Urbi et Orbi – Cruz de São Marcelo danificada pela chuva.

Por Finestre sull’Arte, 29 de março de 2020 | Tradução: FratresInUnum.com –  Não foi uma boa idéia expor o crucifixo de São Marcelo no Corso na chuva que anteontem, sexta-feira, 27 de março, caiu sobre Roma: as imagens da bênção Urbi et Orbi do Papa Francisco também nos mostraram que a escultura do século XIV foi exposta à água e, em algumas imagens aproximadas, as gotas foram inconfundivelmente riscadas no corpo de Cristo pendurado na cruz. É uma obra dos anos setenta do século XIV e, de acordo com o que o Il Messaggero relata hoje, a exposição à chuva teria causado sérios danos à escultura.

Il Messaggero: “danneggiato il Crocifisso di San Marcello al Corso”. La pioggia avrebbe gonfiato il legno

“Quase duas horas sob a água incharam a madeira centenária”, diz o artigo assinado por Franca Giansoldati. “Os estuques em vários lugares saltaram, bem como partes de leve tinta antiga; em alguns locais, a têmpera usada pelo artista anônimo para desenhar o sangue que flui do lado diminuiu, a superfície de madeira trabalhada no cabelo ondulou, e foram arruinados alguns detalhes nos braços. Os danos estão sendo avaliados e, por esse motivo, a estátua teria sido levada às pressas ao Vaticano, onde estão disponíveis laboratórios de reconstrução e restauração. Parecia que ninguém pensou ontem à tarde que uma peça tão antiga pudesse sofrer alterações sob a tempestade. E agora há quem se pergunte por que o antigo crucifixo não foi colocado em outro lugar, talvez protegido sob a grande tenda papal, protegida da chuva. Teria ocupado pouco espaço, perto do banco em que o Papa Francisco estava sentado”.

Da parte do Vaticano, parece que nenhum comentário foi feito sobre o assunto, nem pelo Estado italiano, dado que o Crucifixo de São Marcelo no Corso é uma obra estatal, protegida pelo Fundo de Edifícios de Culto do Ministério do Interior, ao qual pertence a igreja da Via del Corso, juntamente com toda o seu patrimônio.

“As más línguas”, relata Giansoldati, “dizem que a decisão de deixar o crucifixo milagroso no mau tempo veio do chefe das cerimônias litúrgicas, monsenhor Guido Marini, para poder deixar intacta o posicionamento essencial: o Papa sozinho sob a cobertura iluminada, no sagrado [da Praça de São Pedro], sem qualquer outro elemento”. […]

14 Comentários to “Urbi et Orbi – Cruz de São Marcelo danificada pela chuva.”

  1. 3º Segredo de Fátima:

    “E vimos n’uma luz imensa que é Deus: “algo semelhante a como se vêem as pessoas n’um espelho quando lhe passam por diante” um Bispo vestido de Branco “tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre”. Vários outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo da qual estava uma grande Cruz de troncos toscos como se fora de sobreiro com a casca; o Santo Padre, antes de chegar aí, atravessou uma grande cidade meia em ruínas, e meio trémulo com andar vacilante, acabrunhado de dor e pena, ia orando pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho; chegado ao cimo do monte, prostrado de joelhos aos pés da grande Cruz”.

    Cumpriu-se a terceira parte do segredo revelado a 13 de Julho de 1917 na Cova da Iria-Fátima.

    • Esse, com certeza, NÃO É o Terceiro Segredo.

      Escreva todo ele numa folha e veja se não precisará de outra para completá-la.

      Além do que, nesta versão, há o assassinato de muitas pessoas, inclusive do Papa.

    • Mas o papa não tinha que ser morto? O Papa Francisco terá então que morrer de coronavírus, para se cumprir.

      Obs: POR FAVOR, não estou torcendo por isso, ok? São conjecturas sobre uma profecia de difícil interpretação.

    • É triste ver como as pessoas se entregam para interpretações de visões e profecias a cada problema que temos no mundo… Dizer que Francisco é o papa do Terceiro Segredo… Sério?

