Posts tagged ‘Padre Gerhard Wagner’

17 maio, 2010

Curtas da semana.

Dom Piero Marini destila seu modernismo a convite da Arquidiocese do Rio.

Dom Piero Marini no Congresso Eucarístico de Brasília - Maio de 2010.

Dom Marini no Congresso Eucarístico de Brasília - Maio de 2010.

Na tarde do dia 11 de maio, o cerimoniário do Papa João Paulo II e um dos principais arquitetos da Missa Nova, Dom Piero Marini, proferiu uma palestra sobre o tema Liturgia na sede da Arquidiocese do Rio de Janeiro. A palestra, proferida para um auditório repleto, falou do papel fundamental da liturgia na vida eclesial. Como era de se esperar, Dom Marini — caído em ostracismo no pontificado de Bento XVI — privilegiou a liturgia “reformada”, chegando a dizer que no Rito Tridentino o padre “ficava de cara para a parede”, informação essa parcialmente corrigida ao final por Dom Karl Romer, que explicou a posição ad orientem como símbolo de onde viria o Cristo Ressuscitado [nenhuma referência ao Sacrário ou a Cruz na parede do altar]. Segundo o prelado, as devoções particulares como o Terço e a Via Sacra praticadas pelos fiéis no rito antigo teriam dado lugar a uma participação mais intensa e afetuosa por parte dos fiéis no rito pós-conciliar. Dom Piero Marini chegou a atuar como secretário pessoal do Monsenhor Aníbal Bugnini, que por sua vez foi secretário onipotente da comissão que trabalhou na reforma da liturgia católica que se seguiu ao Concílio Vaticano II. Mais informações aqui.

Jogo de cena.

(Rorate-Caeli) O Cardeal Andre Vingt-Trois — que ofereceu a Missa Tradicional em Latim na forma de “Missa Cantata” e ainda tem demonstrado muita hostilidade aos tradicionalistas católicos — presidirá o Benção do Santíssimo Sacramento e o Ato de Consagração à Virgem Maria na noite do Domingo de Pentecostes, em 23 de maio de 2010, na 28a peregrinação dos católicos tradicionais de Paris a Chartres. (Há uma peregrinação de Chartres a Paris ao mesmo tempo, sob os auspícios da SSPX.) Fontes: Messa in Latino, Perepiscopus, and Notre Dame de Chretiente.

Padres fogem da escandalosa diocese de Linz.

(Kreuz.net) Sacerdotes jovens fogem da Diocese-Escandalosa de Linz – Áustria. Trata-se de quinze jovens padres da Diocese de Linz, que foram embora de sua diocese de origem deliberadamente e trabalham em outros bispados ou instituições, disse o Pe. Gerhard Maria Wagner, impedido de se tornar bispo auxiliar de Linz, em meados de abril durante um debate acalorado em Linz, de acordo com o sítio de vídeos ‘Gloria.tv’.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Diálogo de mão única ou dessacralização?

(Rorate-Caeli) “Nas últimas três semanas, um belo exemplo de abertura de espírito e tolerância foi demonstrado em Jumet (Charleroi). A Igreja de Saint-Lambert acolheu a comunidade muçulmana de Gilly, desprovida de um local de culto devido a problemas administrativos”.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

2 março, 2009

Giro de notícias da semana que passou.

A audácia modernista.

O Arcebispo Católico de Brisbane [Austrália], John Bathersby, foi alvo de uma ameaça de bomba por sua decisão de remover o padre dissidente Peter Kennedy da igreja de Santa Maria em South Brisbane. Já tratamos anteriormente deste caso.

O rabino lefebvrista – Cardeal já!

rabinoO movimento esquerdista dissidente na Igreja Católica debilitou severamente os ensinamentos morais católicos sobre a vida e a família durante os últimos quarenta anos, declarou a LifeSiteNews.com um proeminente rabino ortodoxo dos EUA. “Apóio esta medida” de reconciliar a facção tradicionalista na Igreja, disse, “porque entendo o panorama maior, que é que a Igreja Católica tem um problema. Há uma ala esquerda poderosa na Igreja que está fazendo um dano incomensurável à fé”. “Me dou conta que é muito importante encher os bancos da Igreja Católica ao com católicos culturais ou esquerdistas que contribuem para destruir a Igreja e corromper seus valores”. “O que está fazendo o Papa? Está tentando trazer de volta os tradicionalistas porque têm muitas coisas muito importantes para contribuir para o bem do catolicismo. Agora, se em meio a esse processo, inclui inadvertidamente alguém importante no movimento tradicionalista que diz coisas muito estranhas sobre o Holocausto, essa é uma razão para jogar fora o bebê com a água do banho e condenar o Papa Bento? Absolutamente não!” “O assunto mais importante”, reiterou, é o trabalho que a Igreja realiza “para salvar bebes do aborto e proteger as mentes das crianças e jovens, ajudando-os a distinguir o bem do mal em assuntos de vida e família”.

