Eles entenderam! – A instrumentalização do Cristo Redentor que beneficiou a causa homossexual.

Por FratresInUnum.com, 13 de maio de 2021 – Em nosso artigo de ontem, expusemos a gravidade do que ocorreu na noite da última terça-feira: a Missa de 7º dia que acabou sendo palco para a ostentação da causa homossexual.

Não demoraram a aparecer alguns comentários nas redes sociais que corroboraram largamente a nossa observação. Recebemos em nossa redação estes prints de alguns tweets na tarde de ontem e, pela sua eloquência, parece-nos importante ressaltá-los.

print1

print2

print3

print4

Em outras palavras, enquanto na Arquidiocese do Rio de Janeiro todos disfarçam que não aconteceu nada e rezam para o vexame passar logo, os verdadeiros beneficiados pela irresponsabilidade dos padres não escondem o significado real do gesto sacrílego realizado.

O problema, na verdade, é ainda mais profundo: como a Arquidiocese de Rio de Janeiro vai reparar o escândalo causado? Com uma mera nota explicativa ou de retratação? Como uma nota plácida irá reparar um absurdo cometido em cadeia nacional, fartamente visto e compartilhado? Há como desfazer os sacrilégios cometidos e o uso de todo o evento como um momento histórico de avanço da cultura homossexual?

A utilização da Santa Missa e do Cristo Redentor como palanque do movimento homossexual é qualquer coisa de irreparável e os responsáveis por isso terão de se ver com a justiça divina. É triste, é lamentável, mas a ansiedade por serem capelães do Projac cegou o bom senso desses clérigos e atirou a Igreja na lama, levando ao escândalo milhares de fieis.

Precisamos fazer muitos atos de desagravo diante de Deus e de sua Mãe Santíssima. Que Ela se compadeça de nós e intervenha logo nessa crise tão dramática da Igreja. Somente um socorro do céu poderá estancar esta sangria, reparar a honra de Deus, castigar os pecados dos homens e trazer ao mundo um tempo de paz.

20 Comentários to “Eles entenderam! – A instrumentalização do Cristo Redentor que beneficiou a causa homossexual.”

  1. E D. Tempesta o que vai dizer? Favor resposta com a doutrina da IG. CATOLICA Apost. ROMANA. Táoquei?

  2. Ué!?

    A Igreja católica sempre acolheu e deu oportunidade aos gays, inclusive para trabalhar. Basta ver quantos pintores, músicos, escultores, eruditos etc etc etc eram ou pareciam ser homossexuais e trabalharam a vida inteira, felizes e agradecidos, graças à oportunidade que a Igreja católica lhes deu! Isso é história.

    A Igreja é para todos. O que cada um vai fazer a partir disso, já é outra estória. Ao clero cabe zelar pela boa condução das “oportunidades”. Bateu na porta é bem-vindo. O resto se chama: fidelidade ao Evangelho e à própria Igreja.

    Acontece é que a cartilha furbesca e carnavalesca anti-católica quer fazer da Igreja a grande vilã, a grande maldita, a grande opressora. “A Igreja sempre perseguiu blábláblá”. Será mesmo…? Não podemos dar argumento aos inimigos. Eles fazem de tudo para tornar a Igreja odiosa e fazerem valer o calaboca e o vaiembora que querem impor.

    • Quem comete pecado mortal não pode comungar sem antes se confessar e posta se confessar é preciso renunciar ao pecado. O pecado nunca pode ser chamado de virtude. Isso serve pra QUALQUER pecado e a prática homossexual é pecado.
      Todo mundo é tratado exatamente assim na Igreja.

    • Zuccaro, dito Alberto.

      Quem falou em comunhão?
      Quem disse que não é pecado?

      Sabe o que é donatisno? Jansenismo?

      Leia o que foi escrito e tente entender. Compre umas canetinhas e faça um desenho. Faça um desenho de alguém com sede que se aproxima da fonte da vida.

      O bem que a Igreja pode fazer às pessoas é imenso. Seu poder de influência, descomunal. Ela certamente se valeu disso trilhões de vezes para vencer o pecador. Se vc acha que o mal pode vencer o bem, é melhor repensar os seus medinhos.

      Eu? Eu só temo a ira de Deus… Nunca tive medo de nada. Já enfrentei todo tipo de diabo fazendo apostolado. Meus pais me ensinaram a desprezar e ignorar o medo.

