Um repente inocente para homenagear Dom Vicente

FratresInUnum.com, 4 de julho de 2022 – Um artigo em forma de repente, para homenagear a Dom Vicente:

Dom Vicente Ferreira,
gosta muito de escrever besteira
e gosta de escrever em rima,
mas não preza pela doutrina.

Como criança ele vai rimando,
e acha que está “abafando”…
Como se poeta se mostrasse,
consegue ao máximo “batatinha quando nasce”.

Quer ser um novo Casaldáliga,
mas está mais para rima-pálida.
O que fazer para convencê-lo?
Um espelho para percebê-lo?

Ele vive inventando no Twitter,
mas agora ele exagerou no glitter:
em defesa homossexual,
quer mostrar-se bem atual.

Como poeta ele não é um capricho,
nem muito menos como bispo.
Dos gays, a causa apadrinha?
Ou será apenas modinha?

Com tais bispos, para quê herege?
E o povo fiel, quem protege?
Como bispo e como poeta,
está mais para um pateta.

Dom Vicente, por favor,
deixe a poesia, meu senhor.
A fé já não basta acabar,
até a arte quer profanar?…

Não reclame do nosso protesto,
somos apenas um pequeno resto,
mas sua rima vale qual feno:
bebe tu mesmo o teu veneno!

7 comentários sobre “Um repente inocente para homenagear Dom Vicente

  1. Nem vou falar nada. Kkkkkkk
    O Frates, numa poesia linda, disse tudo.
    Deus abençoe vosso apostolado.

    Curtir

  2. A melhor parte kkkk
    ” Não reclame do nosso protesto, somos um pequeno resto, mas sua rima vale qual feno:
    bebe tu mesmo teu veneno!!!!”
    Uhuuuuuu!!!!

    Curtir

  3. Vou tentar responder em versos:

    Das virtudes católicas
    esses revolucionários
    nada tem, nada possuem.
    A única sorte de ter algo
    ou seria azar?
    É que sem virtudes e cheios de vícios.
    Possuem o contrário da virtude da Magnanimidade:
    então estes cretinos estão cheios de mediocridade.
    Tanta mulher bonita e graciosa
    como Santa Terezinha do Menino Jesus
    para se admirar.
    Gostam das coisas chulas,
    sujas e mal lavadas.
    São birutas sem as virtudes teologais,
    nada possuem também das virtudes cardeais.
    E para chegar aos céus,
    nos disse Garrigou-Lagrange:
    tem que ter inteligencia, sabedoria,
    fortaleza e muitas virtudes mais.

    Curtir

  4. Bravo!

    Os “bispos” de Bergoglio e da CNBB vivem uma poesia e serão “imortalizados” nela: a Divina Comédia de Dante, primeira parte.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Dom Vicente Ferreira
    deixe e besteira
    o Céu que te espera
    não perdoa quem vive da nova era.

    Seu caminho já foi traçado
    e pelo inferno se sinta abraçado
    quem não é digno do amor de Deus
    não merece o respeito dos seus.

    Curtir

Os comentários estão desativados.