A pergunta que não quer calar.

Dom Geraldo Proença SigaudPergunta-nos uma amiga: “Por que não se fala do Monsenhor Proença de Sigaud? No ‘Reno se Lança sobre o Tibre’ ele aparece o tempo todo na ala conservadora, sempre fazendo intervenções à favor da Tradição. E hoje em dia ninguém sabe, ninguém viu. Lá fora falam dele, mas não aqui. Como seria ele na vida pastoral e pessoal?”. Espaço aberto aos leitores que queiram tirar Dom Sigaud do esquecimento.

Enfim, um bispo brasileiro favorável à Missa Tradicional – Dom Fernando Guimarães, bispo de Garanhuns, PE.

Dom Fernando Guimarães“Quando sacerdote, ele trabalhou por 27 anos no Vaticano, chegando a ser Chefe de Departamento da Congregação para o Clero. Neste cargo, ele foi um dos que mais colaborou na Cúria Romana para nossa regularização e para a criação da nossa Administração Apostólica. Assim, ele fez questão de acompanhar o Cardeal Darío Castrillón, quando esteve aqui em Campos no dia 18 de janeiro de 2002 para a cerimônia da criação da nossa Administração.” “Ano passado, Pe. Fernando Guimarães foi nomeado pelo Santo Padre Bispo da Diocese de Garanhuns.” “Assim, no domingo passado, D. Fernando Guimarães veio pela primeira vez nos visitar como Bispo, e celebrou a Santa Missa na forma tradicional em nossa Igreja Principal, com a assistência de D. Fernando Rifan.” – Do site da Igreja Principal da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney.

Revisão do começo ao fim.

Arcebispo Edwin O'brienPreocupado de que a Legião de Cristo reprima o livre arbítrio de seus membros e falte com transparência, o Arcebispo Edwin F. O’Brien disse ao diretor geral da ordem que ele não pode, em boa consciência, recomendar que qualquer pessoa ingresse na Legião ou Regnum Christi, seu movimento leigo afiliado. […] “Parece, a mim e a muitos outros, que esse [Pe. Marcial Maciel, fundador da Legião] era um homem com um gênio empresarial que, por sistemática fraude e duplicidade, usou nossa fé para manipular a outros para seus próprios fins egoístas”. […] Dizendo que o fundador da Legião “deixou muitas vítimas em seu encalço”, o arcebispo pediu a “completa revelação de suas atividades, daqueles que são cúmplices nelas ou sabiam delas e daqueles que ainda se recusam a oferecer revelação”. […] “Enquanto é difícil conseguir documentos oficiais”, disse o Arcebispo O’Brien”, é claro de que desde o primeiro momento em que uma pessoa ingressa na Legião, esforços parecem ser feitos para programar cada um e conquistas pleno controle de seu comportamento, de todas as informações que ele recebe, de seus pensamentos e emoções”. […] “É dito que apenas o fundador é chamado ‘nuestro padre’ (‘nosso pai’) e que ninguém mais pode ter este título”, disse o Arcebispo O’Brien. “Todos estão obrigados a se identificar com ele em seu espírito, sua mente, sua missão e sua vida. Isso sugeriria que a própria base do movimento da Legião deve ser revista do começo ao fim”.

Dom Chaput: não é possível ser católico e ‘pró-escolha’ ao mesmo tempo.

Arcebispo ChaputO Arcebispo de Denver, Charles J. Chaput, concedeu na Universidade de Toronto uma conferência sobre seu recente livro “Render Unto Caesar: Serving the Nation by Living our Catholic Beliefs in Political Life”. [Dai a César: servindo a Nação ao viver nossas Crenças Católicas na Vida Política]:

“A cultura consumista Americana é um poderosíssimo narcótico. O raciocínio moral pode ser duro, e a TV é uma grande droga analgésica. A verdadeira liberdade demanda uma habilidade de pensar, e uma grande parte da vida moderna… parece deliberadamente projetada para desencorajar isso”. O prelado de Denver enfatizou a importância de formar “uma consciência forte e genuinamente Católica” e seguir esta consciência quando votar.

