Dividida: a banda podre da CNBB racha com o resto da Conferência e abre fogo contra Bolsonaro.

Por FratresInUnum.com, 27 de julho de 2020 – Foi uma semana tensa para a ansiedade da velha guarda da CNBB, aqueles petistas de sacristia que alçaram voos para o episcopado com o pacto firme de promover a ascensão do partido mais corrupto da história, mas que, no final, fracassaram e estão terminando a vida frustrados. Frustrados! Fracassados! Diga-se em alto e bom tom! Frustrados, porque o povo pobre preferiu seguir as seitas pentecostais e renegar a politicagem mofada desses fanáticos comuno-lulistas. Fracassados, porque, salvo eles mesmos, ninguém leva a sério as notinhas que eles pretensiosamente pensam ser “profecia”.

12970871_1227283183963726_7760508826080064482_o

A conivência com a qual esses mesmos senhores sempre trataram os crimes do PT é vergonhosa. Eles sempre usaram a Igreja como máquina de propaganda do partido, sempre a mantiveram calada quando foi para proteger a sua cria, e, agora, querem usá-la mais uma vez para uma afronta que só beneficiaria o PT.

Por isso, a agitação panfletária da semana passada foi tão febril. Mesmo não conseguindo senão uma adesão minoritária, os bispos da esquerda não conseguiram se conter e soltaram para ninguém menos que a Folha de São Paulo o seu odioso panfleto.

Programada para ser publicada no dia 22, festa de Santa Maria Madalena, graças ao protesto de muitos bispos que não se quiseram acumpliciar, a tal “Carta ao Povo de Deus” foi adiada, adiada, até que… vazou!  Assim, ingenuamente, aproveitando a impossibilidade de que os bispos se reúnam fisicamente, já que a epidemia de coronavírus obteve o cancelamento da assembleia geral deste ano.

É interessante como, para as manifestações tradicionais, a CNBB precise manter a comunhão e os bispos devam conservar o consenso na mordaça, mas, para as manifestações de esquerda, os minoritários reivindiquem o direito de autonomia para se manifestar e publicar o seu protesto ideológico.

Nos bastidores, conjectura-se que o autor da carta tenha sido Dom Joaquim Mól, o qual aparece na matéria da Folha como um dos signatários. Se isso for verdade, como os bispos podem permanecer calados?

Eles votaram em quem para ser o Secretário Geral, em Dom Joel Portella ou em Dom Joaquim Mól?

Mól, de campanha vigorosa nas últimas duas eleições da CNBB, foi rejeitado em ambas pelo episcopado, graças também aos apelos feitos por este blog.

Como pode um bispo não eleito ter tanto poder assim? 

Outro articulador relevante do “manifesto” foi Dom Leonardo Ulrich Steiner, também defenestrado da presidência da CNBB na última eleição.

Ora, senhores bispos: a Assembléia Geral da CNBB, que elege e é a autoridade maior da entidade, é um simples jogo de cena?

Os senhores rejeitam dois prelados, mas deixam-se indiretamente ser guiados por eles?

Tomem postura! Falem! Façam algo!

É verdade que esse cenário contrasta com outra informação de bastidores, a de que o seu arcebispo, o presidente da CNBB, Dom Walmor Azevedo, teria se posicionado internamente contra a publicação. Mas, nesta altura do campeonato, isso é apenas um boato ou é realmente um teatro voluntário? Quem o pode saber?

Para além das conjecturas, um fato impõe-se como verdadeiro: Dom Walmor não teve a fibra moral de manter a Conferência Episcopal naquela propagada união de consenso e, agora, sob a sua presidência, a divisão que já era antiga fica escancarada. A tal “comunhão” foi quebrada. 

Há um grupo de agitadores que mantém a CNBB sob as suas rédeas e que agora se precipitou e causou escândalo. Apesar de uma grande parcela de bispos ter mandado notas de repúdio à presidência, a ala comunista avançou obstinada como um trem. Bom… Um mérito ela tem: para que serve uma Conferência Episcopal já que eles podem se lançar em iniciativas independentes e falar o que querem, aos quatro ventos, nos jornais? Justo esses que sempre usaram o nome da CNBB, agora, jogam a colegialidade do Vaticano II bem na lata do lixo!

Dane-se! Façamos profecia!

