Dom Carlo Maria Viganò convida Bispos e Sacerdotes para recitar o Exorcismo no Sábado Santo.

No dia 13 de outubro de 1884, o Papa Leão XIII teve uma visão terrível do ataque dos poderes infernais contra a Santa Igreja, e por isso ordenou que se recitasse a oração a São Miguel Arcanjo no final da Missa. Ele também compôs um exorcismo que inseriu no Ritual Romano, no qual fez menção expressa ao que havia visto: “A Igreja, Esposa do Cordeiro Imaculado, está saturada de amargura e inebriada pelo veneno de inimigos astutos, que impõem suas mãos sacrílegas sobre todas as coisas mais sagradas. Onde residem a Sé do bem-aventurado Pedro e a Cátedra da Verdade, constituídas para iluminar os povos, ali eles estabelecem o trono da abominação e da sua impiedade, a fim de que golpeado o Pastor, o rebanho seja também disperso.”

Nestes dias de grave tribulação, em que a pandemia priva os católicos da Santa Missa e dos sacramentos, o demônio se desencadeia, multiplicando seus ataques para induzir as almas ao pecado. Os dias abençoados da Semana Santa, outrora dedicados à Confissão preparatória para a Comunhão da Páscoa, veem todos nós constrangidos ao confinamento forçado, mas não impedidos de orar ao Senhor.

Sendo um dia de silêncio, na espera do anúncio da Ressurreição, este Sábado Santo pode ser uma ocasião preciosa para todos os Ministros Sagrados. Não é preciso sair de casa, nem violar qualquer proibição da autoridade civil.

Convido-os para que às 15 horas (horário de Roma: 11 horas em Brasília) do sábado, 11 de abril de 2020, todos rezemos juntos, na forma estabelecida por Leão XIII para toda a Igreja, o exorcismo contra Satanás e os anjos rebeldes (Exorcismus in Satanam et angelos apostaticos, Rituale Romanum, Tit. XII, Caput III), participando assim de uma batalha espiritual contra o Inimigo comum da humanidade.

O Sábado Santo é o dia em que se celebra a descida de Nosso Senhor Jesus Cristo aos infernos para libertar as almas dos justos do Antigo Testamento das correntes de Satanás. No grande silêncio após a Paixão e Morte do Senhor, a Santíssima Virgem velou e creu, esperando com confiança a Ressurreição de seu amado Filho. Era um momento em que o mundo parecia ter vencido, mas quando tudo estava sendo preparado para a glória da Páscoa.

Peço a todos os meus confrades do episcopado e aos sacerdotes que se unam na recitação do exorcismo, cientes de que este poderoso Sacramental – especialmente se recitado em comunhão com todos os outros Pastores – ajudará a Igreja e o mundo na luta contra Satanás. Recomendo também usar a estola, símbolo do poder sacerdotal, e água benta.

Que a Santíssima Virgem, terrível como um exército em ordem de batalha, e São Miguel Arcanjo, padroeiro da Santa Igreja e Príncipe das Milícias Celestiais, protejam a todos nós.

+ Carlo Maria Viganò, arcebispo titular de Ulpiana

Quinta-feira Santa 2020

Tradução: Hélio Dias Viana

* * *

Sancte Michael Archangele, defende nos in praelio, contra nequitias et insidias diaboli esto praesidium: Imperet illi Deus, supplices deprecamur, tuque, Princeps militiae caelestis, satanam aliosque spiritus malignos, qui ad perditionem animarum pervagantur in mundo, divina virtute in infernum detrude. Amen.

Leão XIII escreveu ele mesmo esta oração. A frase [os demônios] “que vagam pelo mundo para perdição das almas” tem uma explicação histórica, que nos foi referida várias vezes por seu secretário particular, Mons. Rinaldo Angelo. Leão XIII experimentou verdadeiramente a visão dos espíritos infernais que se concentravam sobre a Cidade Eterna (Roma); desta experiência surgiu a oração que quis fazer rezar em toda a Igreja. Ele a rezava com voz vibrante e potente: o ouvimos muitas vezes na Basílica Vaticana. Não somente isso: escreveu de seu próprio punho e letra um exorcismo especial contido no Ritual Romano (edição de 1954, tít. XII, c. III, pp. 863 y ss.). Ele recomendava aos bispos e sacerdotes que rezassem freqüentemente esse exorcismo em suas dioceses e paróquias. De sua parte, ele o rezava com muita freqüência ao longo do dia.

Cardenal Nasalli Rocca, Carta Pastoral para a Quaresma, Bologna, 1946, apud Boletim Sacrificium, ano I, volume I, número 28. Publicado originalmente na festa de S. Miguel de 2008.

7 Comentários to “Dom Carlo Maria Viganò convida Bispos e Sacerdotes para recitar o Exorcismo no Sábado Santo.”

  1. Amém!!

  2. E a Reforma Litúrgica tirou essa oração do final da Missa…
    Depois Paulo VI disse que a fumaça de Satanás havia entrado na Igreja…
    Santa contradição…

  3. Aí pus valor! Avanti, Cardinali! Siamo con Voi!

  4. A primeira coisa a ser feita depois da abominação do templo Santo e a parches mama. Segundo a estatura de Martim Lutero

  5. PS: retirar a patcha mama e a estatua de Martim Lutero de onde elas estão colocadas.Fazer como Moisés fez com o bezerro de ouro.

    • E cortar aquela árvore plantada nos jardins do Vaticano, durante o ritual da pacha.

      São Bonifácio, rogai por nós!