      Onde estão os vários outros bispos, sacerdote,s religiosos e religiosas a subir o grande monte? Cadê a cidade em ruinas? Cadê os cadáveres pelo caminho? Cadê o cimo do monte? Cadê o papa de joelhos diante da cruz? Não ajoelha nem pro Santíssimo

      Se a interpretação é alegórica, onde está a alegoria? Por favor…

  2. Tamanho descaso por nossas coisas tão importantes, em nome desse falso ecumenismo, me lembrou uma visão que Anna Catharina Emmerich teve…

    “Numa visão ela viu Roma, o Vaticano. Viu o Vaticano rodeado por um fosso profundíssimo, e do outro lado do fosso estavam os descrentes. No centro de Roma, no Vaticano, encontravam-se os católicos. Estes atiravam para esse fosso profundo os seus altares, as suas imagens, as suas relíquias, quase tudo, até o fosso ficar quase cheio. Essa situação, esses tempos, viveis agora (grita com voz medonha). Então quando o fosso ficou cheio, os membros das outras religiões puderam realmente atravessá-lo. Atravessaram-no, olharam para dentro do Vaticano, e viram como os católicos de hoje, a Missa moderna, pouco tinha para lhes oferecer. Abanaram a cabeça, voltaram as costas e foram-se”.

  3. Só faltou se ajoelhar diante de Cristo, para ser um sério candidato ao Santo Padre da aparição.

  4. Para quem não se ajoelha diante do Santíssimo Sacramento, uma imagem de madeira não fará diferença.

  5. Confesso que não entendo! Uma só Santa Missa é suficiente para nos santificar, segundo o ensinamento dos Santos, contudo vemos tantos atos, manifestações com símbolos religiosos, relíquias e até com o próprio Santissimo Sacramento. Parece que estamos nos tornando superticioso, deturpando os sacramentais e os Sacramentos. Tamanha a nossa falta de Fé, que estamos apelando para todos os lados. O medo é que, com a demora em Deus nos atender, acabamos fazendo pacto com o Diabo. O momento é de dobrarmos os nossos joelhos em adoração e contrição. Chega de ficar só pedindo, relembremos a cura do paralítico que desce a frente de Nosso Senhor pelo telhado. Um bando de curiosos, sedentos em ver Nosso Senhor humilhado estava ali. Nosso Senhor ao “ver” o mal coração dessas pessoinhas pergunta a eles: o que é mais fácil dizer, os teus pecados são perdoados ou levanta-te? Nenhuma das duas coisas eles, e nós, poderíamos dizer. Pois, para que saibais que o Filho do Homem “tem o poder de perdoar os pecados”: vai levanta-te. A cura do corpo é acidental não essencial para a vida, vida eterna. O mundo jaz no maligno, dessa forma Deus usa de meios para nos lembrar que não somos daqui. Se é castigo divino ou não, isso deixemos para o Juízo Divino dizer no tempo oportuno. O que devemos fazer agora é a seguinte pergunta: estou eu pronto para o Céu? Morrendo agora irei para a presença de Deus? O que preciso fazer para me santificar? Posso passar horas com o terço na mão, fazer procissões, jejuns, teletransmissões, falar palavras bonitas, mas sem o arrependimento perfeito que é fruto da verdadeira Caridade, de nada esses atos externos adiantam. Vamos fazer corrente de orações, vamos nos organizar em grupos de zap, de face, mas estou realmente arrependido? Estou voltando de fato para Deus? Judas viveu por 3 anos como apóstolo, esteve na última ceia, foi ordenado padre, mas no último instante traiu o mestre. Houve tempo de se arrepender, mas de desesperou, confiou mais em si do que em Deus. Achou que seus atos eram suficientes e preferiu a morte, Sejamos mais humildes e confiantes na misericórida de Deus, posso estar isolado na minha casa, varrendo, limpando, mas estando arrependido de meus pecados, e me colocando na misericórida Divina, a exemplo do Bom Ladrão: Senhor, quando estiverdes no Vosso Reino lembra de mim.

