Posts tagged ‘Igreja’

28 junho, 2015

Foto da semana.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Missa Afro – Dom Basile Mvé Engone, arcebispo de Libreville, Gabão, celebra Missa em paróquia confiada por ele ao Instituto Cristo Rei e Sumo Sacerdote.

Tradidi quod et accepi: num passado não muito distante, Dom Marcel Lefebvre, recém ordenado sacerdote, foi reitor do seminário de Libreville. “Uso de misericórdia até a milésima geração com aqueles que me amam e guardam os meus mandamentos” (Dt, 5, 10).

Créditos: Click Vaticano

Tags:
12 junho, 2015

Cor Jesu sacratissimum, miserere nobis!

Ato de Consagração ao Sagrado Coração de Jesus

Dulcíssimo Jesus, Redentor do gênero humano, lançai os vossos olhares sobre nós, humildemente prostrados diante de vosso altar. Nós somos e queremos ser vossos; e para que possamos viver mais intimamente unidos a Vós, cada um de nós neste dia se consagra espontaneamente ao vosso Sacratíssimo Coração.

Muitos nunca Vos conheceram; muitos desprezaram os vossos mandamentos e Vos renegaram. Benigníssimo Jesus, tende piedade de uns e de outros e trazei-os todos ao vosso Sagrado Coração.

Senhor, sede o Rei não somente dos fiéis que nunca de Vós se afastaram, mas também dos filhos pródigos que Vos abandonaram; fazei que eles tornem, quanto antes, à casa paterna, para que não pereçam de miséria e de fome.

Sede o Rei dos que vivem iludidos no erro, ou separados de Vós pela discórdia; trazei-os ao porto da verdade e à unidade da fé, a fim de que em breve haja um só rebanho e um só pastor.

Sede o Rei de todos aqueles que estão sepultados nas trevas da idolatria e do islamismo, e não recuseis conduzi-los todos à luz e ao Reino de Deus.

Volvei, enfim, um olhar de misericórdia aos filhos do que foi outrora vosso povo escolhido; desça também sobre eles, num batismo de redenção e vida, aquele sangue que um dia sobre si invocaram.

Senhor, conservai incólume a vossa Igreja, e dai-lhe uma liberdade segura e sem peias; concedei ordem e paz a todos os povos; fazei que de um a outro pólo do mundo, ressoe uma só voz: Louvado seja o Coração divino, que nos trouxe a salvação! A Ele, honra e glória por todos os séculos dos séculos. Amém.

S.S. Pio XI, 11 de dezembro de 1925.

Publicado originalmente em 2010

Leia também:

Devoção ao Sagrado Coração de Jesus

Tags:
6 junho, 2015

Cura da depressão rezando à Santíssima Virgem com Santa Teresinha.

Por Il Timone | Tradução: Gercione Lima – FratresInUnum.com

Santa Teresinha do Menino Jesus contou que foi curada, quando ainda era uma menina, daquilo que hoje seria facilmente diagnosticado como síndrome do pânico.

Ela foi curada através do sorriso da Virgem. A santa escreveu:

“13 de maio de 1883, festa de Pentecostes. Da cama, virei o olhar para a imagem de Nossa Senhora e de repente a Santíssima Virgem parecia tão linda, tão linda que eu nunca tinha visto nada assim, seu rosto irradiava bondade e uma ternura inefável, mas o que tocou profundamente minha alma foi o sorriso encantador da Santíssima Virgem”.

Naquele momento todas as minhas dores sumiram, duas grandes lágrimas jorraram dos meus olhos e desceram pelo meu rosto. Eram lágrimas de pura alegria… Ah, pensei, a Santíssima Virgem sorriu para mim, estou feliz… […] Foi por causa dela, de suas orações intensas que eu recebi a graça do sorriso da Rainha do Céu… “.

Ela chamou essa imagem de a “Virgem do Sorriso” e a devoção começou em sua família. Mais tarde, ela levou essa devoção ao Carmelo de Lisieux. No final, se espalhou para todas as ordens carmelitas e por todo o mundo. Muitas pessoas receberam a cura da depressão e de outras doenças da alma, assim como Santa Teresinha, através desta devoção.

