Grupos de pressão se articulam em apoio aos bispos petistas.

Por FratresInUnum.com, 29 de julho de 2020 – Os católicos do país estão acostumados a ver movimentações eclesiásticas estranhas sem entender qual exatamente é a sua fonte. Os leigos não entendem nada, mas continuam assistindo coisas esquisitas acontecerem e não sabem exatamente o que fazer.

REDES SOCIAIS: das “Tias do Zap” aos Heróis da Resistência

Padres de esquerda em sua versão “tias do zap”.

Desde a eleição de 2018, quando a esquerda perdeu o protagonismo do debate político público, os grupos progressistas se confinaram em seus próprios círculos de debate, tentando encontrar meios para pressionar tanto a sociedade quanto a hierarquia da Igreja e, para isso, utilizam o mesmo método: lançam alguma provocação agressiva, a qual é posteriormente endossada por grupos de pressão, que publicam notas que só eles mesmos leem, mas que, multiplicando-se, criam a narrativa de um consenso absoluto, de uma aprovação oriunda, por assim dizer, de toda a humanidade.

Um exemplo claro disso foi a afrontosa e criminosa declaração do Padre Edson Adélio Tagliaferro, da Diocese de Limeira, que acusou numa homilia todos os eleitores do presidente da república de pecado e chamou-o, na sequência, de bandido. O padre não apenas se excedeu – como declarou a diocese posteriormente, minimizando a sua ação –, mas realmente cometeu calúnia grave e poderia ser processado por isto.

A metodologia posterior foi rigorosamente a mesma: o fato foi noticiado pela grande mídia e explodiu em sites de esquerda; em seguida, surgiu uma “repreensão” moderadíssima do seu bispo, que tomou distância daquele ato e pediu desculpas, apenas para evitar qualquer medida processual contra a diocese; depois, vieram as notas de apoio de diferentes grupos de esquerda, especialmente de um grupo autointitulado “Padres da caminhada”, um de grupo de padres da Teologia da Libertação que se articulam em todo o Brasil. Neste vídeo, o Padre Edson Tagliaferro agradece a cada um dos grupos apoiadores, citando, inclusive, este grupo de pressão, os “Padres da Caminhada”. A última versão da carta de apoio conta com 512 signatários, número irrisório, considerando-se que temos 27 mil padres no Brasil (mas que pode ser útil para traçar um mapa de onde se esconde o clero progressista brasileiro).

Agora, com a nota apócrifa escrita pelos bispos petistas e publicada à revelia da CNBB, o protocolo foi o mesmo: primeiro, a carta “vazou” na grande mídia – no caso, em nada menos que na Folha de São Paulo; depois, a CNBB tomou distância oficiosamente e, agora, começam a aparecer os apoios dos grupos de pressão.

O grupo “Padres da caminhada” está organizando um abaixo-assinado em apoio à Carta dos bispos petistas, obviamente com o objetivo de engrossar o coro e se articular ainda mais. É interessante notar como querem pegar números celulares de padres para aumentarem grupos de WhatsApp, a fim de afinarem a articulação e fazerem pressão simultânea sobre o episcopado, para puxá-los para a esquerda de modo cada vez mais declarado. Seria a versão “cebísta” das estigmatizadas “tias do zap”?

Outras organizações, também minoritárias e irrelevantes, lançam notas de apoio, como o Conselho Nacional do Laicato, o Conselho Justiça e Paz, o Centro Nacional de Fé e Política, o Núcleo de Estudos Sócio-Políticos, para dar impressão de endosso popular e criar aquela atmosfera de encorajamento totalmente artificial.

O problema dessas manifestações é que todas acontecem em um clima de segredo, quase como o de uma “sociedade secreta”, propiciado por pessoas que se sentem ameaçadas e estão acuadas, por não terem nenhuma conexão com a população real. O povo, por outro lado, nem se dá conta dessas manifestações; ao contrário, quando fica sabendo de algo, é com muita estranheza que o sabe e não se sente minimamente incluído em nada disso.

Em outras palavras, essas articulações são internas e de grupos que se comunicam entre si e falam apenas para si mesmos. Podem surtir algum efeito sobre a Conferência Episcopal, mas será sempre para a sua própria desmoralização social, pois o povo brasileiro está caminhando para outra direção. Este é um triste espetáculo de se ver: um grupo de padres idosos idealistas, que nunca saíram do “maio de 68” e estão no crepúsculo de suas vidas, aprisionados em seu próprio delírio.

Desgraçadamente, esses senhores apenas desmerecem a imagem da Igreja Católica no Brasil, já definhando pelo abandono em massa dos fieis, acelerado muitíssimo por esta epidemia, e que agora ainda tem de assistir tão deplorável psicose coletiva.

Tags:

27 Comentários to “Grupos de pressão se articulam em apoio aos bispos petistas.”

  1. Oremos pelos sacerdotes! Há quanto tempo precisam de oração diante dos enormes ataques de Satanás e quase não há leigos que orem por eles? Muitos leigos caíram no puro ativismo e esqueceram que a oração é o principal, perderam a fé sem perceber. Agora é urgente retomá-la!

  2. Boa tarde. Realmente muito triste. Temos que fazer nossa parte e pressioná-los. Não podemos deixá-los conseguir seus objetivos nefastos. Que Deus nos proteja!

  3. Dos supostos 152 bispos, somente apareceram 126 em uma lista também clandestina. Destes 126 restantes um “ bispo “ firmante era somente um padre infiltrado; outros 23 são bispos eméritos, aposentados, sem diocese a apascentar. Restaram, então, 102 bispos, ou seja 1/4 dos existentes. Eles estão minguando e como cães atormentados pelo desprezo do Povo de Deus só lhes resta ladrar, bem baixinho, é verdade.

  4. O mal faz muito barulho, porque sabe que o bem vence sempre….
    Não percamos tempo preocupados com o mal.
    Façamos e divulguemos somente o bem, que o mal se extinguirá por si só!
    Deus está no comando, sempre.

  5. Leiam o livro já traduzido para o português: Resistência, de Michael Voris. Conta como os comunistas se infiltraram no cerne da Igreja com o único objetivo de destruí-la por dentro. Nada mais demoníaco.

    • Marcos …conheci um padre oriundo da Bulgária e ele estava no seminário quando os comunistas se infiltraram na igreja e não levou muito tempo eles dominaram praticamente toda região da Europa e depois de tomado o poder eles começaram a perseguir a igreja. Foi no tempo da construção do muro de Berlim.. Ele fugiu para a Alemanha ocidental e se tornou padre e logo veio para o Brasil.Ele falava pra nós que o PT iria fazer a mesma coisa.Hoje ele é falecido…

  6. Os lobos também tem seus rebanhos .São os apostatas…. Que triste ver isso .
    Não baixemos a guarda! Essa batalha é contra o inimigo de Deus . Lutemos !
    São Miguel Arcanjo, combatei Rogai por nós!!
    Salve Maria Santíssima!
    Pelo fim do comunismo no Brasil e no mundo.

  7. Estes bispos petistas não representam a igreja católica!!!

  8. A ‘devoção’ ao socialismo/comunismo, ateu e genocida, é a mais grave doença coletiva da alma humana. Acomete qualquer um, e não há perfil preferencial conhecido – está entre parentes, amigos e colegas de trabalho, e são raros os casos de cura. Só o Deus Eterno pode libertar dessa prisão do pensamento, que, ao olhos do ‘doente’, é sua ‘iluminação’ e ‘libertação’.

  9. É triste ver que Sacerdotes que deviam promover o bem e levar a mensagem de Cristo ficam fazendo política e promovendo a discórdia. Todos deviam ser excomungados , mas isso não irá acontecer , porém poderiam divulgar os nomes desses rebeldes do compromisso feito diante da Cruz .

  10. Que tristeza ver a Igreja infiltrada por esta ala de padres comunistas, “idosos idealistas aprisionados em seu próprio delírio”, como escreveu o articulista. Senhores já no crepúsculo da vida que deveriam estar pensando na bem aventurança eterna, mas preferem trocá-la por ideologias satânicas. Ai daqueles que não se arrependerem!

  11. Muito decepcionado com irmãos no ministério sacerdotal que ao invés de gastarem suas energias no anúncio do Evangelho querem defender “direitos” de políticos, seja de direita ou esquerda, que nunca verdadeiramente se preocuparam com o povo pobre do nosso Brasil.

  12. Como cristã católica, brasileira e mãe e avó, rogo a Santíssima Trindade para que a nossa tão amada Igreja Católica Apostólica Romana seja libertada desses padres, bispos, cardeais e quiçá o Papa Francisco e demais integrantes que defendem e atuam como comunistas disfarçados!!!!

  13. Quão reconfortante é recorrer a nossa Santa Mãe, Maria e Seu Imaculado Coração que triunfará e esmagará todas as serpentes do comunismo e da marçonaria infiltradas em nossa Santa Igreja. Louvado seja Deus que estamos sendo libertados dessa geração de teólogos da libertação. Louvado Seja Deus!

  14. Me impressiona o poder do Leonardo Boff dentro da Igreja, ele praticamente lidera uma Igreja paralela.

  15. Optei por colocar minhas filhas em colégio católico por acreditar na importância da Igreja.
    E o q observo, comunistas entranhados (escola e Igreja). Todos so ano vou a Aparecida com esforço para a missa das 9h. Venho de longe e o q escutei na missa de Dom Orlando em um momento sagrado para mim? “A Direita é violenta e injusta”. Isto foi de uma violência absurda! Fui me encontrar com Deus, com Jesus e Maria e escutei esta acusação do altar. No dia de Aparecida descobri q sou “o Dragão do Mal”! Pessoas assim querem nos expulsar da Igreja de Jesus.

  16. Estão enviando aos padres uma mensagem por Whatsapp pedindo apoio a esta “Carta de apoio aos bispos”. Recebi a mensagem que vem com o título: “Reservada ao clero” e vem com um link para assinar online. Fiz a única coisa sensata: apenas ignorei.

  17. Muito já se tem orado por esses Senhores só que eles não querem se converter…
    Como disse o artigo estão.presos em 1968 ..em seu próprio mundo.
    Assim como os Bispos e padres de esquerda estão se articulando, os Bispos e padres de direita e q discordam desse horror TB deveriam fazer o mesmo, porquê sempre temos q aceitar passivamente.?
    Enfim esse artigo é um alerta façam alguna coisa pela amor de Deus …
    Até pastores sérios do meio Evangélico estão se posicionando…contra essa carta horrível..
    # Fica a dica

  18. A Igreja necessita de sacerdotes que oriente os cristãos para o Céu. Padres políticos e com ideologias só têm manchado a Igreja Católica, manipulado os fiéis e denegrido a beleza do sacerdócio. Precisamos rezar, jejuar e nos mortificar pela nossa Igreja. São Miguel Arcanjo combatei e rogai por nós!

  19. Deixem a Igreja em paz, vcs que perderam a fé ou nunca a tiveram. Pelo menos Ela lhes dá de comer.

    Peçam a fé! Ajolhem-se e peçam a fé! Toda essa amargura vai lhes sair da alma.

  20. Pessoal,
    Um novo Cisma está às portas, que será consumado no afastamento geral do Evangelho e da verdadeira fé. Somente um cego espiritual não vê que há um CISMA em curso que logo logo será aberto e proclamado.

    As autoridades católicas estão recusando a Santa Tradição, a Sagrada Escritura e o autêntico Magistério da Igreja. Pior. Às escondidas, a sinagoga de Satanás (Ap 2,9) prepara um NOVO RASGÃO NA TÚNICA UNICA DE BRANCO (CISMA). A apostasia se difunde sempre mais na Igreja. 99% das heresias católicas foram difundidas por religiosos e não por leigos católicos.

    Na Igreja, entrará o homem INÍQUO, que se opõe a Cristo e que levará a seu interior a abominação da desolação, dando cumprimento a profecia de Daniel (Mt 24-15). Tal abominação consistirá na supressão do Sacrifício Eucarístico: FIM DA MISSA!

    Também estou de olho. Pertenço à Arquidiocese de Belo Horizonte (MG), governada pelo presidente de CNBB, auxiliado diretamente por Dom Mol. A eleição do novo presidente da CNBB (Dom Walmor) foi um desastre para a fé católica no Brasil. Senão, vejamos: Belo Horizonte está na contramão da linda e rica história das construções das Catedrais Católicas. O arcebispo de BH (D. Walmor Azevedo), atual presidente da CNBB, só está interessado no seu projeto FARAôNICO: a construção da nova Catedral Cristo Rei (verdadeira Torre de Babel). Detalhe: o arquiteto da futura catedral dos mineiros é o COMUNISTA ateu Oscar Niemeyer. Na maquete da catedral é possível constatar a olho nu dois símbolos tradicionais do COMUNISMO: a FOICE e o MARTELO. A foice está no lado esquerdo e o martelo encontra-se no lado direito (de cabeça para baixo). Basta visualizar no site abaixo:
    http://www.catedralcristoreibh.com.br/catedral.php

    E para piorar a situação, o braço direito de D. Walmor é o D. Mol que, no exercício de suas funções, quer como Reitor da PUC-Minas, quer como Bispo Auxiliar de Belo Horizonte-MG, com graves prejuízos morais para a Igreja local. Quem não ficaria perplexo ao tomar conhecimento dos seguintes artigos noticiados pela internet, no seguinte endereço eletrônico:

    Na Portaria da PUC-Minas (R/Nº 021/2015, de 30/03/2015, Dom Mol introduziu o “Nome Social” (Ideologia de Gênero) na comunidade acadêmica da PUC Minas, agindo como se fosse Dom MOLOC, o “deus das moscas”.

    Nota: o Papa Francisco reiteradamente condenou a “Ideologia de Gênero”, por negar a Dignidade de todo o Ser Humano ao afirmar que ninguém nasce homem ou mulher, mas que cada indivíduo deve construir sua própria identidade.” (Audiência papal de 15/04/2015).
    Fonte: http://www.pucminas.br/imagedb/…/DOC_DSC_NOME_ARQUI20150408160853.pdf

    A PUC-Minas, organizou o evento III Ciclo de Debates do Grupo Interdisciplinar de Pesquisas Feministas (GPFEM), em 05/04/2016 (com ênfase na Ideologia de Gênero), cuja conferência de abertura ficou a cargo da professora Rita Laura Segato, militante de renome a favor da cultura da morte (aborto), exatamente o contrário do que o Papa Francisco expôs a esse respeito.
    Fonte:
    http://www.pucminas.br/informativo/unidades/materia.php?codigo=1188&materia=19808&PHPSESSID=604c96a30589ceb9a34540cc56bc1c31
    http://ipco.org.br/ipco/escandalo-internacional-puc-minas-promove-ideologia-de-genero-em-evento/#.V8tWu1srLcs

    Neste artigo, ele critica o pedido de Impeachment de Dilma formulado pela Ordem dos Advogados do Brasil-OAB.
    Fonte:
    http://epoca.globo.com/tempo/expresso/noticia/2016/03/integrante-da-cnbb-critica-pedido-de-impeachment-de-dilma-protocolado-pela-oab.html

    Dom Mol manifesta apoio ao reitor da PUC Goiás, Wolmir Therezio Amado, filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT). Nota: o PT é o único partido político brasileiro que prevê no seu estatuto a defesa do Aborto (Cultura da Morte), inclusive expulsou dois Deputados federais: Luiz Bassuma (autor do Estatuto do Nascituro), do PT da Bahia e Henrique Afonso, do PT do Acre, por defenderem a Cultura da Vida e serem contra a legalização do aborto, bandeira do PT.

    Neste vídeo, Dom Joaquim Mol discursa no carro da CUT rotulando de “golpistas” os políticos favoráveis ao Impeachment da Dilma (07/09/2016, em Belo Horizonte).
    Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=8GBH6BnVdmA

    NESTAS CONDIÇÕES, penso que as autoridades da Igreja deveriam agir de duas, uma:
    Ou o Vaticano retira o caráter Pontifício e Católico da PUC-Minas (direito de uso dos títulos de Pontifícia e Católica), por grave prejuízo para o interesse da Igreja em virtude das diferenças ideológicas entre o Reitor e professores em relação às posições da Igreja em diversas matérias (ideologia de gênero, comunismo…)
    Ou faça mudanças na Universidade, adotando as orientações da Igreja contidas na Constituição Apostólica Ex Corde Ecclesiae.
    Finalizo com as frases sempre atuais:
    – “os filhos das trevas são mais espertos que os filhos da luz” (Lucas 16:8).
    – “Os corredores do inferno estão pavimentados com crânios de bispos” (São João Crisóstomo)

    Moral: “Os leigos salvarão a Igreja”, segundo as proféticas palavras do venerável Fulton Sheen.

    São Atanásio, rogai por nós!

    • Renato, é sempre bom lembrar dessas coisas, ainda mais agora, que algumas figuras aparecem aqui fingindo que coisas como essas não acontecem nem nunca aconteceram.

  21. Vinde,Senhor Jesus!

  22. Lamentável demais. Não podemos cair nessa conversa. Isso é um absurdo, e só um despeeparado não enxerga a orquestração por trás disso tudo. Oremos!

  23. Seja do grupo PC ou TL ou CNBB, é bom estudar a sã Doutrina da Igreja: EXCOMUNHÃO – Todas as pessoas que apoiam, votam ou participam de Associações ou Partidos Políticos COMUNISTAS ou Socialistas, ficam automaticamente excomungadas, conforme o CDC-Canone 1364 e CIC-Artigo 2425.