Igreja politizada num país polarizado e o assassinato de reputação dos bons pastores.

Por FratresInUnum.com, 21 de dezembro de 2021 – A campanha eleitoral de 2022 já começou dentro da Igreja. Uma fonte murmurante nos revelou que teria acontecido uma reunião de bispos com o Lula e que, deste modo, as alianças para o recrutamento das CEBs para a sua campanha presidencial já estariam garantidas. Externamente, o mesmo presidenciável fez uma corrida internacional para garantir o apoio dos representantes do capital estrangeiro: desde as bênçãos do Papa até os hosanas de Macron, tudo está direcionado para impulsionar a eleição do Lula.

francisco lula

Francisco: “A Luiz Inácio Lula da Silva, com minha benção”.

Já nas eleições de 2018, todos perceberam a importância do voto religioso. A ascensão de Bolsonaro à presidência não teria acontecido sem a expansão das comunidades pentecostais e a adesão de parte significativa do eleitorado católico, farto do progressismo da teologia da libertação. A esquerda percebeu isso e agora vai tentar neutralizar.

Há meses padres conservadores têm sido observados pela ala progressista da Igreja através das mídias sociais, especialmente quando fazem observações de ordem política. Recortes de vídeos e áudios, fotografias, postagens, tudo é minimamente analisado para operar-se uma perseguição que, na aparência, tem natureza moral, mas, na verdade, é de ordem política. Movem-se os aparelhos do jornalismo engajado para criar-se uma narrativa escandalosa como justificativa para o assassinato de reputação de alguém suspeito do imperdoável delito de direitismo.

A prova disso é que há alguns meses circularam vídeos e fotografias de um importante padre esquerdista, queridinho da mídia nacional e dos partidos socialistas, alguém que se promove às custas do assistencialismo e que se beneficia dele inclusive sexualmente, e o resultado foi uma operação de escrupuloso abafamento: a polícia não quis investigar, os meios de comunicação não quiserem noticiar, as autoridades da Igreja não quiseram comentar… Tudo morreu! As fotos existem, os vídeos existem, tudo foi publicado, havia envolvimento de um menor de idade (ao menos as imagens em questão demonstravam isso), mas nada se fez.

Por outro lado, padres e bispos de orientação ortodoxa são inquisitorialmente perseguidos, suas vidas e declarações são revolvidas à extenuação, suas honras são questionadas e a mesma imprensa que encobre abusos dos seus protegidos acusa de silêncio complacente a Igreja que investigou e causou imenso sofrimento nestes homens que nada fizeram senão defender a sua própria vocação e a integridade de suas igrejas e, especialmente, da sua doutrina.

Internamente, o clima de patrulhamento ideológico pela intelligentsia bergogliana tornou mais irrespirável o ar das sacristias que o das mais tiranas ditaduras. Praticamente ninguém mais tem liberdade: todos os padres e bispos não comunistas estão amordaçados e não conseguem mais expressar francamente suas posições sem o medo de serem perseguidos pela longa mão dos seus déspotas hierarcas. Repressão: esta é a realidade da Igreja neste pontificado; repressão que não se inibe nem quando flagrada, repressão que se justifica hipocritamente como isenta, chegando mesmo a dizer, como nas Respostas do último sábado, que não se pretende marginalizar ninguém.

Os fieis precisam estar preparados. Para coibir os católicos e garantir a hegemonia da opinião para o clero esquerdista, o aparelho comunista não poupará esforços e virá contra bispos, padres, movimentos, associações, mosteiros, institutos religiosos, associações, comunidades, com toda a força repressiva, para cancelar completamente não apenas ou seu lugar de fala ou as suas possibilidades de ação, mas até a sua própria existência na Igreja. Eles precisam fazer isso para oportunizarem a recondução de Lula à presidência da república.

Não estranhem se o jornalismo político de esquerda começar a perseguir pessoas da Igreja. Isso já começou e está avançando dia a dia. Precisamos estar atentos!