Oração à Virgem do Sorriso 

Ó Maria, Mãe de Jesus e nossa Mãe,

que com um claro sorriso Vos dignastes consolar e curar

da depressão a Vossa filha, Santa Teresinha do Menino Jesus,

restituindo-lhe a alegria de viver e o sentido de sua vida em Cristo ressuscitado,

olhai com carinho maternal muitos filhos e filhas que sofrem de depressão,

distúrbios e síndromes psiquiátricas e doenças psicossomáticas.

Que Jesus Cristo possa curar e dar sentido às vidas de muitas pessoas

cuja existência, por vezes, deteriorou-se.

Maria, que o vosso belo sorriso não permita que as dificuldades da vida obscureçam a nossa alma, pois sabemos

que só o Vosso filho Jesus pode satisfazer os anseios mais profundos do nosso coração.

Maria, através da luz que emana de Vossa face, transparece a misericórdia de Deus.

Que os Vossos olhos possam acariciar-nos e nos convencer de que

Deus nos ama e nunca nos abandona,

e que a Vossa ternura renove em nós a auto-estima,

a confiança nas nossas capacidades, o interesse pelo futuro e o desejo de vivermos felizes.

Pedimos também para que os membros das famílias daqueles que sofrem de depressão possam ajudar no processo de cura, não os tratando jamais como atores da doença ou por interesses de conveniência,

mas que os valorizem, escutem, compreendam e exortem.

Virgem do Sorriso, obtende para nós, por Jesus, a cura verdadeira

e livrai-nos dos alívios temporários e ilusórios.

Uma vez curados, comprometemo-nos a servir a Jesus com alegria,

disposição e entusiasmo, como discípulos missionários,

através do nosso testemunho de vida renovada.

Amém.

Rezar duas Ave Marias em honra das duas lágrimas de alegria que rolaram sobre a face de Santa Teresinha do Menino Jesus, quando ela foi tocada pelo sorriso da Virgem.
Tags:
6 junho, 2015

Republicando – Campanha pelo lançamento de “Sobre a Paciência”.

Republicamos o post de 27 de maio de 2015, dada a premência da campanha, que se encerra em menos de uma semana.

Grande novidade na área para todos os católicos: a editora Concreta pretende publicar a obra “Sobre a Paciência”, uma reunião dos textos de três dos maiores autores da Patrística – Tertuliano, S. Cipriano e S. Agostinho – sobre a virtude cristã da paciência. A coordenação editorial é do Padre Cléber Eduardo Dias, também responsável pela tradução, prefácio e notas do livro.

Essa campanha é a primeira do recém-inaugurado selo da Concreta, a “Coleção Patrística”, que pretende trazer ao mercado editorial brasileiro as grandes obras das patrologias grega, latina e oriental, em apuradas edições bilíngües e contando com denso aparato crítico.

https://goo.gl/hKagm5

A editora funciona no sistema de financimento coletivo, no qual as colaborações do público é que permitem a concretização das obras. São diversas cotas para você colaborar e receber sua recompensa, algumas delas incluindo, além do livro impresso, cursos sobre as heresias do período patrístico e também aulas de latim.

Assista à apresentação, escolha sua colaboração e faça parte desse nobre projeto.

Tags:
3 junho, 2015

Divulgação – Paramentos Imaculada Conceição.

A gentil leitora Aline Pomin nos escreve:

Muito além do “pano”. A importância espiritual dos paramentos e insígnias além de sua estética.

Queixa-se de que, ao entrar no coro para a salmodia, ao dirigir-se para celebrar a missa,
logo mil pensamentos lhe assaltam a mente e o distraem de Deus.
Mas, antes de ir ao coro ou à missa, que fez na sacristia,
como se preparou, que meios escolheu e empregou para fixar a atenção?