“Francamente, eu simplesmente fiquei cansado de ouvir pessoas de dentro e fora dizendo aos Católicos para ficar quietos sobre posições religiosas e morais nos debates do grande público que envolvem todos nós enquanto sociedade. É uma espécie de intimidação. Não creio que os Católicos devam aceitá-la.” “Tolerar um grande mal dentro de uma sociedade é em si mesmo uma forma de sério mal”. “Todos os líderes políticos recebe sua autoridade de Deus. Não devemos a nenhum líder qualquer submissão ou cooperação na busca de um grave mal”. “Um das coisas determinantes que separavam os primeiros Cristãos da cultura pagã ao redor era seu respeito pela vida humana; e especificamente sua rejeição do aborto e infanticídio. Não podemos ser Católicos e ser evasivos ou indulgentes quanto ao assassinato de vida não-nascida. Não podemos nos afirmar “Católicos” e “pró-escolha” ao mesmo tempo sem arcar com a responsabilidade para onde conduz a escolha – à morte de crianças não nascidas”. Texto completo da conferência aqui.

Consagrar Wagner em Roma.

Áustria. O pároco Eberhard Amann (77) de Sankt Gallenkirch na diocese de Feldkirch colocou anúncios nos jornais regionais em favor do Bispo Auxiliar de Linz, Weihbischof Gerhard Wagner. Pe. Amann pagou 2.000 Euros pelos grandes anúncios amarelos. Neles ele alerta para um novo “Movimento-Livre-de-Roma” e um novo “Cisma” na Igreja austríaca. Os bispos contestam o direito do Papa de nomear “quem ele quiser”. Contrariamente, os meios de comunicação ditaram – adverte o Pároco: “Wagner estava certo”: As clínicas de aborto em Nova Orleans e em outros lugares, as estórias de Harry Potter e a glorificação do casamento gay são contrários aos ensinamentos bíblicos”. Mons. Wagner poderia ser consagrado em Roma – sugere o Pároco.

Bispo de Linz chamado a Roma.

Bispo de Linz, Dom Ludwig SchwarzO Bispo [Ludwig] Schwarz foi chamado à Roma às pressas. O fato de Monsenhor Wagner ter dito que sua renúncia não foi espontânea fez o Vaticano ficar de orelha em pé. Agora se fala até em visita pontifícia a Linz e até mesmo alguns outros bispos austríacos não estão de acordo com o curso de ação tomado em Linz. Kath.net noticia: “Bispo Schwarz nega catequese com jovens e precisa ir a Roma para encontro importante – Alguns bispos austríacos são favoráveis à visitação pontifícia da Diocese de Linz – Papa Bento aceita a Causa ‘Wagner’”

Ou seja, crescem pedidos para a tal visitação pontifícia dentro e fora de Linz. Lembremo-nos do caso St. Polten, Áustria, há poucos anos, em que um seminário inteiro foi fechado (e mais tarde reaberto) devido aos inúmeros casos de homossexualismo, sobretudo, pelas fotos espantosas publicadas na anticristã Spiegel de seminaristas e dirigentes trocando carícias imorais. Neste caso também houve uma visita apostólica para tentar resolver o problema.

Kreuz.net sob fogo cruzado.

Vaticano (kath.net) Depois da Conferência dos Bispos Alemães e da Igreja Católica da Áustria, agora chegou a vez também da “Radio Vaticano” se distanciar do sítio radical de direita kreuznet. Em uma declaração: “O sítio kreuznet apresenta um link para nós, embora tenhamos pedido a eles que retirassem o link. Neste ato nos distanciamos claramente da kreuznet. Não temos nada a ver com esse sítio e não temos qualquer proximidade com eles. O fato do Operador (anônimo!) da Página ter um link para nós nos deixa aborrecidos, embora, infelizmente, não possamos impedir isso. “A Conferência dos Bispos Alemães deixou claro no início de fevereiro: “O sítio é um sítio que não pertence a Igreja católica romana”

Dom Galarreta é o novo reitor de La Reja. 

