Na festa de São Miguel Arcanjo.

Sancte Michael Archangele, defende nos in praelio…

Leão XIII escreveu ele mesmo essa oração. A frase [os demônios] “que vagam pelo mundo para perdição das almas” tem uma explicação histórica, que nos foi referida várias vezes por seu secretário particular, Mons. Rinaldo Angelo. Leão XIII experimentou verdadeiramente a visão dos espíritos infernais que se concentravam sobre a Cidade Eterna (Roma); dessa experiência surgiu a oração que quis fazer rezar em toda a Igreja. Ele a rezava com voz vibrante e potente: o ouvimos muitas vezes na basílica vaticana. Não somente isso, mas que escreveu de seu próprio punho e letra um exorcismo especial contido no Ritual Romano (edição de 1954, tít. XII, c. III, pp. 863 y ss.). Ele recomendava aos bispos e sacerdotes que rezassem freqüentemente esse exorcismo em suas dioceses e paróquias. Ele, por sua parte, a rezava com muita freqüência ao longo do dia.

(Cardenal Nasalli Rocca, Carta Pastoral para a Quaresma, Bologna, 1946, apud Boletim Sacrificium, ano I, volume I, número 28)

Sancte Michael Archangele, defende nos in praelio, contra nequitias et insidias diaboli esto praesidium: Imperet illi Deus, supplices deprecamur, tuque, Princeps militiae caelestis, satanam aliosque spiritus malignos, qui ad perditionem animarum pervagantur in mundo, divina virtute in infernum detrude. Amen.

7 Comentários to “Na festa de São Miguel Arcanjo.”

  1. A festa de São Miguel Arcanjo merece ser celebrada com maior atenção nos dias de hoje, pois estamos em tempos marcados por uma maior atividade satânica e demoníaca!!! Deus tenha misericórdia de nós. Prova disso é o aumento do número de casos de exorcismos. Infelizmente no Brasil, não há entre o clero uma cultura de praticar exorcismos, deixando os fieis atormentados pelo demo a cargo de padres carismáticos que só sabem rezar missas de libertação, mas não sabem rezar o ritual de exorcismo sobre as pobres almas vítimas do cão!

  2. Hoje, 29/09, efusivamente celebramos a festa em honra a São Miguel Arcanjo, é antiquíssima, pois já no séc. V, celebravam, em Roma, nessa data, o aniversário da dedicação de uma basílica em honra do Arcanjo S. Miguel; no entanto, posterior à reforma litúrgica efetivada pelo Concílio Vaticano II, acrescentou-se a memória de outros Arcanjos e de “todas as potências incorpóreas”.
    Assim, honramos os Arcanjos, exaltamos o poder de Deus, Criador do mundo visível e invisível, rezado no Prefácio da Missa de hoje: “É a Vós que glorificamos, ao louvarmos os anjos, que criastes e que foram dignos do vosso amor. A admiração que eles merecem nos mostra como sois grande e como deveis ser amado acima de todas as criaturas”.
    Conclameno-nos a empreender o bom combate, apressando o Reino de Deus, oferecendo nosso humilde tributo, então contemplaremos a Misericórdia que abriu os céus e veio morar entre nós, partilhando a sua intimidade e introduziu-nos no seu Reino, para que, tornados vozes de todas as criaturas, cantemos eternamente, com o coro angélico, a glória de Deus!
    “Sancte Michael Archangele, defende nos in praelio, contra nequitias et insidias diaboli”, o qual conhece a fundo nossas naturezas em seus pontos mais fracos – explora-os a fundo – podendo levar-nos à perdição e, sem sua constante invocação e sua eficaz proteção, podemos ser presas fáceis do Tentador!

  3. Aproveitando o tema do exorcismo, vejam esta entrevista com o saudoso Pe. Gabriele Amorth.
    Pe. Amorth e o exorcismo: como se defender do diabo
    https://youtu.be/4qEm4e65rnk

    • No vídeo que eu partilhei, tem na descrição do mesmo um resumo da entrevista em português para quem tiver dificuldades de compreender italiano.

  4. Aproveitando a festa de São Miguel Arcanjo, gostaria de divulgar o Exorcismo de Leão XIII em latim. Vejam!

    Exorcisme de Léon XIII (version latine)

  5. “Ele recomendava aos bispos e sacerdotes que rezassem freqüentemente esse exorcismo em suas dioceses e paróquias.”

    Que essas palavras possam ecoar e mover os corações dos bispos e sacerdotes, pois o combate espiritual, a guerra espiritual em que a Igreja está não é somente para os leigos, é, de modo especial para os bispos e sacerdotes, que têm o poder de exorcizar. “Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares.” (Efésios 6, 12)
    O poder do exorcismo é real e benéfico, porém, é preciso que os bispos e padres tomem consciência disso, pois muitos fieis necessitam de libertação das forças do mal.

  6. Hoje, 02 de outubro, é memória dos Santos Anjos da Guarda! No Brasil, essa devoção foi durante muitos anos, de certa, forma esquecida. Graças a Deus, os católicos estão resgatando essa devoção. Que nós possamos aprender a ter um relacionamento pessoal com o nosso anjo da guarda.