Tentaram destruir a reputação de Dom Alberto Taveira, arcebispo de Belém. A RCC se levantou e defendeu aquele arcebispo. A crise passou, quando todo o aparato de mídia estava voltado para fuzilar a imagem daquele homem, e hoje sabemos quem são os verdadeiros culpados. Na época, o culpado parecia ser ele; depois, percebeu-se que não. Todavia, o fim dessa história poderia ter sido diferente…

Na hora de defender a fé e condenar os erros modernos, os fieis aplaudem os seus corajosos pastores. Veremos se terão a mesma coragem para defendê-los dos lobos. Numa Igreja politizada e num país polarizado, o assassinato de reputação dos bons pastores, movido internamente pelo clero petista e externamente pelos sequazes do mesmo partido, só pode ser contido pela corajosa defesa do povo. Estejamos atentos e tenhamos os olhos bem abertos!

17 Comentários to “Igreja politizada num país polarizado e o assassinato de reputação dos bons pastores.”

  1. Estamos no final dos tempos !!
    Como leigos engajados e libertos dessa Igreja progressista, temos estar com o Rosário nas mãose defender a nossa fé impedir com todas as nossas forças , a volta desse homem asqueroso…q com certeza será para destruir com nossa religião, e toda a moral católica.
    Temos que nos unir com nossos irmãos. Orar e agir para q o nosso país não caia nas mãos do maligno..
    Que nossa Senhora dos desterro nós ajude …
    Excelente texto …grande alerta !!!

  2. O nível de infiltração e agressividade do clero revolucionário é algo impressionante!

  3. É muito oportuno saber que quem vota em candidatos e em partidos malandros comunistas, caso do PT e seu aliado PC do B e em demais partidos comunistas, apesar do apoio do papa Francisco e dos vermelhos padres TLs da vida, transforma-se automaticamente em excomungado pelos 10 últimos papas antes do Concílio Vaticano II e mesmo S João Paulo II e o saudoso papa hoje emérito Bento XVI não davam trelas a partidos e candidatos martelo e foice!
    Nazismo, comunismo e fascismo = chuvas ácidas
    Nazismo e fascismo = pestes negras
    Comunismo = peste vermelha – Bento XVI e do mesmo: “Um partido sem ética e moral não passa de um bando de malfeitores”, com essa também atacava a demoníaca maçonaria, da qual os comunistas são seus serviçais capachos!
    Além do mais, são partidos oficialmente abortistas e como sabemos, logo que o comunista Fernando Sánchez entrou na Argentina no lugar de Macri o aborto foi aprovado; dessa forma, os eleitores que votaram nele compartilham de todos os abortos promovidos por esse possível ditador comunista, digo isso porque onde entra um governo comunista é muito difícil retirá-lo do poder e comunismo é diabolismo; aqui no Brasil, terra de Santa Cruz, só por meio em especial de orações e complementando, com ações nas ruas foi possível desempoleirar o perverso, sabotador e gatuno PT do poder!
    Voltem a reler as profecias de N Senhora das Graças, em Cimbres, PE, eclosão de uma guerra civil similar à espanhola se não nos convertermos, naquela em que exterminaram cerca de 18 000 padres e alguns bispos, mas aqui a vitória final será da direita, depois de muito sangue mutuamente derramado, supondo eu que os militares não aceitam voltarem os comunistas do PT coadjuvados pela SMARTMATIC senão sabem o que lhes acontecerá de sanguinolentas vinganças!.

  4. Os canhões acabam de se voltar para Dom Antônio Carlos Rossi Keller… Os próximos serão Dom Adair, Dom Fernando Guimarães, Dom Ruy, Dom José Francisco Falcão…
    Os arautos precisam passar a receita de como se livraram.