Dom GalarretaFontes locais na Argentina confirmam que o Bispo Alfonso de Galarreta, um dos quatro bispos da Fraternidade Sacerdotal São Pio X, irá dirigir o Seminário de Nossa Senhora Co-Redentora em La Reja, Província de Buenos Aires – pelo menos, temporariamente, como um “Visitador”.

 

As notícias também foram postadas no sítio da excelente publicação católica argentina Panorama Católico Internacional. Nota: O pai do editor do Panorama (Marcelo González) faleceu nesta sexta-feira: que ele possa descansar em paz. Fonte: Rorate-Caeli.

 

Dom Aldo Pagotto, o Padre Petista e o Padre Artista.

 

Dom Aldo PagottoO arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, suspendeu o uso de ordem de padre Luiz Couto, deputado pelo PT, adversário do celibato e amigo dos preservativos e homossexuais. Dom Tomás Balduíno, bispo emérito de Goiás e assessor da Comissão Pastoral da Terra, chamou a atitude de “pena de vingança”. Vendo que a tática parece ter dado certo na Áustria, “católicos” pedem à CNBB (?) que remova o bispo. Anteriormente, o mesmo Dom Aldo havia se pronunciado a respeito de outro Padre, o artista Fábio de Melo: “Oficialmente a Arquidiocese não foi informada da vinda do padre e não tem qualquer envolvimento na promoção e organização do evento. Entendemos tais ações como promoção pessoal do padre”.

 

 

A pergunta que não que calar – II:

Dom OraniCom a aposentadoria de Sua Eminência Eusébio Cardeal Scheid, os padres do Rio de Janeiro desejosos de rezar a Santa Missa Tradicional sairão das catacumbas e darão boas vindas ao novo Arcebispo sem medo de se apresentar como são? Não há de se temer falta de diálogo com o novo Arcebispo. Em 2006, Dom Orani assistiu e cedeu uma igreja em Belém para a “ordenação episcopal” da então recém criada “diocese” Anglicana da Amazonia. Com tanta generosidade para com hereges cujos sacramentos são inválidos (exceto o batismo), é de se esperar, no mínimo, que o novo Arcebispo conceda uma bela Igreja na capital Fluminense dedicada exclusivamente à Forma Extraordinária do Rito Romano atualmente em vigor em toda a Igreja Católica. Inclusive no Rio de Janeiro. 

“Não me parece, agora, o momento de entrar em todos os detalhes”.  

 

Encontro com sacerdotes de RomaRespondeu o Santo Padre ao ser indagado sobre várias formas de piedade por um padre no encontro anual de Sua Santidade com o clero Romano; na mesma pergunta o sacerdote se referiu à Fátima, ponto não abordado pelo Santo Padre. Os pontos mais importantes podem ser encontrados aqui. Agradecimento ao nosso caríssimo André pela ajuda de sempre.

Perseguição dos Judeus contra um Bispo.

Alemanha. Alguns na Igreja não estariam em condições de aprender “a partir dos erros” de outros dignitários. Assim xingou o Presidente da Associação Regional das Comunidades de Culto Israelitas na Baviera, Josef Schuster, ao periódico anticlerical ‘Süddeutschen Zeitung’ sobre o Bispo Walter Mixa de Augsburg. Este havia afirmado com simplicidade que somente na Alemanha mais pessoas morreram através do aborto do que no assim chamado Holocausto: “Assim, do jeito que o [Bispo] Mixa formulou, é simplesmente infame relativizar o Holocausto, que primeiramente já o fora pelo malvado membro da Fraternidade, Richard Williamson, mesmo de maneira supostamente mais elegante” – espumou de raiva Schuster. Ele exige “uma palavra mais clara” da Igreja.

Manter a fé dos pais.

“Seu decreto de 21 de janeiro de 2009 reabilita de alguma maneira o venerado fundador da nossa Fraternidade sacerdotal, S. Exc. Monsenhor Marcel Lefebvre. Ele procura também um grande bem à Igreja, nos parece, fazendo justiça aos padres e fiéis do mundo inteiro que, unidos à Tradição da Igreja, não serão mais estigmatizados injustamente por ter mantido a fé dos seus pais”, escreveram os bispos da Fraternidade Sacerdotal São Pio X em carta ao Santo Padre, o Papa Bento XVI, de 29 de janeiro, tornada pública neste sábado.