CNBB genial: “Creio na rapaziada que segue em frente e segura o rojão”!

Tem coisas que só a CNBB faz por você, caro leitor. Por isso, o brilhantismo dos organizadores do “Caminhando para a JMJ 2013 – Subsídio para adultos“, das Edições CNBB, merece ser reconhecido. A pérola que apresentamos logo abaixo explicará o porquê.

Rapaziada que segue em frente e segura o rojão.
Rapaziada que segue em frente e segura o rojão.

Claro, ninguém costuma ler tais verborréias — justamente por isso os autores se sentem tão à vontade para redigir essas obras-primas com a chancela da CNBB.

Mas, quando nos deparemos com peças de tamanha criatividade, é preciso reconhecer: CNBB, dessa vez vocês se superaram.

Que sejam destacados os nomes do diretor editorial, Monsenhor Jamil Alvez de Souza, e do organizador da publicação, Padre Antonio Ramos do Prado, SDB. Mas devem ser reconhecidos, sobretudo, os senhores bispos que apresentam a edição: Dom Leonardo Steiner, secretário geral da CNBB (aquele que recebeu os seus companheiros de causa chineses e que acredita não ser o momento de condenar o aborto), e Dom Eduardo Pinheiro da Silva, SBD, responsável pela juventude na CNBB (duas imagens — aqui e aqui — dizem mais que mil palavras).

Poucos conseguiriam ser mais ridículos, por isso pedimos permissão para expressar o nosso mais profundo reconhecimento: os senhores são uma vergonha para a Igreja e para os jovens Católicos.

Não tivemos paciência para ler a 88 páginas de besteirol — quem a tiver, queira destacar outras aberrações na caixa de comentários. Publicamos, assim, o “Credo da Juventude“, apresentado na página 31 do suicídio subsídio:

Creio na juventude que busca o novo, que espera o amanhã melhor e sonha sonhos de crianças.

Creio no jovem e na jovem que sabe o que quer, que enfrenta firme a luta, que não foge da raia.

Creio na rapaziada que segue em frente e segura o rojão.

Creio no jovem que descobre o valor de vivermos como irmãos e irmãs e que busca a comunidade.

Creio que todos os jovens e todas as jovens sabem dizer sim e também dizer não.

Creio na juventude que sempre se reúne para partilhar a vida.

Creio nos jovens e nas jovens da Comunidade, do campo, da escola, da periferia, que sabem viver o amor em sua realidade.

Creio em nossa caminhada rumo à nova sociedade, onde todos e todas seremos irmãos e irmãs.

Creio na força do jovem e da jovem que sorri, canta, dança, chora, namora, espera e faz o novo amanhã.

Creio no Deus Pai e Mãe, Libertador, e em todo jovem e toda jovem que sonha com seu Reino de Amor.

Creio no Cristo Jovem, que fez a vontade de Deus e viveu com muito amor.

Creio no Espírito Santo, que com o fogo do amor anima toda a juventude na busca do Libertador.

Creio em Maria, mulher de dor e alegria, mãe nossa querida, de todos os jovens e de todas as jovens que na vida redescobrem seu valor.

Cremos que só com fé, força e confiança chegaremos ao Reino de Deus e do povo. Amém!

Foto da semana.

Campo Grande, MS, 23 de junho de 2012 – Caminhada pela Paz no Trânsito na programação do “Bote Fé”, evento que prepara a Jornada Mundial da Juventude nas diocese brasileiras. Na foto, Dom Eduardo Pinheiro da Silva, SDB, responsável pelo Setor Juventude da CNBB e cujas traquinagens não são de agora. Uma caricatura de jovem que, no alto de seus cinquenta e tantos anos, esbanja gracejos na esperança de apresentar uma Igreja atrativa. Que Igreja ele apresenta para você, caro leitor?

Foto da semana.

Dom Eduardo Pinheiro da Silva, SDB, bispo auxiliar de Campo Grande, MS, e responsável pelo Setor Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), celebra missa em Madri, cidade sede da Jornada Mundial da Juventude, que terá início no próximo dia 16. Segundo Dom Eduardo, “simplesmente buscamos o essencial: Amar a Deus e ficar com Ele”. Neste caso, essencial significa: altar, uma escrivaninha; velas, um abajur; cálice, um copo de vidro… Os compenetrados senhores cheios de fé são padres, ou, como certamente preferem, “presbíteros”: Padre Carlos Sávio da Costa Ribeiro, assessor nacional do Setor Juventude da CNBB, e o Reverendíssimo Padre Edinilson.

Enfim, esta é a zelosa comitiva da Juventude da CNBB enviada a Madri!