Posts tagged ‘Cardeal Carlo Cafarra’

10 setembro, 2017

Foto da semana.

As últimas palavras de Caffarra pronunciadas entre lágrimas poucos dias antes de sua morte a um sacerdote:

O Senhor não abandonará a sua Igreja. Os apóstolos eram doze o e Senhor recomeçará com pouco. Imagine o sofrimento de Santo Atanásio que permaneceu sozinho defendendo a verdade por amor a Cristo, a Igreja e aos homens. Devemos ter fé, esperança e fortaleza.

O arcebispo emérito de Bolonha, uma das maiores autoridades em teologia moral das últimas décadas, faleceu  na manhã do último dia 6 de setembro, quarta-feira, aos 79 anos.

Morreu sem a audiência que implorou ao papa, em uma comovente carta em nome dos cardeais signatários do dubia.

Sandro Magister relata que Caffarra pôde se encontrar com Francisco durante sua visita a Carpi, em abril passado: “Durante o almoço, sentou-se ao seu lado, mas o papa preferiu conversar com um sacerdote ancião e com seminaristas sentados na mesma mesa”.

Leia mais:

Cardeal Caffarra: “Somente um cego pode negar que haja uma grande confusão”.

Cardeal Caffarra: Irmã Lúcia escreveu que chegaria o tempo de uma “luta final”. E que o terreno desta luta seria o matrimônio e a família.

16 junho, 2015

Irmã Lúcia: “O confronto final entre o Senhor e o reino de Satanás será sobre a família e sobre o matrimônio”.

Leia atentamente a citação abaixo. Cada palavra tem um peso e, à luz das discussões do Sínodo dos Bispos sobre o matrimônio e a família, ganham uma importância relevantíssima.

Quinta-feira Santa de 2015: Papa Francisco lava pés de transexual.

Quinta-feira Santa de 2015: Papa Francisco lava pés de transexual.

Quando recebi do Papa João Paulo II o encargo de idealizar e fundar o Pontifício Instituto para Estudo sobre o Matrimônio e a Família, escrevi a Irmã Lúcia de Fátima, através do bispo, porque não se o podia fazer diretamente. Inexplicavelmente, apesar de eu não esperar nenhuma resposta, porque lhe pedia apenas oração, chegou-me depois de poucos dias uma longuíssima carta autografada — que agora está nos arquivos do Instituto —, na qual escreveu: o confronto final entre o Senhor e o reino de Satanás será sobre a família e sobre o matrimônio. Não tenha medo, acrescentava, porque qualquer um que trabalhar pela santidade do matrimônio e da família será sempre combatido e contrariado de todos os modos, porque este é o ponto decisivo. E depois concluía: mas Nossa Senhora já lhe esmagou a sua cabeça. Percebia-se, também falando com João Paulo II, que este era o nó, porque se tocava a coluna fundamental da criação, a verdade da relação entre o homem e a mulher, e entre as gerações. Se esta coluna for atingida, todo o o edifício desaba, e nós estamos vendo isso agora, porque estamos neste ponto, e nós o sabemos. E eu me comovo, lendo as biografias mais seguras de Padre Pio, de como este homem estava atento à santidade do matrimônio, à santidade dos esposos, também com um justo rigor, mais de uma vez”.

Cardeal Carlo Cafarra, em “Voce di Padre Pio”, Março de 2008