  6. ORAÇÃO TRADICIONAL A SÃO MIGUEL ARCANJO – em latim
    In Nomine Patris, et Filii et Spiritus Sancti. Amen.
    Princeps gloriosissime caelestis militiae, sancte Michael Archangele, defende nos in proelio et colluctatione, quae nobis adversus principes et potestates, adversus mundi rectores tenebrarum harum, contra spiritualia nequitiae, in caelestibus.
    Veni in auxilium hominum, quos Deus creavit inexterminabiles, et ad imaginem similitudinis suae fecit, et a tyrannide diaboli emit pretio magno. Proeliare hodie cum beatorum Angelorum exercitu proelia Domini, sicut pugnasti contra ducem superbiae Luciferum, et angelos eius apostaticos: et non valuerunt, neque locus inventus est eorum amplius in coelo. Sed proiectus est draco ille magnus, serpens antiquus, qui vocatur diabolus et satanas, qui seducit universum orbem; et proiectus est in terram, et angeli eius cum illo missi sunt.
    En antiquus inimicus et homicida vehementer erectus est. Transfiguratus in angelum lucis, cum tota malignorum spirituum caterva late circuit et invadit terram, ut in ea deleat nomen Dei et Christi eius, animasque ad aeternae gloriae coronam destinatas furetur, mactet ac perdat in sempiternum interitum.
    Virus nequitiae suae, tamquam flumen immundissimum, draco maleficus transfundit in homines depravatos mente et corruptos corde; spiritum mendacii, impietatis et blasphemiae; halitumque mortiferum luxuriae, vitiorum omnium et iniquitatum.
    Ecclesiam, Agni immaculati sponsam, faverrimi hostes repleverunt amaritudinibus, inebriarunt absinthio; ad omnia desiderabilia eius impias miserunt manus. Ubi sedes beatissimi Petri et Cathedra veritatis ad lucem gentium constituta est, ibi thronum posuerunt abominationis et impietatis suae; ut percusso Pastore, et gregem disperdere valeant.
    Adesto itaque, Dux invictissime, populo Dei contra irrumpentes spirituales nequitias, et fac victoriam.
    Te custodem et patronum sancta veneratur Ecclesia; te gloriatur defensore adversus terrestrium et infernorum nefarias potestates; tibi tradidit Dominus animas redemptorum in superna felicitate locandas. Deprecare Deum pacis, ut conterat satanam sub pedibus nostris, ne ultra valeat captivos tenere homines, et Ecclesiae nocere.
    Offer nostras preces in conspectu Altissimi, ut cito anticipent nos misericordiae Domini, et apprehendas draconem, serpentem antiquum, qui est diabolus et satanas, ac ligatum mittas in abyssum, ut non seducat amplius gentes. Amen.

    ORAÇÃO TRADICIONAL A SÃO MIGUEL ARCANJO – em Português
    Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amen.
    Ó gloriosíssimo Príncipe da milícia celeste, Arcanjo S. Miguel, defendei-nos na nossa luta e nosso combate contra os principados e as potestades, contra os governantes deste mundo tenebroso, contra a perversidade espiritual em lugares elevados.
    Vinde em auxilio do homem, que Deus criou imortal, à sua imagem e semelhança, e resgatou por grande preço da tirania do diabo. Combatei neste dia a batalha do Senhor, junto com os santos anjos, como já haveis combatido o líder dos anjos orgulhosos, Lúcifer, e o seu exército apóstata, que não tinham poder para vos resistir, nem tinham mais lugar no Céu. Mas aquela antiga e cruel serpente, chamada de demónio ou Satanás, que seduz todo a orbe, foi mandada para o abismo com todos os seus anjos.
    Eis que o primordial inimigo e assassino do homem se ergueu veementemente. Transformado em anjo da luz, ele vagueia com toda a multitude de espíritos malignos, invadindo a terra em ordem a extirpar dela o nome de Deus e do Seu Cristo, para, deleitando-se, matar e atirar para a perdição eterna as almas destinadas à coroa da eterna glória.
    Este malvado dragão derrama, como torrente imunda, o veneno da sua malícia sobre o homem de mente depravada e coração corrompido; o espirito da mentira, da impiedade e da blasfémia; o odor pestilento da luxúria e de todo o vício e iniquidade.
    Estes astutos inimigos encheram e inebriaram com ódio e amargura a Igreja, a esposa do Cordeiro Imaculado, e deitaram as suas mãos impiedosas sobre as suas posses mais sagradas. Onde se encontra a Sede do Santo Apóstolo Pedro e Cátedra da Verdade para ser luz do mundo, eles elevaram um trono da sua abominável impiedade, com o desígnio iníquo de que quando o Pastor é abatido, as ovelhas se dispersam.
    Erguei-vos então, ó General invencível, auxiliai o povo de Deus contra os ataques que irrompem dos espíritos perdidos e trazei-nos a vitória.
    A Santa Igreja venera-vos como protetor e patrono; glorifica-vos como a sua defesa contra os poderes malignos deste mundo e do inferno; a vós Deus confiou as almas do homem para serem estabelecidas na beatitude celeste. Intercedei junto do Deus da paz para que Ele esmague Satanás sob os nossos pés, tão conquistado que não consiga mais prender os homens em cativeiro e magoar a Igreja.
    Oferecei as nossas orações à vista do Altíssimo, para que elas possam rapidamente alcançar-nos as misericórdias do Senhor; e derrubando o dragão, a antiga serpente, que é o demónio e Satanás, tornai-o novamente cativo no abismo, para que ele não possa mais seduzir as gentes. Ámen