(Sermão proferido no último sínodo por São Carlos Borromeu)

Pertenço ao Instituto Cristande de Presidente Prudente da cidade de Presidente Prudente. Vendo a necessidade que a igreja se encontra de mostrar a sua beleza e grandeza, comecei a confeccionar paramentos, tendo como objetivo a obediência às leis litúrgicas da Igreja e a manutenção da riqueza simbólica e artística da Igreja Católica. Numa época em que a beleza da Igreja é desprezada, não surpreende que nossa preocupação seja muitas vezes depreciada, por isso temos a missão de fazer belos paramentos para Jesus ser mais amado.

Todos os paramentos são ricos em detalhes.

Fazemos paramentos com bordados também.

Contatos:

email: aline_pomin@ig.com.br

Tel: 18 39071739

Cel: 18 981733670

Página no Facebook: https://www.facebook.com/pages/Paramentos-Imaculada-Concei%C3%A7%C3%A3o/803277359739453?fref=ts

Parabéns, cara Aline, pelo belo trabalho! Conte conosco sempre que precisar!

PS.: toda divulgação comercial no Fratres in Unum é sempre e absolutamente gratuita, contanto que útil à Igreja.

Tags:
30 abril, 2015

Faleceu Padre Gruner.

Mensagem de nossa colaboradora Gercione Lima:

nicholas-grunerÉ com consternação e tristeza que eu escrevo para comunicar-lhes da morte repentina do Padre Nicholas Gruner na quarta-feira, abril 29, 2015, de um aparente ataque cardíaco. Padre Gruner era um incansável promotor de Nossa Senhora de Fátima e, em particular, do seu apostolado pela consagração da Rússia ao Imaculado Coração de Maria. Ele deu a vida para este apostolado e trabalhou com afinco por meio de publicações, na Internet, redes de televisão e conferências para divulgar a mensagem de Nossa Senhora para o mundo.
Peço a todos que rezem pela alma deste maravilhoso sacerdote. Outra homenagem que podemos prestar a ele, é atender à devoção do primeiro sábado de reparação pelos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria e que continuem a rezar o rosário diariamente, se ainda não o fazem ou se temos sido negligentes.
Deus abençoe a todos!
Gercione Lima
+ RIP
Tags:
29 abril, 2015

Editorial de “O São Paulo” – A Força dos símbolos.

saopaulo

Editorial do jornal oficial da Arquidiocese de São Paulo – edição 3048 de 23 a 28 de abril de 2015.

Alguém da edição leu isso aqui, é? ;-)

Tags:
27 abril, 2015

Profanação em Vargem Grande Paulista, SP.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Igreja São Judas, Paróquia Santo Antônio de Sant’Ana Galvão, em Vargem Grande Paulista, diocese de Osasco, SP, foi invadida e teve seu Sacrário arrombado, com o Santíssimo Corpo de Nosso Senhor Jesus Cristo profanado. A este ato tão vil e ultrajante, e que tem se repetido com tanta frequência em nosso Brasil, desagravemos e reparemos.

Ato de desagravo e reparação

Oh! dulcíssimo Jesus, cujo imenso amor aos homens não tem recebido pagamento, dos ingratos, mais que esquecido, negligenciado e menosprezado!

Vede-nos prostrados ante vosso altar, para reparar, com especiais homenagens de honra, a frieza indigna dos homens e as injúrias com que, em todas partes, ferem vosso amantíssimo Coração.

Mas recordando que também nós algumas vez nos manchamos com tal indignidade da qual nos doemos agora vivamente, desejamos, acima de tudo, obter para nossas almas vossa divina misericórdia, dispostos a reparar, com voluntária expiação, não apenas nossos próprios pecados, mas sim também os daqueles que, separados do caminho da salvação e obstinados em sua infidelidade, ou não querem seguir-vos como um Pastor e Guia, ou, pisando as promessas do Batismo, tem desprezado o suavíssimo jugo de vossa lei.

Nós queremos expiar tão abomináveis pecados, especialmente a imodéstia e a desonestidade da vida e dos vestidos, os inumeráveis ataques estendidos contra as almas inocentes, a profanação dos dias festivos, as imensas injúrias proferidas contra Vós e contra vossos Santos, os insultos dirigidos a vosso Vigário e a Ordem Sacerdotal, as negligências e horríveis sacrilégios com que é profanado o mesmo Sacramento do amor e, em fim, os públicos pecados das nações que opõem resistência aos direitos e ao magistério da Igreja única por Vós fundada.