  6. Caros Fratres;

    Este é um momento de Oração e de se repensar muitos aspectos de nossas vidas e, especialmente, da Igreja.
    Peçamos ao Bom Deus e ao Imaculado e Doloroso Coração de Maria que olhem por nós e tenham piedade de tantos que sofrem.
    Quanto ao Crucifixo, em poucos dias estará restaurado.
    Entretanto, este episódio nos remete a um problema mais sério: a tempestade que descaracterizou a Igreja.
    Tal como ocorreu com o Crucificado, a Igreja precisa ser restaurada!
    Como nas visões da Bem-Aventurada Anna Catharina Emmerich, o “fosso” está cheio, com as tradições, as devoções e tudo aquilo que nos fazia diferentes das outras crenças.
    É o momento de restaurar!
    Olhemos para a cena: é o Cristo que deveria ficar no centro, não o papa.
    Quando substituímos Deus pelo ser humano, como foi feito no Concílio, afastamo-nos do Senhor!
    Primeiro Deus, depois o ser humano!
    Há muitos anos que estudo e medito as aparições da Virgem Santíssima em la Salette.
    Tudo que ali foi anunciado está a se cumprir!
    Rezemos!
    Só a Misericórdia do Bom Deus e a intercessão valiosa da Virgem Santíssima que nos fará atravessar este momento tão difícil!
    Que os Corações Sacratíssimos de Jesus e Maria voltem sua Misericórdia para todos nós!

  7. Essas marcas imprimirão um histórico dramático nessa imagem da época difícil que estamos atravessando. Não é raro encontrar peças sagradas que testemunham esses incidentes. A mais próxima de nós é a veneranda imagem de N. S. Aparecida, cujo atentado agregou ainda mais valor místico à imagem. Mas há outros exemplos, como a Virgem Negra de Jasna Gora e o manto cosido e queimado de Guadalupe…

    • A diferença dessa vez Mons. Corradini, é que foi feito às vista e sob supervisão do próprio “Papa”….

  8. Estranho que a Cruz resistiu milagrosamente a um incêndio, e agora não resiste à duas horas de chuva fina..! Se realmente esta Cruz milagrosa estragar, é um pequeno sinal que DEUS está dando…
    E quanto ao que disseram acima sobre o 3º Segredo de Fátima, acredito que seja sim… só que ainda não terminou… Ele ainda está se cumprindo… Os Pastorzinhos tiveram uma visão espiritual do fato, assim, não precisa necessariamente o Papa estar andando no meio dos cadáveres… Já não basta o tanto de pessoa que já morreram na Itália?!
    E também penso que está próxima a revelação de Garabandal (que inclusive não foi negada por São Padre Pio), pois esta Aparição previu que as Igrejas seriam fechadas… o que já está acontecendo. E previu também que o Papa iria a Moscou… o que já está em vistas de acontecer. É claro que não podemos afirmar com plena certeza que é verdade… Mas nada impede de que acompanhemos de perto, e que fiquemos atentos… Mas, enfim, o mais importante é perseverarmos na Fé em DEUS, e na Doutrina perene da Santa Igreja. Até porque o que adiantaria ficarmos tão impressionados com revelações de aparições, que podem acontecer em meses ou anos, se morrêssemos em poucos dias?!
    Assim, o importante é que busquemos fortalecer nossa fé, confiança, humildade, amor, coragem e perseverança. “O justo viverá pela fé!”

  9. Creio que a visão do Papa no meio da cidade em ruínas refere-se ao mesmo fato predito por São João Bosco na sua famosa profecia sobre o exílio do Papa por 200 dias, haverá algum tipo de revolução na Itália como o Santo previu e o Papa da época terá de sair da Roma para preservar sua vida. A pandemia parece ser um castigo pela idolatria que ocorreu no sínodo mas creio que não é literalmente o cumprimento do 3° segredo.

  10. Não estou dizendo ser agora, porém nos tempos finais ( como já foi predito ), mesmo as luzes q brilhavam no mais “singelo sacramental” será ofuscada, não aparecerá a não ser por outras “vias” ( com os olhos da fé) e é aí q se verá , como o próprio Cristo passou por isso tb, quem permanecerá ante ao “abandono”.