A Nova Evangelização em tempos de Pandemia.

20 Comentários to “A Nova Evangelização em tempos de Pandemia.”

  1. Q lamentável!!!! Q Deus tenha misericórdia!!!

  2. Não sei , se é pra rir ou chorar?

  3. Estou precisando fazer compras para a necessidades da casa, ir ao médico(vai ter remédios para adquirir, ir de carro terei que ter gasolina, e outras compras para a manutenção da casa. etc etc haja espaço.
    Será que alguem virá me ajudar ou dar-me a verba necessária para fazer isto tudo??
    Não me venha com choramelas, vai trabalhar… vá para um circo e se manifeste.

  4. É rir para não chorar.

  5. O vídeo é tão absurdo que não consigo pensar no que comentar. Que Deus tenha misericórdia de nós!

  6. Os ossos do pai Seráfico ruidosamente agitam-se em sua tumba. Não! isso não tem nada a ver com a verdadeira Ordem dos Frades Menores que, aliás, subsiste , desconhecida, em algum reduto tradicionalista. Mas isso não pode ser, não pode ser!

  7. Qual é a pior doença que existe no mundo?
    Qual a que mais mata?
    Qual a doença que nasce junto com o ser vivo, qualquer que seja ele, inclusive com o homem?
    Qual a doença que acompanha o homem todos os dias da sua vida, silenciosamente?
    Qual a única doença humana para a qual não há outra solução senão o trabalho a cada dia que passa?
    Esta doença é a fome.
    Para os ricaços, para os aposentados, para os que vivem do dinheiro alheio, por enquanto ela é mera hipótese num horizonte longínquo.
    Se continuarmos neste passo, preocupados com uma gripe mais forte chamada covid, quando os miseráveis e aqueles que ficaram privados do trabalho estiverem a míngua e a fome se espalhar por todos os cantos do mundo veremos se será possível comer o dinheiro depositado nos bancos.

  8. Tem um detalhe importante que deve ser observado…… este vídeo não é novo. Absurdamente foi gravado durante a QUARESMA.
    Tenho vontade de perguntas a estes rapazes: Será que é assim que o grande São Francisco se comportaria ? Não estaria ele na linha de frente cuidando dos doentes sem medo algum (assim como fez com os leprosos de seu tempo)? E nas horas vagas ? Estaria ele “dançando frevo” ou rezando insistentemente pelo fim da peste ?
    Mesmo quando Deus nos permite um tempo de reclusão, reflexão e auto avaliação, a imbecilidade do mundo contemporâneo é tão grande que o ser humano não consegue mais enxergar o tamanho lamaçal no qual está enterrado até o pescoço….

  9. A maioria desse pessoal não tem vocação nenhuma. Só vai para o convento porque tem medo de trabalhar e encarar a vida dura. Pra eles é fácil se isolar. Fuga é com eles mesmo.

  10. Caros Fratres;

    Confesso que fiquei tão assustado, que me vi aos prantos.
    Nosso Seráfico Pai se notabilizou pela doce humanidade e pela alegria.
    Entretanto, era um homem penitente e extremamente sério, tanto que em duas imagens e pinturas é retratado com olhar piedoso, com sorriso nos lábios e as Santas Chagas (marcas da identidade com o Salvador!)
    Como estudei e recebi a Ordenação Sacerdotal em um Seminário Diocesano, participei de uma Ordem Terceira Franciscana, tendo como Diretor Espiritual um Santo Frade Franciscano, por longos 20 anos!
    Com as “mudanças conciliares”, tragicamente o maldito aggiornamento destruiu a espiritualidade penitencial da Ordem Seráfica.
    Não é de se espantar que o senhor Genésio Boff ( também conhecido pelo nome religioso de “Leonardo”) era Frade e, por conseguinte, foi um dos maiores destruidores da espiritualidade e da Doutrina Católica.
    O maior de todos os males causados pelo Concílio Vaticano II consiste em sua “abertura ao mundo moderno”, que ocasionou que a mundanidade se tornasse uma realidade dentro da alma da Igreja Católica.
    Estes jovens Frades deixaram de lado a doce alegria do Seráfico Pai para a triste mundanidade carnavalesca de um “frevo frívolo”!
    Rezei uma Missa em desagravo ao Pai pelo descaso com o Hábito e a Penitência – marcas indeléveis da Ordem Seráfica!
    Que o humilde “noivo da Dama da Pobreza” rogue pela Santidade da Ordem – prometida pelo Divino Redentor – e, que interceda por uma profunda REFORMA DE VIDA ESPIRITUAL na Igreja e, mormente, na Ordem nascida do amor à Paixão de Cristo!
    Que o Bom Deus tenha misericórdia de nós!
    São Francisco de Assis, rogue pela Ordem e pela Igreja!

    • Obrigada, Pe José Antônio, suas palavras me deram uma esperança por ver que ainda existem padres que amam a igreja. A minha conversão se deu fora do Brasil. Acho que eu nunca teria me convertido ao catolicismo estando no Brasil. Não existe nada mais triste do que a alegria superficial. Fiquem com Deus, todos vocês, e aos dançarinos de plantão, contem com minhas orações para uma verdadeira conversão. Com todo o meu mais sincero amor.

  11. O mundo merece isso.

  12. E serão estes que em, mais ou menos, 30 anos estarão nos postos elevados de governo da Igreja.

  13. Vergonha alheia … estes pobrezinhos não têm amigos para lhes avisar do limite entre o singelo e o ridículo?!

  14. Seria cômico… Se não fosse trágico!

  15. Nesse convento, muita galinha pra pouco galo.

  16. Cômico, se não fosse tão patético… que vergonha!

  17. Uma pesquisa breve sobre os envolvidos revela muita coisa. O compositor da paródia, Frei Lorrane, por exemplo, até foto com boné do MST tem.

  18. Depois de quase 20 anos de militância pela Sagrada Tradição, conclusão: Se Deus Nosso Senhor não agir, não haverá conversão. Somente pela Graça mesmo. Não adianta eu ou você fazer qualquer repúdio, apenas seremos tratados como reacionários, anacrônicos, desatualizados, ranzinzas, retrógrados, hipócritas que querem julgar os outros, se esquecendo dos próprios erros… Só nos resta rezar e pedir a Nosso Senhor Jesus Cristo, por Nossa Senhora, Sua Mãe Imaculada, a reconversão do Clero. Só resta pedir a Deus que, por Nossa Senhora, não nos abandone, não abandone a humanidade.

  19. E está disseminada pela Igreja essa péssima “espiritualidade:
    https://www.facebook.com/mariiOvLzagarciia/videos/3200445136646424/