Oxalá que nos fosse dado lavar tantos crimes com nosso próprio sangue!

Mas, entretanto, como reparação da honra divina ofendida, unindo com a expiação da Virgem vossa Mãe, dos Santos e das almas boas, Vos oferecemos a satisfação que Vós mesmo oferecestes um dia sobre a cruz ao Eterno Pai e que diariamente se renova em nossos altares, prometendo de todo coração que, enquanto nos seja possível e mediante o auxilio de vossa graça, repararemos os pecados próprios e alheios e a indiferença das almas ante vosso amor, opondo a firmeza na fé, a inocência da vida e a observância perfeita da lei, sobretudo da caridade, enquanto nos esforçamos por impedir que sejais injuriado e por atrair a quantos possamos para que Vos sigam.

Oh! benigníssimo Jesus! Por intercessão da Santíssima Virgem Maria Reparadora, vos suplicamos que recebais este voluntário ato de reparação; concedei-nos que sejamos fiéis a vossos mandados e a vosso serviço até a morte e dai-nos o dom da perseverança, com a qual cheguemos felizmente a glória, onde em união com Pai e com o Espírito Santo, viveis e reinais, pois sois Deus por todos os séculos dos séculos. Amém.

Pio XI

Tags:
1 abril, 2015

Hora Santa: Quinta-Feira Santa e a prisão do Sacrário.

Accipite, et manducate ex hoc omnes...

Temos a honra de publicar esta belíssima Hora Santa composta especialmente para o dia de hoje pelo Padre Mateo Crawley-Boevey, membro da Congregação dos Sagrados Corações de Jesus e Maria. Tendo sido curado milagrosamente no Santuário das aparições do Sagrado Coração a Santa Margarida Maria em Paray-le-Monial, França, Pe. Mateo decidiu então conquistar os lares, sociedades e nações para o Sagrado Coração. Com ordens de São Pio X, iniciou sua cruzada pela Entronização do Sagrado Coração nos lares. Por quarenta anos percorreu o mundo promovendo suas famosas Horas Santas, implorando às famílias cujos lares já eram consagrados ao Sagrado Coração que não deixassem Nosso Senhor solitário, especialmente nas quintas-feiras que antecediam a primeira sexta-feira do mês, dedicada ao Sagrado Coração. Até sua morte em 1960, Padre Mateo, o grande Apóstolo do Sagrado Coração, lançava em suas publicações apelos pela Comunhão reparadora, freqüente e diária, a devoção ao Santo Rosário e até mesmo o reconhecimento pela ONU dos direitos de Cristo Rei.

Tags:
21 março, 2015

Um bispo fala.

Comentando as palavras do Cardeal Sarah, um bispo escreve ao Fratres:

mitra1Há muitos bispos também que resistirão a esta tentativa de traição à Doutrina da Igreja. Não estamos no Sínodo, e muitos dos que lá estarão não nos representam. O que podemos agora fazer é ensinar a Doutrina verdadeira, rezar e sacrificar-se, e tentar convencer outros irmãos bispos da leviandade com que estão tentando modificar a Doutrina em favor de uma pretensa pastoral. Sempre existiu e continuará a existir um pequeno grupo de bispos fiéis, que quase nunca são ouvidos e que não tem força, por exemplo, dentro da Conferência Episcopal. Mas jamais trairemos a Santa Igreja. Rezem por nós, que, naturalmente, precisamos manter muita discrição, já que nos tempos atuais, Ciudad del Este transformou-se em um paradigma que certamente será repetido, caso alguém se sobressaia ou eleve o tom de voz, não concordando com os desmandos daqueles que deveriam ser os guardiões da autêntica fé. Estamos tentando nos articular para podermos assumir um papel de maior importância neste quadro dramático em que se encontra a Igreja hoje.

Tags: