Para registro: carta do Núncio nos EUA sobre a consagração da Rússia e Ucrânia.

IMG-20220319-WA0016

Nunciatura Apostólica dos EUA

Prot. 16053/22

17 de março

Urgente

Excelência,

No contexto dos trágicos acontecimentos que se desenrolam na Ucrânia, o Santo Padre, Papa Francisco, conduzirá um ato de consagração da Rússia e da Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria na festa da Anunciação, no próximo dia 25 de março.

O Santo Padre deseja que cada bispo, ou equivalente legal, juntamente com seus sacerdotes, participe deste ato de consagração, se possível, na hora correspondente às 17:00 h, horário de Roma. (…)

Nos próximos dias, o Santo Padre dirigirá uma carta de convite aos Bispos, anexando o texto da Oração de Consagração nos diversos idiomas. Peço-lhe agora que informe os membros da USCCB (Conferência Episcopal dos EUA) e, por meio destes, os sacerdotes das dioceses e eparquias do país, acerca do convite do Santo Padre.

A mesma informação será compartilhada com as autoridades federais em Washington, DC. e com o Corpo Diplomático desta capital. Um convite será estendido aos membros dos mesmos Corpos [diplomáticos] para a Missa a ser oferecida pelo Cardeal Wilton Gregory, Arcebispo de Washington, na basílica do Santuário Nacional da Imaculada Conceição às 12 horas de sexta-feira, 25 de março próximo.

Grato por sua colaboração, asseguro-lhe os meus votos de felicidades e sigo-lhe sinceramente

Christophe Pierre

Núncio Apostólico

4 comentários sobre “Para registro: carta do Núncio nos EUA sobre a consagração da Rússia e Ucrânia.

  1. Já falhou, infelizmente. Ele vai consagrar a humanidade, “especialmente” Rússia e Ucrânia. Mais uma vez, fracasso. O que poderíamos esperar? Por acaso isso é alguma surpresa? Não. Tenhamos presente, porém, uma coisa: A mão de Deus, poderosa em fazer justiça aos seus servos , essa não fracassará.

    Curtir

    1. Mas não diz isso no texto e mesmo que fosse assim creio que não atrapalharia em nada. Nossa Senhora não disse que era pra consagrar a Rússia e excluir os outros povos, disse pra consagrar a Rússia. Acho que sendo a Rússia consagrada é o que importa, mesmo que se aproveite e consagre outras nações juntamente.

      Curtir

  2. Prezado Augusto

    Ao pedir a consagração da Rússia, especificamente da Rússia, pelo Papa E (significa JUNTO COM) os Bispos de TODO O MUNDO, Nossa Senhora em Fátima faz um pedido claro. E o fez porque a Rússia iria “espalhar os seus erros (no plural) pelo mundo”.

    É necessário entender todas as consequências políticas de tal ato. Compreender todas as minúcias e fazer isso é um ato de extrema coragem e fé. E estas duas virtudes faltaram na alta cúpula da Igreja recente e parece que continua faltando, pois ao consagrar a Rússia E A Ucrânia não se faz especificamente o que Nossa Senhora pediu em Fátima mas um remendo, uma ajeitada, como se diz no popular uma gambiarra. E porque isso? Por medo de afrontar os poderosos russos, imagino eu.

    Este assunto é extenso e profundo mas os fatos estão aí para quem quiser ver ou se fingir de cego.

    Curtir

  3. “o Santo Padre dirigirá uma carta de convite aos Bispos, anexando o texto da Oração de Consagração nos diversos idiomas”
    Saudade de ter um idioma universal para a Igreja. Por que tanto ódio e repulsa ao latim, a ponto de não cogitar que todos façam a mesma oração, no mesmo idioma ao mesmo tempo?

    Curtir

Os comentários estão desativados.