Seria esta uma oportunidade para os bons bispos do Brasil se posicionarem. O Brasil tem dimensões continentais… Para que ter uma Conferência Episcopal única? Não seria a hora de levar adiante o processo que já começaram na Amazônia, com a criação da tal Conferência Eclesial Amazônica – um organismo novo, desprovido de personalidade canônica e que ninguém sabe exatamente no que vai dar – e criar várias Conferências Episcopais no Brasil?

Que a CNBB era canhota todo mundo já sabia, mas, agora, realmente virou bagunça. Dividida, a CNBB virou um circo que perdeu a razão de existir. De partido político, virou uma piada política, e piada de mal gosto.

Uma pergunta fica: por que a matéria da Folha divulgou apenas alguns nomes dos 152 signatários, escondendo todos os demais? Será que alguém ali está com medo de ser exposto? Ora, o que mais interessa neste imbroglio é saber o nome de quem assinou: precisamos saber exatamente quem são e onde estão. 

Dom Walmor deveria pura e simplesmente renunciar! Ou, que tal — e os petistas tremem só de ouvir falar — um impeachment?

Tags:

48 Responses to “Dividida: a banda podre da CNBB racha com o resto da Conferência e abre fogo contra Bolsonaro.”

  1. Não subestime a CNBB. Ela é mais esperta que este blog imagina. Aplausos aos bispos signatários da carta.

    • Ou pensa que é, não é mesmo? Aliás, obrigado pela preferência de sempre! Sempre o primeiro a comentar, cada vez com um nome diferente. A cara da falsidade, típica dos modernistas.

    • Típico comentário dos medrosos sem sobrenome, tal como a sinistra se encontra atualmente.
      A propósito, ser esperto apoiando facínoras do PT e comunistas é sinal de burrice, nos tempos atuais.
      Claro, você pode aplaudir quem quiser e como os poucos.

    • O silêncio quanto o objetivo e conteúdo da carta é revelador.

    • Realmente, os filhos das trevas são mais “espertos” que os filhos da Luz.

    • A esperteza quando é demais, vira bicho é engole o dono!

  2. Essas notícias me dão ânimo, essas divisões são necessárias.. Meus filhos pegarão uma nova geração, onde teremos uma Igreja minoritária, mas relevante. Pequena, mas unida. Poucos, mas que salgam a massa da sociedade perdida.

    Aliás, não sei se a palavra correta é divisão. Pois os de Cristo não de dividem. Nas verdade o termo correto é “manifestação”. Sim, manifestação do mistério da iniquidade que assola a Igreja há anos. As cartas estão sendo colocadas na mesa, os gatos mostrando mais do que o rabo escondido…

  3. A hidra vermelha sempre foi criada na base do canibalismo, quanto mais come dos seus, mais dos seus gera, todos mais fortes e ainda mais canibais. Resta só esperar para ver quem vai meter a picareta na cabeça da CNBB, e ver o que os amigos dos pares farão.

  4. Urge conhecer a lista dos signatários para conhecermos os lobos com pele de ovelha. Claro que já os conhecemos, mas é bom lembrar quais são os lobos que estão atacando. E eventualmente descobrir que algumas máscaras estão caindo.

  5. Enquanto essa instituição falida, que na prática nada mais é do que um sindicato de bispos, solta suas notinhas que falam de tudo, menos Jesus, o número de católicos diminui a cada dia, e com com certeza diminuirá ainda mais depois da pandemia.

  6. A nota da CNBB, que não é a nota da CNBB, assim mesmo ambígua, escafedida ( mais fedida que esca), underground, é semelhante no tom, nas baboseiras, na virulência abjeta, a manifestações de outros antros lulo-petistas e psólicos, como OAB, associações de pseudo-juristas pela democracia ( a do partido único) e outros coletivos deste jaez. No entanto, ao escancarar a profunda divisão do episcopado, faz um favor ao Povo de Deus, que somente não está ainda completo pela omissão dos nomes que pretensamente assinaram a diatribe comuno-juvenil. Que divulguem logo os nomes dos reverendíssimos apoiadores.

  7. Antes de comentar, gostaria de saber para que serve a Nunciatura em Brasília?
    Dito isto, acho que se a Nunciatura serve para alguma coisa, não precisa de CNBB, pois todos os bispos ficariam sob sua direção e comando.
    Agora, se cada bispo fala o que quer, principalmente política, claro que não vão obedecer a ninguém, nem mesmo ao Papa, sabemos que existe um movimento dos Bispos de Raiz, que querem rever o CVII e anular. Isso prova que a Igreja depois de Francisco rachou e as consequências são avassaladoras. Talvez seja bom porque só assim se expulsa a banda podre e os comunistas desterrados.

  8. Não é novidade q exista está banda podre. Estão com dias contados e já respiram por traqueostomia. Seu tempo de comunidades eclesiais de base já se passou. Deveriam abandonar a igreja e os privilégios que ela lhes dão. Mas, ainda temos uma banda boa q precisa se manifestar. Ou todas as duas ficarem quietinhas.

  9. O UOL notificou que um dos signatários é Dom Alberto Taveira Correa, arcebispo de Belém. Me surpreendeu… Não totalmente, mas surpreendeu…

  10. E quem disse que a CNBB é morna! Não me lembro – e aqui podem me corrigir – de algum posicionamento tão contundente como este! Quando dos escândalos do PT, no mensalão e no petrolão, houve algo parecido? Nem Chavez e Maduro receberam tamanha reprovação do nosso episcopado quando dos crimes contra a humanidade (esses reais, não delírios da cabeça esquerdopata). Não me lembro de palavras fortes dos nossos bispos quando Dilma empurrou 13 milhões de brasileiros ao desemprego e outros tantos à indigência. Talvez eu tenha esquecido de ouvir…os nossos corajosos e proféticos pastores.

    “Seria esta uma oportunidade para os bons bispos do Brasil se posicionarem.” Aqui ouso discordar do autor. Não temos bons bispos no Brasil, pelo menos não mais. Os que não são abertamente socialistas ou pior, são covardes, simples assim. Sob a pretensa desculpa da “comunhão” e da “prudência apostólica”, não se manifestam. Quem cala consente, diz o ditado, e os supostos bons bispos se calam, sempre! São os signatários indiretos da carta-manifesto, fumantes passivos da fumaça de satanás.

    Alguns, que tínhamos por bons pastores, são apenas oportunistas. Vejam que Dom Alberto Taveira assinou o manifesto empoderado. Ele que, até outro dia, celebrava a missa tridentina agora mudou! Desde a instalação de Francisco alguns bispos e padres que antes eram os pilares da ortodoxia tupiniquim se calaram, mudaram o comportamento e preferem hoje não mais criticar ou falar dessas coisas que já não importam como marxismo, revolução cultural, teologia da libertação, etc. Estão mudos, temem por seus cargos, seus salários e aposentadorias. João Batista teria morrido de velhice se tivesse se comportado como eles.

    A carta-manifesto é nada mais nada menos que uma longa carta de suicídio eclesial. Um testamento da completa insignificância que a CNBB e o episcopado nacional assumiram para a sociedade. Não estão apenas contra o dogma da fé, estão contra a realidade dos fatos. Bem fez o planalto em não dignificar essa porcaria com uma resposta. Bolsonaro deu um grande “beijinho no ombro” para os esclerosados e afeminados pastores.

    Deixem nossos bispos adorando a Pachamama, dançando em frente ao altar e redigindo cartas empoderadas. Não importa.

    • Realmente não temos bons bispos no Brasil. Uma coisa que percebi recentemente, os bispos tem medo uns dos outros, inclusive bispos titulares tem medo dos eméritos que continuam lá, bafejando na nuca, observando seus substitutos para inibir qualquer manifestação de tradicionalismo.

    • Infelizmente estamos tristes e impotentes assistindo ao que você chama de suicídio eclesial.

  11. A CNBB é uma seita milenarista e messiânica. Ela não está preocupada com o Brasil nem com o povo brasileiro.

  12. Que triste ver a Igreja de Cristo, a Igreja que tanto amo, numa situação dessas. Jamais a abandonarei, mas entristece-me muito ver que pastores que deveriam conduzir e orientar seu povo, deixam-se levar por ideologia, dizendo ser profética. Eu segui a orientação do Padre Adélio, aquele que usou o púlpito para criticar o governo dizendo para o Católico se confessar. Eu me confessei, mas me confessei por ter dando tanto ouvido a essa igreja ideológica no passado, nas CEBs, e encampei a ideia do PT no poder. Votava 13 em todas as eleições, até que acordei e vi que estava errado, que esse partido e essa esquerda só desejavam o poder. Não podemos confundir “opção preferencial pelos pobres” com “opção ideológica”. Continuarei me confessando desse pecado até o fim dos meus dias, buscando algumas indulgências.

  13. Alguém tem a lista dos 152 signatários? Não encontro em site algum. Quero ver essa lista antes que esses valentes profetas do anel de tucum retirem suas assinaturas diante da reação de suas ovelhas, cujo cheiro eles garantem ter.

  14. Diante do descalabro de muitos “sacerdotes católicos”, não estranharíamos comportamento tão covarde e vil desses dtios “sacerdotes do povo de Deus”, que já não creem em Deus. Durante a corrida presidencial um “padre” durante a Missa ridicularizou o atentado contra um dos candidatos, imagine uma sacerdote fazer isso e depois falar em “perdoai as nossas ofensas”. A poucos dias, outro chamou “sacerdote,, como ele mesmo vai reconheceu depois sem provas, o atual presidente de bandido. Isso durante a Missa. Poderíamos lembrar as “pérolas” do arcebispo de Aparecida, que infelizmente se tornou palco de movimento da tal teologia da condenação. Como a CNBB não é o Colégio Apóstolico, que também não está lá tão bem das pernas, só retrata uma frustrante ira do réprobos. Digo, réprobos, pois então Papa João Paulo II, já havia condenado o que eles, grande parte do “cenebebistas” defendem. Quando o então Cardeal Ratzinger Prefeito da Sagrada Congreção para Doutrina da Fé, veio ao Brasil chamar à ordem o papel da Igreja na América Latina contra esse mal da teologia da condenação, muitos bispos engoliram seco. O atual Pontífice parece que deu uma ar de esperança para esses traidores da Salvação Eterna, que agora surgem com unhas e dentes para emplacar um Éden na Terra. Pobres almas, rezemos para que se convertam e não caiam na cilada do Demônio.

  15. Vai descer fogo do céu! Queima, Jesus! kkkkkkkk nada como um chacoalhão……

  16. A lista apareceu no Facebook: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=3211335512287762&set=a.830850463669624&type=3&theater

    Ausência notável: dom Pedro Luís Stringhini, presidente do Regional Sul I e lulista apaixonado.

    Presença notável: dom Alberto Taveira Corrêa, arcebispo de Belém, muito ligado à renovação carismática “católica” (por isso nem admira muito).

    Um número muito grande de “eméritos”, aposentados que não conseguem manter a serenidade para o seu encontro face-a-face com o Senhor Jesus, cada vez mais próximo. Esse clube da terceira idade só fez enxugar o número de católicos no Brasil nos últimos cinquenta anos. O Governo Brasileiro deu aos 152 bispos uma resposta à altura: NENHUMA. Eles não são nada.

    • Entre as ausências a que mais me chama atenção é a do bispo Orlando Brandes de Aparecida, que frequentemente ataca conservadores e tradicionalistas em seus sermões.

      Dos bispos atuantes na cidade de São Paulo só um aparece entre os signatários: Dom Eduardo, um dos bispos auxiliares da Arquidiocese.

      É muito bom que essa carta tenha sido divulgada junto com seus signatários. Chegou a hora dia fiéis católicos verem quem é joio e quem é trigo.

  17. “E eis um dragão, grande, vermelho… A sua cauda arrastava a terça parte das estrelas do céu, as quais lançou para a terra… E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos.” (Apocalipse 12, 3-9).
    Quando vi o numero dos signatários, 152, logo me recordei desse texto bíblico, pois corresponde a aproximadamente a um terço do total de bispos (ativos e eméritos) do Brasil.
    Depois da introdução para captar a benevolência dos leitores, destilam todo o seu veneno politiqueiro contra o governo legitimamente constituído por vontade popular e não engolido por esses senhores. Quanta falta de discernimento. Por isso que vários bispos se manifestaram diretamente a presidência da CNBB para tentar frear esse desarrazoado.
    Saibam que estamos sim de acordo com as diretrizes fundamentais do atual governo. E se esses bispos não estão, que resolvam entre eles nas suas assembleias antes de se manifestarem e não queiram formar uma facção e confundir as pessoas. Fizeram muito mal e deveriam se envergonhar dessa atitude covarde.

  18. Não acredito que os esquerdistas tenham ficado frustrados devido a a transferência de Católicos de fraca Fé terem ido para as seitas pentecostais. Afina é o objetivo o de esvaziar a Igreja Católica. Para eles não importa para onde foram as ovelhas o que importa é prejudicar a Católica.

  19. Em tempo. Está na hora de acabar com as Conferências, e isto serve a CNBB, e retornar na Hierarquia de Roma. Não importa a pessoa que esteja ocupando o trono de Pedro. Afinal, quando nem tínhamos comunicações tão fáceis como hoje, na idade Média o tempo para os caminhos das comunicações era medido em meses, Roma era a Sede decisória única, porque não hoje?

  20. Nao se iludam. A maioria desses senhores foi nomeada por João Paulo II e Bento XVI.

    Se amanhã os ventos mudarem, eles mudarão juntos. Quem não se lembra da fase Pio IX de Mumes…?

    O único cuidado que essa gente realmente tem é com a própria barriga.

    Mandar cartinha e ficar no ar-condicionado é fácil.

    Abram mão de seus planos de saúde Plus Golden Master Ultra e vao partilhar “as dores e angústias do povo” junto ao povo real, pobre, de chinelão e com fome que aguarda nas filas dos hospitais de madrugada…

    Seus frouxos! Tomem um rumo na vida, pois nesse rumo vcs vao acabar nos infernos mais lancinantes e tormentosos.

    Parem de brincar de casinha!

    Sejam homens e mereçam a casa e comida que a Igreja lhes paga.

    Cumpram com seu ofício e deixem de jogar pedra do telhado alheio.

    Tem muito trabalho a ser feito. Deixem de vadiagem e retórica de botequim.

    Ninguem está aí pra essa discurseira toda de vcs. Vcs estão maia sujos que pau de galinheiro.

    O povo católico quer é pregação do Evangelho e nao aguenta mais ouvir falar de abuso sexual de moleques.

    Bora trabalhar e deixar de querer chamar a atenção e procurar puleiro pra aparecer e se “amostrar”.

    Cuidem de seu quintal que está uma zona.

  21. CNBB…Representa o QUE O PAPA PENSA, TENTA INFLUENCIAR OS BISPOS E PADRES…PORÉM JAMAIS IRÃO INFLUENCIAR O POVO DE BEM DO BRASIL…Se assim continuar…é facil prever o esvasiamento total da Igreja Católica…pois os esquerdistas e comunistas a quem a CNBB segue…NÃO FREQUENTA IGREJA CATÓLICA.

  22. Quantos e quais bispos são filiados ao PT???
    Quais são as provas de que o PT é um partido corrupto???
    É lastimável ver “cristão” mentindo, produzindo fake news.
    Péssima página.
    Muita desinformação.
    A idolatria leva a irracionalidade e ao ódio.
    Acho que vocês deveriam se preocupar com as corrupções no Banco da Santa Sé, e os vários estupros praticados por padres pelo mundo.
    Que Deus abençoe vocês.

    • E agora José? Você veio criticar os ‘cristãos’, mas escreveu uma série idiotices a inda vem reclamar de “fake news”?

      “Quantos e quais bispos são filiados ao PT???” Você, que parece ser um bom petista, é o mais apto a responder isso.

      “Quais são as provas de que o PT é um partido corrupto???” É sério isso? Em que país você viveu nas últimas duas décadas?

      “É lastimável ver “cristão” mentindo, produzindo fake news.” Fake news ou coisas incômodas?

      “Muita desinformação.” Sim

      “A idolatria leva a irracionalidade e ao ódio.”(SIC) Exatamente, basta olhar para os devotos de políticos. Os devotos do Bolsonaro muitas vezes demonstram isso. Os devotos do Lula já mostram isso há mais de quarenta anos.

      “Acho que vocês deveriam se preocupar com as corrupções no Banco da Santa Sé, e os vários estupros praticados por padres pelo mundo.” Você afirma isso e, ao mesmo tempo, pede provas de que o PT seja corrupto. Sim, a idolatria leva à irracionalidade e ao ódio.

      Que Deus abençoe você.

