terra e perdoou ao seu povo.” (Joel 2:12-18)

  2. Amém!
    Que Deus Nosso Senhor nos livre do mal material e espiritual!
    Que essa bênção chegue a todos os lares e todos os hospitais mas também a todos os mendigos, crianças de rua e pessoas onde grassa a guerra. Onde mais precisar, que o Senhor abençoe e realize seus milagres para que o mundo inteiro saiba que o Senhor é Deus!

    Aproveitando: que bonito ver o Papa Francisco dando a bênção do Santíssimo sacramento. Tanto o critiquei, quero agora parabenizá-lo.

  3. Já que a Igreja se mete tanto a dar pitaco em política, quero ver o que vão fazer quando chegar o caos social. Com o desemprego aumentando, já há maiores casos de violência doméstica e feminicídio. Daqui a pouco a criminalidade vai aumentar mais ainda, só que a imprensa só se preocupa com o coronavírus. A cnbb, (com a pretensa autoridade exclusivamente secular) pediu que todos fiquem em casa, deveriam estar ajudando materialmente ou desenvolvendo projetos para ajudar as famílias que já estão entrando em desespero.

    • O que vão fazer?
      Veja o que fizeram no passado e como todos se comportaram.
      Será tudo igual.
      Nada muda exceto a população mundial, quase mil vezes maior.

  4. “Quando virdes estabelecida no lugar santo a abominação da desolação que foi predita pelo profeta Daniel, o leitor entenda”
    O Profeta Daniel, relata a história e os últimos acontecimentos, assim como na Apaocalipse…

    • Caro, mas na sua leitura, aconteceu a abominação da desolação agora, com esse virus?

    • Só agora começou a Abominação da Desolação?
      Acho que não, estamos nela desde o CVII.
      Desde pequeno eu vi primeiro a missa nova que mim parecia ter clima de velório, depois, pouco a pouco o sucateamento dos órgãos, o desmonte das mesas eucarísticas (cercas ao redor do presbitério), a transformação das missas de caráter solene para clima de balada, a substituição de padres sérios e austeros por outros que parecem gazelas saltitantes, a destruição dos altares tradicionais substituídos por simples mesas, o sumiço dos Sacrários que agora se encontram ás vezes em cubículos que lembram armários de vassouras, a mudança da mentalidade da certeza de a Igreja Católica ser a única Igreja de Cristo para “…Cristo não fundou igreja…”, “…todas as religiões e seitas salvam…”.
      Quando conheci a TML eu afirmo que poderia ser padre mas como alguém pode vir a querer ser padre nestes tempos de modernismo??? ]
      Não, a abominação da desolação não começou agora, mas está ficando cada vez pior!

  5. Não tinha visto! Assisti hoje e confesso que preciso processar a informação, quem era esse homem que atravessou a Praça de São Pedro totalmente vazia e banhada pela chuva, como lágrimas do Céu?? Rezo todos os dias pela conversão de Jorge Mario Bergóglio!

    • Será mesmo que ele deve se converter ou você?

    • Amém!

      Quanto bem faria ao mundo se esse Pedro a exemplo do primeiro repetisse as palavras em Atos 4:8:

      “Então Pedro, cheio do Espírito Santo, disse-lhes: “Autoridades e líderes do povo!

      Visto que hoje somos chamados para prestar contas de um ato de bondade em favor de um aleijado, sendo interrogados acerca de como ele foi curado,

      saibam os senhores e todo o povo de Israel que por meio do nome de Jesus Cristo, o Nazareno, a quem os senhores crucificaram, mas a quem Deus ressuscitou dos mortos, este homem está aí curado diante dos senhores.

      Este Jesus é ‘a pedra que vocês,construtores rejeitaram, e que se tornou a pedra angular’

  6. Ele dá a benção com Nosso Senhor Vivo e Verdadeiro e Único…
    Por que deixou um ídolo pagão adentrar no Jardins do Vaticano, ser cultuado pelos(as) malditos da tl, e depois na Basílica São Pedro, na celebração de encerramento, daquele maldito e abominável Sínodo?
    Agora, aguentemos…

  7. Condecoração da abortista holandesa com a Ordem de S Gregório Magno; equiparação do adultério e do concubinato ao matrimônio dos cristãos; recepção, com direito a fotografias, de casais transviados; admissão de gente Ricca que faz sexo dentro do elevador como figura de proa do flat padresco; proclamação de que a diversidade religiosa é boa e querida por Deus; “Deus não é católico”; perseguição e/ou ostracismo de quem não aceita suas bravatas e canalhices doutrinais; introdução de culto panteista e adoração do pedaço de pau chamado Pachamama, ídolo mudo e surdo; deturpação oportunista e herética do conceito de “misericórdia” que induzir à conclusão de, que, outrora e até entao, a Igreja teria falsificado o verdadeiro rosto de Deus, fazendo dele um tirano cruel e maligno que exigiu um Sacrifício de Sangue, o da Cruz, para aplacar a sua ira contra o gênero humano, imagem esta produzida e explorada por uma classe neurótica de sanguessugas perversos (o clero) que se erigiu como porta-voz do deus sádico, manipulando a população ao instilar o pavor do inferno ao mesmo tempo em que se fazia detentora exclusiva dos meios mágicos (sacramentos) de salvá-la das penas infernais. Quem nunca ouviu esse discurso socianiano e liberteiro? Quem ignora o que se ensinava na pocilga seminarística dos Arns e dos asnos de por ai?

    Que Deus nos puna, isso “nao é conforme à lógica do Evangelho”; chegou agora o tempo da “misericórdia” do argentino “do fim do mundo”, a nova luz dos povos. Até então ninguém tinha entendido nada. Nenhum papa, nenhum santo, nenhum doutor, nenhuma velhinha que rezava o terço com temor e tremor. Nenhuma geração entendeu nada. Só o jesuíta humilde e cordial entendeu tudo.

    E o sinal manifesto disto é a imensa multidão de ouvintes que o Senhor Deus dos Exércitos tem enviado à presença lúcida, benéfica, benfazeja e salutar do prelado jesuíta… E por ser jesuíta e roncaliano e guevarista e fidelista deve ter saído da tal cerimônia na praça de Sao Pedro coçoando dessas “práticas medievais” quais sao a bênção do Santíssimo, a bênção urbe et orbi ou simplesmente a “bênção”.

    Se esse senhor tivesse fé eucarística conforme a Igreja ensina e professa, não teria presenteado o “pastor” da “igreja” luterana de Roma com um belo cálice. Ou será que os luteranos deixaram de ser “cegos sem fé e mancos sem obras” como disse Padre Vieira? Nao consta.

    É verdade que há sinais por toda a parte, “os sinais dos tempos” de que falava Joao XXXIII… Difícil é não deturpá-los insistindo numa apostasia que já dura 55 anos ou mais.

  8. Finalmente alguem diz a verdade:
    Lenga: “Francisco está escondido em seu palácio e o clero escolheu esconder-se em seus refúgios”

  9. Mesmo ele tendo cumprido com a sua responsabilidade em relação a benção Urbi et Orbi, como confiar em alguém que fez da Igreja um braço da ONU?!
    https://www.jpost.com/International/Pope-backs-UN-chiefs-call-for-global-ceasefire-to-focus-on-coronavirus-622796
    Não se pode esquecer que o Papa não fala não fala absolutamente contra a sua querida China, seu querido partido comunista chinês e como eles modificaram e espalharam o vírus.
    Não se pode esquecer da OMS, órgão da Onu, e a sua participação nesse vírus em conluio com a China e a Rússia.

  10. “Diante de mim todo joelho se dobrará e toda língua confessará que sou Deus” (Romanos 14, 11)
    Um pequeno e grande detalhe: por quê o papa Francisco não se ajoelhou diante do Santíssimo?
    É preocupante o fato de Francisco reiteradamente evitar ajoelhar-se diante do Santíssimo Sacramento, ou sequer fazer uma breve genuflexão.
    Paradoxalmente, basta pesquisar na internet e verá Francisco ajoelhando e beijando os pés ao presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, e aos vice-presidentes designados, Rebecca Nyandeng De Mabior (uma mulher!) e Riek Machar.
    Historicamente, o saudoso papa João Paulo II (agora, santo) ao visitar um país, imediatamente ao descer do avião, ajoelhava-se para beijar o chão.
    Há algo estranho no reino de Francisco, como diria Willian Shakespeare (peça Hamlet).