  3. Conseguiram juntar um pecado que brada aos céus (o homossexualismo), com um pecado contra o Espírito Santo (a presunção de salvar-se sem merecimentos). E tudo ‘temperado’ ainda com sacrilégio, heresia e escândalo.
    Santo Deus! Que Nossa Senhora de Fátima apazigue a cólera divina por nós!

  4. Vou falar para o meu pai que é maçon ir nesta missa aí do CVII, porque é lá que ele vai encontrar os seus amigos que tanto querem sodomizar o planeta.

    Conseguiram – a estrutura que se infiltrou dentro da Igreja, em transformar o que era a porta do céu, em uma máquina de perdição e condenação eterna.

  5. Olha sem palavras , apenas desagravar …
    As justificativas da arquidiocese pouco importam agora !
    A me…tá feita.
    Q Deus nos ajude! imploramos sua misericórdia! Triste 😢

  6. Li que Nossa Senhora disse a um vidente: as almas caem como chuva no Inferno. Ver para crer??

  7. O portal de notícias Lifesite News publicou um artigo interessante com um breve histórico de como o movimento LGBT foi conquistando poder de intimidação nos EUA.

    Fica aqui a sugestão, caso a equipe do Fratresinunum possa traduzi-lo para nós.

    Segue o link do artigo:

    https://www.lifesitenews.com/opinion/the-lgbt-movements-destructive-history-and-legacy

  8. D. Orani, padre Omar, padre “Jorjão”, que vergonha. Planejaram tudo, sabiam de tudo que iria acontecer, não há desculpas ou justificativas para esse escândalo. Esses aí adoram uma mídia, quem mora no Rio sabe disso: são carnavalescos, com presença nas quadras das escolas de samba, são adeptos de uma boa “feijoada” de São Jorge (ogum), gostam muito de aparecer em jornais televisivos (Globo & cia), eventos políticos (com a politicagem), são presença confirmada nos casamentos de famosos, enfim, etc, etc, etc… Rezemos por eles e por todo o clero, pedindo que o Espírito Santo os esclareça e nos ilumine, rezemos em desagravo por estes atos blasfemos cometidos contra o Santíssimo Sacramento.

  9. Junte-se a tudo isso a coincidência em que a data e horário da morte do ator e da estreia da sua peça mais famosa são exatamente as mesmas. Não costumo acreditar em coincidências, mas corre-se o risco de usarem isso para uma canonização ou uma espécie de culto posterior.
    Os tweets citados também mostram sacrilégio da parte de quem os escreveu. Igualar qualquer ser humano a Jesus? E com o pleno aval da igreja???
    Que fosse feita uma homenagem a ele em outro lugar, como num teatro, ou outro espaço aberto, deixando a religião fora disso, aí tudo bem. Mas aquilo tudo foi um show, uma heresia, tudo menos uma missa.

  10. Bom….Nihil novi sub sole…
    Conhecendo bem o clero dessa Arquidiocese como conheço, pois fui seminarista, e com a graça do bom Deus sai, e, infelizmente ou felizmente os antigos sacerdotes como um Mons. Maurilio César de Lima, Deus já os levou…, é tudo previsível. O Seminário sempre foi um antro dessas coisas. Alguns sacerdotes fazem festas, que nec nominetur in nobis…
    No tempo do Glorioso Pio XII, esse Cardeal e esses Padres seriam suspensos… e deveriam ir para as masmorras do Castelo Sant’Angelo.
    Creio que nem no tempo do Cardeal Dom Eugênio se faria algo do tipo. Ele poderia ter muitos defeitos, e tinha, mas isso, e deixar imagens sagradas serem profanadas no carnaval, jamais acontecia. Sempre brigava na justiça.
    Rezemos para reparar, e esperemos o castigo que virá, pois foi algo gravíssimo.
    Que a Santíssima Virgem nos acuda.

  11. É repugnante, mas foi antevisto.
    Do liberalismo à apostasia.
    Viva Dom Marcel Lefebvre e sua obra de máxima caridade, a FSSPX, para onde ainda podemos correr!
    Viva Nossa Senhora de Fátima, que alertou seus filhos para a tragédia 100 anos atrás!

  12. Acho curioso a ingenuidade de alguns em achar que a Arquidiocese do Rio de Janeiro irá reparar alguma coisa, retratar ou emitir alguma nota explicativa ou coisas do gênero.
    Não vai acontecer nada, absolutamente nada. Vão ficar calados e calados ficarão, pois esta é a cara da Igreja de Bergoglio, a Igreja do Politicamente Correto, do sambão, da pachamama e do showmissa. Só falta padreco com chapéu de cowboy.
    O silêncio é a demonstração clara do apoio cardinalício, pois sabem que a reprovação dos católicos está contida nas orações contritas que todos eles, os verdadeiros, fazem no interior das suas casas todos os dias e todas as noites pedindo em desespero à N.S. de Fátima providências contra tais blasfêmias.

  13. Ai daqueles que cometerem escândalos… Isso ressoa em nossas mentes quando vemos cenas desse naipe acontecendo de forma solene e desbragadamente ao vivo e à cores. De fato, como disse Nossa Senhora em La Salette, a Igreja seria ‘eclipsada’… e são esses fatos que demonstram que a anti-igreja está aí, firme e forte, levando muitos escândalos para uma sociedade desorientada, sem luz e sem farol, cuja Igreja Católica detinha a missão única e divina… Maranatha, vem, Senhor Jesus!

  14. O escândalo provocado por um famoso católico e conhecido por muitos, por ex., não chega a escandalizar profundamente as pessoas, mesmo as devotas e fiéis à Igreja quando um muito pior e praticamente irreparável ainda é praticado em conivência com as autoridades hierárquicas, permitindo-o à vista de talvez milhões de telespectadores!
    Infelizmente, o falecido Gustavo Lima era um pecador público, ostensivo sodomita, possuía muitos seguidores na sua arte de fazer sorrir, mas negar que seus comportamentos particulares não influenciavam de alguma forma negativamente é negar o óbvio e não merecia as exéquias que lhe foram devotadas como se fosse um militante católico altamente qualificado e exemplar!
    Neste nosso tempo relativista em que o mal é incensado e o bem é tachado de mil e uma deficiências e defeitos, o versículo a seguir nunca foi tão atualizado, recordando: “Ai daqueles que ao mal chamam bem, e ao bem, mal, que mudam as trevas em luz e a luz em trevas, que tornam doce o que é amargo, e amargo o que é doce! Is 5,20.
    O ato blasfemo pelo descalabro já sucedeu: o GLBTismo e os globalistas maçonistas antecipadamente agradecem – estão silentes, como prova de anuência ao desastre!

  15. Esse senhor Jordão fez palanque mitreiro, só isso. Ele papagaiou os grandes temas da pregação bergóglica com evidente intuito de fazer bonito para algum olheiro ou burocrata da congregação dos bispos.

    Logo mais, vai mandar traduzir em 5 idiomas o seu discurso palanqueiro pra rodar no youtube. O palco, de visibilidade mundial, ele teve à disposição e serve apetitoso de chamarisco.

    O que Jorge já devia saber à essa altura do segundo tempo é que um cardeal faz bispo. Se o mortificado asceta e monge Frade Tempesta o quisesse enchapelado, ele já o teria feito.

  16. Fica sempre aquela questão, que a pessoa deve sempre se perguntar: Você está em comunhão com o quê e com quem?

    A Unidade de Fé e a Visibilidade da Igreja necessariamente exigem uma coerência de atos e obras também públicas e externas. Sem obras, a Fé é morta, a Igreja não fica visível, logo não fica identificável pelos fiéis.

    Ora, onde está a Igreja visível, a unidade de fé e a coerência de obras?

    Os fiéis têm um imenso conjunto de mandamentos aos quais necessariamente devem praticar e defender, porque se os preceitos são deixados de lado, é claro que a Fé termina.

    Não adianta nada, meu amigo, fazer parte de uma falsa Igreja, sem um mínimo de coerência em suas práticas.

    A Fé não se professa só com a boca, mas também em atos, as obras da Fé.

    “O fiel deve agir em coerência com a sua Fé”, disse-me um padre.

    A defesa do pecado é heresia!

    E heresia excomunga do corpo e da alma da Igreja. E a excomunhão priva de Ofício eclesiástico.

    “Ao herege, nem se cumprimenta.”. O fiel sabe o que isso significa, não precisa dizer…

    Para registrar:

    Conheço um caso concreto em que a sepultura eclesiástica e o Sacramento da Comunhão não foram administrados a uma mulher idosa, porque ela vivia em adultério público com um homem, mesmo ela tendo câncer. Para ela e seus familiares, a Igreja rezou, e recomendou rezar, de outra maneira.

    A Missa não é uma manifestação artística, cultural ou folclórica, nem uma Homenagem a ninguém. Ela é um sacrifício oferecido em sufrágio. Por isso, em determinado tempo, um padre de onde moro condenou que os fiéis deixassem os anúncios públicos de Missas de 7º dia serem intitulados como “Missa de 7º dia em homenagem a fulano etc”. Exigiu que somente fosse veiculado o anúncio intitulado “Missa de 7º dia em sufrágio da alma de flano etc”.

    Essa falsa Igreja que conheceis não sabe mais o que é Missa!

    Estamos no tempo do cumprimento da profecia:

    “Mas se não me escutardes e não guardardes os meus mandamentos, se desprezardes os meus preceitos e vossa alma aborrecer as minhas leis, de sorte que não pratiqueis todos os meus mandamentos e violeis minha aliança, eis como vos hei de tratar: enviarei terríveis flagelos sobre vós: a tísica e a febre que enfraquecerão vossa vista e vos farão desfalecer. Debalde semeareis a vossa semente, porque vossos inimigos a comerão. Voltarei minha face contra vós e sereis vencidos pelos vossos inimigos: eles vos dominarão, e fugireis sem que ninguém vos persiga. Se nem ainda assim me ouvirdes, castigarei sete vezes mais pelos vossos pecados. Quebrarei o orgulho de vosso poder, tornarei o vosso céu como ferro e a vossa terra como bronze. Inutilmente se gastará a vossa força, pois vossa terra não dará os seus produtos, e as árvores da terra não produzirão os seus frutos. Se me puserdes obstáculos e não quiserdes ouvir-me, vos ferirei sete vezes mais, conforme os vossos pecados. Mandarei contra vós as feras do campo, que devorarão vossos filhos, matarão vossos animais e vos reduzirão a um pequeno número, de modo que os vossos caminhos se tornarão desertos. Se apesar desses castigos não vos quiserdes corrigir, e vos obstinardes em resistir-me, eu vos resistirei por minha vez e vos ferirei sete vezes mais, por causa dos vossos pecados. Farei cair sobre vós a espada para vingar a minha aliança. Se vos ajuntardes em vossas cidades, lançarei a peste no meio de vós e sereis entregues nas mãos de vossos inimigos. Quando eu vos tirar o sustentáculo do pão, dez mulheres o cozerão em um só forno e vo-lo entregarão por peso: comereis e não ficareis saciados. Se, apesar disso, não me ouvirdes, e me resistirdes ainda, marcharei contra vós em meu furor e vos castigarei sete vezes mais, por causa dos vossos pecados. Comereis a carne de vossos filhos e de vossas filhas. Destruirei vossos lugares altos e quebrarei vossas imagens do sol; amontoarei vossos cadáveres sobre os de vossos ídolos e minha alma vos abominará. Reduzirei a deserto as vossas cidades, devastarei vossos santuários e não aspirarei mais o suave odor de vossos perfumes. Desolarei vossa terra e vossos inimigos ficarão estupefatos com ela quando a habitarem. Eu vos dispersarei entre as nações, e desembainharei a espada atrás de vós; vossa terra será devastada e vossas cidades se tornarão desertas.” (Lv 26, 14-33).

    O mundo vai saber e vós tendes que saber também quem é o verdadeiro e único Deus. O Santo, o Todo Poderoso!

    A Igreja vai triunfar, mas não é favorecendo o pecado nem relativizando a doutrina da fé. Una, Santa, Católica e Apostólica!

  17. O ator sequer era católico, mas umbandista, como é típico da elite carioca.

  18. Nos anos 90, com o fim da União Soviética, sugeriu-se entre os russos sepultar o cadáver de Vladimir Ilitch Lênin, há décadas exposto à adoração pública na Praça Vermelha em Moscou. Um dos impasses foi a recusa da igreja “ortodoxa” em fazer funeral religioso àquela múmia que foi no mundo uma convincente prévia do Anticristo.

    No Ocidente, e especialmente no Brasil, morre uma celebridade que não tinha o menor cheiro de religião católica, e os padrecos de palco e passeata concorrem para encomendar publicamente o desencarnado a um “céu” e a um “deus” totalmente remodelados pela teologia moderna.

    O Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro a) não sabia? Incompetente; b) sabia? Safado, carreirista… bergogliano.