  23. A Cnnb faz oposição ao presidente desde antes ele ganhar a eleição. Eles nunca tiveram a humildade que de procura-lo para discutir alguma pauta em comum, fazer algum pedido, etc(depois ainda eles querem que alguém acredite que eles se preocupam coma as pessoas).
    Eles não respeitam a vontade do povo quando não é igual a deles.
    O problema deles com o presidente é pelo mesmo não ser do pt, não ser de esquerda.
    Se pode até não gostar de algum ato do presidente ou de uma agenda do governo, todos tem esse direito. Agora, não se pode discordar que o Bolsonaro veio quebrar o projeto de poder do pt, de toda a esquerda da américa latina e caribe, representada pelo foro de sp, do qual, mesmo que muitos escondam, tem a colaboração da igreja católica ( o atual papa não me deixa mentir).

  24. Não sei porque todo esse espanto com a CNBB ,sempre foi cheia de bispos vermelhos que descaradamente sempre apoiaram os governos corruptos do PT .,

  25. Joaquim Mol é aqui de BH… Reitor da PUC… a PUC só tem de católica o nome.

  26. A “oposição” de Dom Walmor a esse panfleto é um teatro muito mal encenado. Todos os bispos auxiliares dele assinaram e ele não concordava com a assinatura??? Sou da Arquidiocese de BH e posso dizer com propriedade: Sua Excelência sabe ser autoritário quando quer. Ninguém pisa fora da risca em sua jurisdição… Essa tática de demonstrar isenção superficial sobre um assunto, mas impor sua vontade por meio da ação de algum subordinado seu, interessado em agradar o chefe, é velha conhecida da Igreja particular de BH….

  27. Sou católico e fico decepcionado com bispos fazendo politicagem e não se atentam a defender Jesus dos ataques sofridos a sua imagem em vergonhosos filmes ou carnavais passados… A Igreja está perdendo sua credibilidade, mas a esperança está na palavra de Deus.

  28. Vou transcrever um trecho da mensagem 458, datada de 02 de novembro de 1991 que a Nossa Senhora de Anguera, Bahia, passou para o vidente Pedro Regis: “Satanás conseguiu espalhar seus erros por toda a parte. Até mesmo no interior da Igreja, conseguiu enganar a muitos, fazendo-os abraçar os errôneos ensinamentos, como os da teologia da libertação, e negar aquilo que prega o sucessor de Pedro e vigário do Meu Filho, o Papa João Paulo II. Se a humanidade não se voltar a Deus pelo caminho da conversão…”

  29. A comunidade religiosa assistiu atônita os seus políticos de estimação apoiarem movimentos que desmoralizaram os cristãos. Militantes nas portas das igrejas enfiando crucifixo no anus, vagabundas comunistas simulando aborto no altar e tantos outros exemplos que nos deixam pasmos com esses apoios que alguns bispos insistem empurrar goela abaixo dos seus fiéis. Por esse e outros motivos a comunidade católica encolhe a cada dia. Deus tende piedade de nós.

  30. Se Bolsonaro tropeçar numa pedra e abrir um buraco no chão, acabando por encontrar o Santo Graal enterrado em solo brasileiro, a CNBB vai lançar uma nota pública criticando-o, seja por ferir a pedra, destruir o solo ou por ter encontrado a relíquia sem a ajuda de especialistas e cientistas.

    Nada do tipo me surpreende, se qualquer sujeito que não seja esquerdista ou isentão fazer algo, esse algo é ruim por razão de ser.

  31. A matéria é tendenciosa e tenta denegrir a imagem de um digno representante de Deus.
    Conheço Dom Walmor bem mais de trinta anos e sei de seu posicionamento perante o que é certo e errado. Por outro lado não tivemos em nosso País nenhum governo mais voltado para o bem do povo do que o período Lula. Independente de ações de falcatruas veiculadas pela, a sua grande maioria não passam de Débeis conjecturas, deveremos em primeiro lugar respeitar as instituições e seus representantes, senão nós nivelaremos por baixo. Paulo Fernando Thomaz.

  32. Pela sua FALA não precisa DIZER mais nada.
    NOSSA IGREJA como NÓS SABEMOS tem um dono e está sempre a posto.Voces podem tentar enganar o povo; Más a ele NÃO..As portas do INFERNO NÃO PREVALECERAM SOBRE ELA sobre ELA…

  33. Isso é uma vergonha para nós católicos. Eu como médico católico repúdio do fundo do meu coração essa canalhada. Antônio Sérgio da Silva grangeiro

Trackbacks

LEIA ANTES: os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição de Fratres in Unum.com. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. O espaço para comentários é encerrado automaticamente após quinze dias de publicação do post.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s