  5. A Canção Nova noticiou com alegria e entusiasmo que um jovem da esquerda estava eleito como o novo presidente do Chile. A referida rede de televisão disse no seu noticiário que o eleito fez a promessa de combater o neoliberalismo, dizendo isso com muita alegria e que a esquerda voltava ao poder. A repórter, que é professora de jornalismo na Faculdade da Canção Nova não lembrou que foi a esquerda que colocou fogo em varia igrejas no Chile derrubando no chão a sagrada Eucaristia cuspindo nela. As mulheres esfregaram a Eucaristia no corpo , na vagina. Fizeram toda ordem de sacrilégio e depois puseram fogo nas Igrejas. Isso só no Chile. Na Argentina escreveram com tinta preta em letras pretas bem grandes a palavra Lesbianizesse nas paredes de uma igreja. A esquerda não respeita o sagrada e defende o aborto O nome dessa professora jornalista que se entusiasmou svpela eleição de um jovem da esquerda, dizendo isso com todas as letras, se chama Adriana Ferreira

  6. As portas do inferno jamais prevalecerão contra nossa igreja católica, apostólica e romana!! Não tentem; não vão conseguir!!!

  7. Alguém tem que fazer um contraponto a isso.
    Tenho uma pergunta sobre a questão das restrições à missa tridentina: e se os padres que as utilizam simplesmente ignorarem as novas regras e continuarem rezando-a como antes? Qual seria a maior punição para eles além de serem transferidos para uma paróquia longínqua? Expulsão está prevista na lei atual ou pode ser contestada?

  8. Senhoras e senhores eu ja vivi na pele o que é ser alguém contrario a Teologia da Libertação e a Cebs, estas pessoas não medem esforços para perseguir, humilhar e caluniar quem quer que esteja em seus caminhos, eles n]ão aceitam que não se permita que se transforme o Altar em palanque eleitoral para satisfazer os interesses do PT e de outros partidos de esquerda.

    Hoje os Sacerdotes progressistas não possuem o minimo medo de excomunhões e de punições pois sabem que elas não vão vir e se vierem vão acontecer no ramo mais tradicional, estava a pensar ontem quantos anos tem S.E.R. Dom Rifan? As senhoras e os senhores ja repararam que não se tem nenhuma movimentação para que um novo Bispo seja dado a Adm Apostólica quando Dom Rifan renunciar? Sera mesmo que vão deixar a Adm Apostólica definhar?

    Os Arautos que foram espertos e gravaram integralmente tudo quando deram entrevistas inibindo as manipulações e não abaixaram a cabeça nenhum instante, se tivessem agido de forma diferente teriam sido exterminados ou jogados para o gueto.

    A Canção Nova vem a cada dia se tornando uma decepção maior e o mesmo vem ocorrendo com o demais canais ditos Católicos, basta se atentar para o fato de termos um Deputado Carismatico , membro da CN eleito por um partido socialista.

    Enfim se preparem para uma sequencia de showmicios nas Missas em 2022 e quem reclamar pode esperar que a vida nãos era fácil, afinal a misericórdia em relação a adversários neste pontificado é cada dia mais famosa.

  9. Não foi sem motivos que pedi à minha mãe para para de dar doações mensais para CN e ela concordou e fechou as torneira$! Uma delas é serem carismatistas e ter um Pe Favo de Mel!

  10. Muito triste..onde a religião católica esta chegando..nao e por nada que as outras religiões estão tomando conta..

  11. O criminoso condenado, que alguns insistem em chamá-lo pelo nome de Lula, tem a seu favor a mídia controlada, lê-se Globo, CNN, UOL, Band etc., a qual por sua vez controla os institutos de pesquisas, também controlados, para emitir as mentiras das preferências populares.
    O criminoso continua na rabeira das pesquisas verdadeiras, mas os controladores criam factoides cujas finalidades são impor aparências falsas e, claro, se as eleições como já esperado pela esquerda der ganho vitorioso ao Bolsonaro permitir então recursos ad infinitum ao TSE, STF etc. etc. sob as mais diversas alegações possíveis.
    Todos têm que entender que o retorno da esquerda ao poder representará a destruição do Brasil, das suas instituições civis e religiosas. O país estará escancaradamente comunista.
    É intenção da esquerda ao tomar o poder:
    1. Entregar o país à China Comunista e a Cuba, Chineses e cubanos andarão nas ruas e dentro das instituições governamentais tal qual ocorre na Venezuela atualmente.
    2. Eliminação da Petrobras que será vendida aos iranianos. Receberemos gasolina do Irã e as refinarias locais produzirão segundo o interesse iraniano e chinês em acordo a ser celebrado tão logo o criminoso seja eleito (ou qualquer outro que o substitua).
    3. A CNBB será a única representante da Santa Sé no Brasil e não haverá mais subordinação ao papa. A religião católica será definitivamente protestantizada e sob a batuta da Teologia da Libertação.
    4. Não haverá mais missa no Brasil, seja a atual autorizada ou muito menos a tridentina, é claro. Nenhum tipo mais de missa, não haverá eucaristia, apenas cultos aos domingos, no estilo protestante em regime de politização comunista.
    5. As invasões das propriedades serão algo comum e protegido pelo STF ao arrepio da lei, não se limitando às propriedades rurais. Qualquer propriedade imobiliária. Quem possui mais de uma propriedade terá que optar por uma delas e a outra será entregue ao Estado.Sistema chinês e cubano.
    6. Impostos sobre almoço ou jantares em restaurantes. A conta será acrescida de 18% em qualquer situação.
    7. Não haverá mais herança. Morreu, qualquer bem pertencente ao morto passa a ser propriedade do Estado imediatamente, não importa a necessidade dos herdeiros ou testamentos.
    8. As FARCs estarão livres para operar no Brasil e os narcotraficantes serão bem vindos. A legislação será imediatamente alterada.
    9. Os presídios serão esvaziados. Somente criminosos reconhecidamente à beira da loucura serão mantidos em cárcere.
    10. O país estará sob o comando do Foro de São Paulo definitivamente. Nicarágua, Venezuela, Bolívia, Argentina, Cuba, Irã e China serão consultados sempre para decisões de poder no Brasil. Será eliminada definitivamente a soberania do país.

    • Corrija a 9: Os presídios serão esvaziados dos atuais presos mas toda oposição formal ou informal será criminalizada e presa através de processo sumaríssimo.

  12. Tem um problema nisso aí! Não somos de esquerda nem de direita, ambas são posições revolucionárias! Somos apenas católicos, nada mais e nada menos! Do mesmo jeito que não se pode fazer apologia ao comunismo, devemos combater a direita alinhada á maçonaria e ao protestantismo anglosaxão.
    Criemos uma alternativa católica para derrubar o reinado da seita dos pedreiros livres ( eles controlam tanto direita quanto esquerda).

  13. A alternativa católica existe? Se Jesus disse que Seu Reino não era deste mundo e Santo Agostinho contrapunha a Cidade de Deus à Cidade dos Homens, a maioria democrática estará sempre na Cidade dos Homens. Lembro-me que André Franco Montoro, eleito deputado pela Democracia Cristã, faltou à votação que aprovou a Lei do Divórcio no Brasil. Jesus é Rei, não um líder democraticamente eleito; nessa “votação”, venceu Barrabás. Não deve ter sido por outro motivo que o presidente Bolsonaro, se considerando católico, se apoiou no voto evangélico e na Maçonaria para se eleger e formar seus quadros de governo. Então, se os católicos quiserem ser rigorosos, batalharão pela volta do regime monárquico (com um rei católico e não maçom, coisa que nunca tivemos), não votarão em candidato apoiado pela Maçonaria, e a sociedade elegerá um comunista para consolidar a agenda de esquerda, como aconteceu agora no Chile, apressando a perseguição do Anticristo.

  14. “O capitalismo é padrinho e protetor do comunismo. A guerra não é entre capitalismo e comunismo, é entre CRISTIANISMO e comunismo.” (Olavo de Carvalho)

%d blogueiros gostam disto: