Padre Beto abandona ministério sacerdotal e espera que Igreja volte a ser a mesma das décadas de 60 a 80.

Declaração de Padre Beto em seu perfil no Facebook:

beto

A partir do momento em que a Diocese de Bauru tornou pública a determinação de me retratar, declaro a todos através desta mensagem a minha decisão:

Não irei retirar nenhum material postado por minha autoria nas redes sociais, no meu site ou em qualquer espaço da internet. Tudo que procuro realizar e todas as minhas declarações são bem refletidas e possuem simplesmente a intenção de evangelizar e fazer com que as pessoas se aproximem mais da vivência do AMOR pregado pelo Cristo nos Evangelhos. A Igreja precisa ser um espaço dialogal para que as pessoas possam transcender de fato e se tornarem verdadeiros filhos de Deus em nosso universo contemporâneo.
Se refletir e’ um pecado, eu sempre fui e sempre serei um Pecador!

Diante da determinação feita por vossa Excelência Reverendíssima Dom Caetano Ferrari de me retratar confessando humildemente que errei, pensei muito bem, refleti sobre minha existência, sobre o significado de ser um sacerdote no mundo atual e cheguei à seguinte atitude:

A partir da data de 29 de abril de 2013 me desligo do exercício dos ministérios sacerdotais na Igreja Católica Apostólica Romana e portanto na Diocese de Bauru.

Para minha pessoa se torna impossível viver o Evangelho em uma Instituição, na qual, no momento, a liberdade de reflexão e liberdade de expressão não são respeitas.

Mesmo com esta minha decisão, não deixo de ser padre (já que uma vez sacerdote sempre serei sacerdote). Vou continuar minha vida procurando através de minhas reflexões contribuir para a construção de uma sociedade mais humana e dialogal.

Espero de coração sincero que a Igreja volte a ser, como foi nas décadas de 60 à 80, uma Igreja, na qual todos os seus membros tenham o direito de se expressar e refletir livremente criando verdadeira comunhão na fé em Cristo. Espero também que a Igreja se abra ao desenvolvimento da ciência e às novas realidades que vivemos em nossa sociedade contemporânea para que ela (a Igreja) não cometa injustiças e não seja um obstáculo para a felicidade do ser humano.

Quero agradecer a todos os amigos e amigas que rezaram por mim, por todos que demonstraram sua solidariedade, enfim, todos que acompanharam os meus passos até agora. Desejo também dizer que continuaremos juntos na amizade e na vontade de transformação.

Um grande abraço a todos e que Deus os abençoe,

Padre Beto

82 Comentários to “Padre Beto abandona ministério sacerdotal e espera que Igreja volte a ser a mesma das décadas de 60 a 80.”

  1. Apenas oficializou aquilo que já vivia na prática, infelizmente. Agora terá toda a grande mídia a seu favor para se fazer de vítima por ‘refletir’ demais e criticar a intolerante e discriminatória Igreja ‘romana’. O legado de Leonardo Boff continua…

  2. Foi tarde! Agora o bispo tem que oficializar isso!

  3. Já vai tarde. Deveria ser excomungado, já que disse que não vai retirar o material da internet.

  4. Bom seria se ele também voltasse a ser o Padre de quando foi ordenado, se é que ele já não pensava assim naquele dia. Por que sempre a Igreja tem que mudar e não nós?

  5. Respeito que o “Padre Beto abandona ministério sacerdotal e espera que Igreja volta a ser a mesma das décadas de 60 a 80.”
    Faço no entanto votos para que reconsidere a sua decisão e volte em breve ao rebanho da Santa Igreja Católica.
    Louvado Seja Deus.

  6. É, Padre Beto é um dos piores frutos da teologia da libertação e do concílio Vaticano II no Brasil que eu já vi, em 21 anos de vida. Existem pessoas que dizem que Lutero, por exemplo… morreu católico. Espero que se isso for verdade, possa acontecer o mesmo com este homem… Mas agora este acontecimento consegue ter um efeito igual ao de cortar uma célula cancerígena no corpo de um ser humano… Ainda existem milhares de células cancerígenas, mas quanto menos, melhor.
    Pax Domini sit semper vobiscum.

  7. O fato dele falar “em uma Instituição” denota claramente que nunca amou a Igreja, nem sabe que ela é a Igreja de Cristo, caso contrário, se arrependeria e faria de tudo para permanecer nela. Mas venceu a sua própria vontade, o seu “achismo”, o que ele pensa “ser igreja”. Que Deus possa tocar em seu coração dando-lhe a graça do arrependimento.

  8. A Igreja não é uma democracia. E tem regras, normas, dogmas.Se não aceita, por favor se retire.

  9. O ideal seria se ele se convertesse, mas como dessa mato não sairá coelho mesmo, ta bom assim, como disse a Ana Maria, o Sr. Bispo tem que oficializar isso aí! Porque esse “padre” aí continuará a fazer estragos, como ele mesmo afirmou: “Mesmo com esta minha decisão, não deixo de ser padre (já que uma vez sacerdote sempre serei sacerdote). Vou continuar minha vida procurando através de minhas reflexões contribuir para a construção de uma sociedade mais humana e dialogal.”

    vocês já podem até imaginar o tipo de contribuição que esse sujeito dará né!

  10. A primeira coisa que me vem a cabeça é “já vai tarde”.

    Mas, em um segundo momento, me lembro de Ez 18, 23 “Terei eu prazer com a morte do malvado? – oráculo do Senhor Javé. – Não desejo eu, antes, que ele mude de proceder e viva?”

    É muito bom que este indivíduo não contribuia mais ainda para a condenação dos fiéis de sua paróquia. Mas não é bom de forma alguma que Cristo perca uma de suas ovelhas, em especial um sacerdote.

    Oremos pela conversão do pe. Beto. Se ele causou tão grande escândalo com o mal que vez, quão maior não seria o impacto de sua conversão?

  11. Meu coração sangra ao ler palavras tão (aparentemente) tolas… Esse pobre coitado colabora com a destruição da Igreja, consciente ou inconscientemente. Não é motivo de alegria ou comemoração esse seu ato insano, pelo contrário, é motivo para redobrarmos as orações por nossa amada Mãe, a Igreja.

    Ele é a ovelha perdida de que falam os Evangelhos. Por causa dela, o Bom Pastor, deixa as 99 no redil e se aventura pelos campos para procurá-la e resgatá-la. Que tempos são estes em que um escandalo é motivo de alegria e comemoração?

    Certamente, o que o move não são as virtudes catolicas, mas a arrogência, a soberba e o apego ao pecado… e quiçá que outros desse tipo… mas eu não me alegro, nem por ele nem pela Igreja. Ele pq está obviamente em pecado público, e mortal. A Igreja pq isso é mais um escandalo que afasta fieis e põe almas a perder. Cada alma é preciosa, pq custou o Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo. Até mesmo a alma deste padre.

    Que ele possa recobrar a lucidez e retorne ao seio da Igreja, que se aprofunde nos estudos e encontre a Misericordia enquanto Ela ainda pode ser encontrada.

  12. Efkharistisomen tou Kyriou!
    Demos graças ao Senhor!

  13. Tão virtuoso e cheio de luz (sic!), mas se mostra finalmente como o que é: um boquirroto arrogante e incapaz de obediência.

    E lembrar que o Santo Padre Pio, uma vez ordenada sua proibição de ouvir confissões e de celebrar a Santa Missa, apenas se calou, guardou a amargura para si e ofereceu-a a Deus Pai… e obedeceu.

    E lembrar que São João Crisóstomo, morreu no exílio por obediência, apesar de lutar pela ortodoxia e contra os desmandos dos imperadores sobre o Patriarcado de Constantinopla.

    A atitude do ‘Beto’ não é novidade, me lembra um outro ser “iluminado, excelso, belo” (sic!), hoje rabudo, chifrudo, catingudo… sentado no trono dos quintos.

    Já foi tarde, ‘Beto’… Parabéns ao Senhor Bispo, Dom Caetano. Deus lhe pague pela coragem e caridade.

    Vade retro Satana! Nunquam suade mihi vana! Sunt mala quae libas. Ipse venena bibas!
    Sacra Crux sit mihi Lux, non Draco sit mihi Dux!

    Tes presvies tis Theotokou, Soter, soson imas.
    + Doxa Patri kai Yio ke Aghio Pnevmati, ke nin ke aee, ke ees tous eonas ton eonon, amin.

  14. Pe. Fábio Meloso poderia ter a mesma sinceridade e abandonar o ministério sacerdotal. Aliás, padres como esses já abandonaram o sacerdócio há tempos. Continuam na Igreja pelo presítgio que o ofício lhes proporciona.

  15. Primeiro, um pós-graduado que escreve errado desse jeito (“Vossa Excelência” ao invés de “Sua Excelência”, já que não se dirige ao Bispo mas se refere a ele) desperdiçou os recursos que os fiéis depositam nos cofres da diocese.

    Segundo, ele não foi ordenado para ensinar suas opiniões, mas para ensinar o que a Igreja sempre ensinou. Livre exame é coisa de herege. Vá dar aula em alguma faculdade de ciências humanas cheia de maconheiros se fizer tanta questão de “livre opinião, liberdade de pensamento e expressão”, “refletir”.

    Terceiro, refletiu mal. O Cristo que ele diz amar pede-nos para cumprir seus mandamentos, ouvir os apóstolos (e seu legado de ensinamentos), apascentar as ovelhas (no caso dos sacerdotes, o que ele não faz, que é ensinar a fé e promover a caridade, não a si próprio), obedecer (“manso e humilde de coração”?), etc.

    Quarto, ele não passa duma amostra do que sai dos seminários ultimamente: gente vomitando blasfêmias e asneiras.

    Já vai tarde. Pelo jeito, vai fundar alguma “comunidade alternativa”. Merece uma excomunhão.

  16. Um lobo a menos na Igreja, um joio a menos no campo, o que precisamos é de Padres que REALMENTE defendam a os Dogmas e a Sã Doutrina, e não mais um desgraçado Lutero… então o Sr Pe jamais voltará, pois as “verdadeira reflexões” SEMPRE LEVARAM AO TRADICIONAL E AOS SEMPRE NOVOS DOGMAS DEFINIDOS PELA IGREJA… Fora da Qual não existe salvação…. Quer uma igreja aberta ao diálogo, vai para as seitas evangélicas, ex padres temos os braços abertos, vai lá dialogar e criar a sua Igreja… O que mais me faz pensar são os anos de Padre, que o Bispo o corrige e ele não se emenda e nem obedece (conforme video do Bispo de Bauru), só pela declaração do bispo se vê a desobediência e o ponto em que chegou, “Padre Bomba-herege-relógio”…Vai tarde !!!!!!

  17. 1 a menos. Infelizmente pelo que vi de padre católico já não tinha nada.

  18. Padre Beto,

    O que o senhor entende por evangelho, seria realmente o Evangelho?

    O erro pode ter direitos (liberdades, que o senhor diz não serem respeitadas)?

    O senhor tem conceitos errados acerca da Doutrina e da Moral Católica.

    Peço que o senhor leia este curto, mas excelente, texto:

    http://www.scutumfidei.org/2013/04/19/a-armadilha-do-preconceito-e-da-homofobia-o-vocabulario-que-quer-a-inversao-do-que-e-racional/

    Deus o ajude… em suas reflexões.

  19. Um lobo a menos … Demos graças a Deus pelo Bispo , pastor zeloso, que cumpriu o seu papel de proteger as ovelhas.

  20. A primeira coisa que me vem a cabeça é “já vai tarde”.

    Mas, em um segundo momento, me lembro de Ez 18, 23 “Terei eu prazer com a morte do malvado? – oráculo do Senhor Javé. – Não desejo eu, antes, que ele mude de proceder e viva?”

    É muito bom que este indivíduo não contribuia mais ainda para a condenação dos fiéis de sua paróquia. Mas não é bom de forma alguma que Cristo perca uma de suas ovelhas, em especial um sacerdote.

    Oremos pela conversão do pe. Beto. Se ele causou tão grande escândalo com o mal que vez, quão maior não seria o impacto de sua conversão?

  21. Oremus pro sacerdotibus cunctisque evangelii ministris.

  22. Menos um HEREGE dentro da Igreja!! Glória a Deus !!

  23. Foi tarde. Que o senhor Bispo oficialize a decisão tomada pelo “Beto”.
    Este será BETO II sendo que já Tem o Frei Beto I, colega de Boff – instrumentos do Anti-Cristo para confundir as mentes dos menos preparados na Fé Cristã.

  24. Rezemos por ele e por todos os sacerdotes iguais a ele, pois, infelizmente, há muitos espalhados pelo mundo. Até há quem pregue a desobediência, como ocorreu na Áustria há algum tempo, e foi parte do Clero organizado naquele país.

    Também façamos orações de reparação pelos sacerdotes infiéis, além de Comunhões reparadoras.

    Que Nosso Senhor e nossa Mãezinha o auxiliem no caminho de conversão. Se ele se arrepender sinceramente será acolhido como o filho pródigo. Eu creio, pois conosco é assim também, pois o Sacramento da Reconciliação existe para isso, para nos purificarmos de nossos pecados e para nos fortalecer no caminho da conversão diária, que é um processo que dura toda a nossa vida.

    Tenhamos misericórdia das pessoas que não conheceram ainda o amor de Deus e quem ataca a nossa Igreja, pois Jesus veio justamente para salvá-los. Como Jesus pediu que nós O imitássemos, é nossa obrigação interceder tanto pelos sacerdotes desviados quanto pelos inimigos da Igreja, pois Jesus e Maria não querem que nenhum de nós se perca. Quem está nas trevas não tem consciência de que deseja a Luz da vida. Que, com nossas orações, possamos ajudá-los a ter a vida eterna. Amém.

  25. Então tá. Se não vai mudar de atitude, melhor que fique fora do que dentro. Retrata uma Igreja em crise (um sacerdote que inventa sua própria doutrina), e o apoio que ele recebe é o retrato da mediocridade e soberba humanas (mesmo pessoas não católicas, quando tem honestidade intelectual, são capazes de perceber que não cabe a um padre ficar dentro da Igreja alterando toda a doutrina e falando mal dela)

  26. Infelizmente mais um “lobo em pele de cordeiro”. A peneirada já está sendo feita e os maus ja estão saindo. Rezemos para que o BOM DEUS nos preserve e proteja de tais males.

  27. Quanto orgulho, quanta presunção, quanto apostasia. Muito triste.

    Padre Beto, desde quando “evangelizar” é fazer as pessoas refletirem por conta própria e endossarem justamente o que mundo prega como contra-valores ao que a Igreja ensina?

    O senhor quer uma Igrejas aos seus moldes e do seu jeito, uma Igreja que fale e paz e amor, mas não uma Igreja que ensine a conversão, a mudança de vida e o verdadeiro amor. Por que então resolveu ser padre?

    A triste lição vale também para os senhores bispos. O bispo de Bauru foi muito correto em seu ultimatum e merece nossa consideração, mas ao mesmo tempo não podemos tapar o sol com a peneira e dizer que ele e tantos outros também têm uma parcela de responsabilidade nesse estado de coisas. Não é possível deixar que esses tipos de sacerdote se criem nas dioceses, se fortalecem e ensinem o erro por tantos anos para chama-los às falas apenas quando o escândalo toma proporções enormes e incontroláveis no mundo virtual, enquanto eles já estavam carecas de saber dos escândalos há anos. É preciso agir no início, advertir com caridade, chamar para conversar calma e paternalmente, mas também tomar atitudes concretas caso as admoestações caridosas e paternais não surtam efeito. O bem das almas e a defesa da Fé Católica devem vir em primeiro lugar, em detrimento da imagem pessoal ou de como vai ficar a imagem da diocese.

    Padre Beto, acho que com a sua cabeça atual é melhor mesmo que o senhor fique longe das ovelhas, bem longe delas, mas ao mesmo tempo sugiro que o senhor verdadeiramente releia o Evangelho e leia a vida dos santos. Veja o tipo de amor que eles tiveram, como eles viveram esse amor, e como nada tinham de sentimentalismo barato. Veja como eles falavam do amor e do afastamento do que mundo propõe. Quando Jesus acolheu a prostituta ele demonstrou amor sim, mas ao mesmo tempo ele disse “não voltes a pecar”.

    Com a sua atitude o senhor está cometendo um pecado grande de orgulho e não vai evangelizar coisa alguma. Pelo contrário, vai causar ainda mais confusão na mente de pessoas que não conhecem o catolicismo.

    Nossa Senhora do Bom Conselho, rogai por nós!

    São Pio X, rogai por nós!

    Santo Afonso Maria de Ligório, rogai por nós!

    São João Maria Vianey, rogai por nós!

    Santa Teresa de Lisieux, rogai por nós!

    São João da Cruz, rogai por nós!

  28. Logo se ligará a alguma seita !!

  29. Paradoxal é o padre tomar essa decisão de se afastar da Igreja num momento em que o Papa Francisco adverte essa grave atitude a todos os católicos do mundo: “Cristãos mornos são aqueles que querem construir uma igreja na própria medida, mas esta não é a Igreja de Jesus”. (Papa Francisco)

  30. Diferentemente de vocês, eu fico triste com a saída do Padre Beto. Não porque concordava com suas posições esdrúxulas, longe disto. Mas porque ainda rogava a Deus por sua conversão, porque é triste demais ver um sacerdote da Igreja impenitente em seus erros. E mais triste ainda quando, de tão convicto do erro está, prefere optar o sacerdote pelo homem em detrimento de Deus. Amigos, jamais poderemos nos jubilar diante de uma alma que se afasta do rebanho do Senhor, ainda mais quando ela é justamente o pastor das ovelhas.

    Por outro lado, tenho a triste convicção de que a preservação da ortodoxia na Igreja não se fará sem cisões dolorosas. Talvez a saída do padre Beto precipite pela Igreja do Brasil o necessário choque de autoridade que muitos bispos negligenciam. Bento XVI previu que a Igreja só sobreviveria à pós-modernidade caso afirmasse de modo cada vez mais claro a Verdade revelada em Cristo, e isto seria a custa da alma de muitos que nesta vida não compreenderiam esse chamado à estrita fé. Precisamos, nós, Igreja Católica, encolher as fileiras, extrair os excessos, as incoerências, para voltar a converter os homens. Conversão completa, de verdade.

    A Igreja precisa recuperar o senso de unidade perdido nas clivagens do mundo moderno, fortemente potencializadas pelas ambiguidades do Concílio Vaticano II. O senso da unidade exige uma humildade que muitos dos nossos não serão capaz de sentir. O pior pecado do Padre Beto foi a sua prepotência, que abriu caminho para os seus credos confessadamente heréticos. Confiemos menos no homem e mais na Igreja. Somos insignificâncias, pequeninos pecadores que nem a sombra da santidade vislumbramos. Toda pretensão reformista, na maior parte das vezes, não parte de um despertar da fé, mas da nossa indisciplina e leniência para com as contingências que a nossa fé nos exige.

    Fé é sacrifício, é subverter a lógica do utilitarismo, é entregar a nossa vida sem medo a Deus. Quando passamos a meditar sobre o que nos interessa na nossa fé, fraquejamos! O padre Beto fraquejou e preferiu o pecado ao invés da conversão. É uma pena, mas parecia inevitável.

  31. Vamos rezar para que ele se converta, se arrependa e volte. A Igreja estará sempre de braços para o receber, mas é preciso uma conversão sincera.
    .
    E o que eu fico me questionando aqui é sobre o erro dos seminários em aceitar pessoas sem a mínima vocação (na acepção secular) e promove-las ao sacerdócio. Isso tudo poderia ser evitado se houvesse uma melhor triagem dos seminaristas, impedindo que os inaptos fossem ordenados. Não teríamos que viver essas tragédias.

  32. Se mesmo o escandaloso Padre Pinto se emendou e entrou na linha, tenho esperaça de que Padre Betto volte ao seio da Igreja.

  33. Já vai tarde! Devia sair já hoje e não dia 29. quer fazer mais estragos neste final de semana?
    Você, Beto, enquanto exercia o ministério sacerdotal tinha um público fiel todo domingo na missa. Isto fez com que você se enchesse de orgulho, ficasse cego e pensasse que o público fosse seu. Este público continuará fiel a Jesus Cristo e à Igreja, que você jurou servir e agora está cuspindo no prato onde comeu. Você será esquecido como tantos outros.
    Recorde-se sempre da parábola do Filho Pródigo: quando você se arrepender, poderá voltar e será perdoado, mas volte humilde.
    Sempre ouvi falar que não há todos os pecados, menos o pecado do orgulho, e que no inferno há todas as virtudes, menos a humildade.
    Agradeça ao Dom Caetano por ter tido muita paciência e compreensão pra com você.

  34. O próximo passo provavelmente será uma universidade, quem sabe uma PUC da vida, onde padre Beto lecionará (o próprio bispo de Bauru disse que “ele é brilhante”), como tantos outros de sua mentalidade, e transmitirá suas ideias a jovens seminaristas, que, por sua vez, se tornarão outros padres betos, que pensarão e ensinaram o que hoje ele prega, sem a intervenção dos ordinários locais, e assim o círculo se fecha.

    É preciso dar um basta nisso! Há que se cuidar da formação dos sacerdotes. O problema vem muito antes de sua ordenação.

  35. O que no fundo todos nós esperávamos era uma GRANDE atitude de humildade e obdiêcia, reconheçendo os erros e não insistir neles. Porém é sabido que é mais fácil optarmos por nosss paixões. De qualquer forma: MENOS UM LOBO NO REDIL DAS OVELHAS !!!

  36. Teremos em breve um novo membro do PSOL. Os amigos do frates irão ver ano que vem o Padre Beto junto a Jean Wilys e afins. E o pior, esse comunista padre ( que ja ta excomungado ) exerce a função de professor!
    O Senhor nos livre!

  37. Fico imaginando o estrago que Pe Beto já fez em sua comunidade e mais ainda nas escolas como professor. Meu Deus imagina agora então fora da igreja ele irá afastar muitos jovens da igreja com suas ideias diabolicas.

  38. Depois das últimas declarações dele, isso já era meio esperado. Não ama a Igreja. Acha suas “reflexões” mais preciosas do que a fé da Igreja. Pelo menos agora não confundirá os menos instruídos se passando por padre. O que me impressiona é a quantidade de mensagens de apoio que ele recebeu no Facebook, provavelmente a maioria vinda de “católicos”.

  39. E não vou rezar para que ele se converta. Ele conhece a palavra de Deus, conhece a sã doutrina da Igreja Católica e mesmo assim a rejeita. Suas afirmações são diabólicas.
    Vá se juntar com todos aqueles que são politicamente corretos. Vá se juntar com a escória intelectual que hoje domina as universidades e influencia sobremaneira a opinião pública, desorientando milhões de almas. Vá se juntar com os propagadores da TL. Vá se juntar com o movimento gay, abortista, feminista e demais instrumentos usados pela elite globalista que ambiciona destruir Igreja Católica Apostólica Romana. Que se filie de uma vez em um desses partidos políticos marionetes que compõe esse cenário DEMOcrático.
    Penso que daqui algum tempo ele será professor numa PUC da vida ou numa Unisinos.

  40. rezemos pela sua conversão

  41. Tal fenômeno no seio do catolicismo é sintoma da crise espiritual que afeta a Igreja nas últimas décadas, e que insere-se perfeitamente na crise do mundo moderno como um todo. O homem moderno perdeu os nexos simbólicos, não vê a significabilidade das coisas. Espiritualmente impotente, não sabe erguer o olhar da inteligência acima da realidade material, e analisar as coisas sub specie aeternitatis. Tais católicos, quando opinam, literalmente não sabem do que falam: expressam apenas seu estado de alma, passando a léguas do cerne do problema do qual imagina estar discorrendo. Suas opiniões traduzem os anseios, as paixões e os gostos do homem exterior.

  42. Menos um herege! Deo gratias!

  43. O que dizer mais disso tudo?

    Posse dizer apenas que esse padre (?) reflete tudo e sobre tudo, só não refletiu o que realmente deveria refletir : A Luz que emana de Cristo!

    Outra coisa:

    Faço uma aposta que em breve esse senhor estará no programa do Jô, da Fátima Bernardes e da Marília Gabriela, é lógico que lá ele estará para defenestrar a Santa Igreja Católica que lhe formou, mas é melhor um inimigo externo que interno!

    Só mais uma coisinha para “refletirmos” :

    “O Demônio pode se ocultar até sob o manto da humildade, mas não sob o manto da obediência.”
    Santa Faustina Kowalska

  44. Cobra mata-se no ninho! O Senhor Bispo esperou 4 anos para tomar uma atitude correta! Aos olhos do mundo ele sai como vítima, o que era sua intenção. Muitos irão fazer protestos, beijaços em favor do Padre Beto. E mais uma vez a Santa Igreja do Nosso Senhor será a vilã. Eu sei que já estamos acostumados, mas muitos são vulneráveis, pois toda a mídia dará espaço a ele.
    Repito: demorou muito para o bispo ter resolvido essa questão. Esse padre deveria ter sido expulso logo nas primeiras pisadas….Que sirva de lição!

  45. Puxa! Demorou muito. Até pra se desligar do que na realidade nunca havia se ligado, foi necessário dar um showzinho? Ah, quisera que todos que possuem o mesmo comportamento e imaginação a respeito da santa igreja se retirassem também. Que pena que isso seja apenas utopia de minha parte. O padre não sabia que Cristo não criou a santa igreja para “reflexões”. Ela foi instituída para que o conhecessemos e o seguisse a fim de alcançarmos o que com seu sangue foi pago, a vida eterna.
    O padre beto (com letra minúscula) pensou que seria para que seguissemos à ele? E as suas reflexões que trariam a felicidade ao homem? E onde ficam as de Cristo? Me poupe destas “reflexões”…….

  46. Hermeto Nelson Spohr 27 de abril de 2013 – Venho pedir singelesamente ao Senhor Nosso Deus, que interceda junto a conciência do Sacerdote Beto para que medite carinhosamente sobre sua decisão. Espero que o Senhor lhe conceda bom discernimento de exame de conciência para com muita calma meditar a respeito do que manda a doutrina da Santa Madre Igreja: Una, Santa, Católica, Apostólica, Romana! Pe.Beto, o Sr. está para servir o que manda a Santa Igreja e não para querer se impor com suas idéias mirabolantes,talvez? Para os Cismas existem os Concílios.Pe. Beto, não queira bancar outro Lutero! Um pouco de humildade ao Sr. será muito bom e devemos obedecer o que manda nossa querida Igreja e não profaná-la!

  47. Espero que seja formalizada a saída dele mesmo. Senão a poeira baixa e ele continua atuando na diocese e fazendo os mesmos estragos que já vem fazendo.

  48. Ele certamente estará na próxima ‘fazenda’. E indo ou n, vai continuar a falar como padre católico, ele mesmo já disse isso, precisamos cobrar do bispo uma atitude. Se o Fratres der o assunto por encerrado, como pediu um comentarista, perderemos força.

  49. O lado bom desse episódio são as coisas ficarem bem as claras.Aco que é disso que precisamos na Santa Igreja.Fico pensando nos religiosos que são mais discretos que o padre em questão,e que estão por ai,leves e soltos,com suas posições no minimo heterodoxas.Há pouco tempo atrás num debate de tv ouvi de um padre falando muitas coisas que o padre beto prega,só que não de forma tão escancarada..E olhem que esse padre do debate já tem idade,e está por ai envenenando os fiéis.

    Pelo descaramento,pela sinceridade do padre Beto,fica fácil desmarcará-lo e acabarmos vendo o fim da história como tudo indicava que iria acontecer.

    Quisera que fosse sempre assim,não apenas nos caso escancarados como do padre em questão,mas principalmente em relação as raposas em pele de cordeiro que andam por ai envenenando o corpo da Igreja.

    Mas para isso precisamos de Bispo fiéis a Santa Igreja,prontos a extrair os tumores que espalham seus males,pelo bem das almas.

    Fica a esperança de que esse padre se converta sinceramente.Me parece uma pessoa muito confusa.

    Fiquem com Deus.

    Flavio.

  50. “Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem! Mateus 18:7

  51. Tudo que está sujando o mundo é a desobediência. Foi assim com Lúcifer. Foi assim com nossos primeiros pais, Adão e Eva. Foi assim com ex-frei Leonardo Boff. E é assim com o frei Betto (dominicano) e agora com padre Beto (da diocese de Bauru). E qtos padres Betos existem por aí… centenas, milhares… Deus não obriga a ninguém, mas Ele apenas avisa que quem não se converter não vai para o Céu, e sim para o…. A escolha é livre, jamais é obrigatória!

  52. Um fiel abandonar a Igreja é algo triste. Um padre, mais triste ainda, mas esse Beto já não era um sacerdote da Igreja Católica e sim de uma igrejola particular, há tempos.
    Graças a Deus. Fará menos mal às almas que estavam sob sua responsabilidade.

  53. Triste, tristíssimo tudo isso…

  54. Escrevo neste espaço porque só agora vi toda entrevista desse padre (que gerou a crise) e só agora vi a entrevista do bispo após ter lhe pedido retratação.
    Quero registrar uma coisa: apesar de parecer merecer apoio e aplausos por ter tomado uma atitude diante do fato, o bispo não me passou essa impressão de jeito nenhum.
    Falou com tanto constrangimento e com tantos elogios que mais do que condenar ele pareceu aprovar o que o tal padre falava e condenar apenas o fato de ele ter falado.
    Sim, ele tomou uma atitude, é verdade, isso é melhor que nada. Mas antes dessa atitude, qual teriam sido suas atitudes para com ele? Se quando conversava com ele em particular se mostrava do jeito que se mostrou na entrevista, sinceramente, não é a toa que o padre estava daquele jeito.
    Imaginem uma criança que fala uma coisa muito feia e ofensiva, desrespeitosa e injusta e ao invés de ser chamada atenção com seriedade, ao invés de lhe explicarem com clareza os porquês de estar errada e ao invés de lhe darem a devida punição pela sua arrogância, chega-se pra ela e se diz:
    “Querida, voce tem que ir mais devagar, voce tem que entender que é muito inteligente e muito a frente do seu tempo, o mundo ainda não consegue te acompanhar. Vai com calma. Voce tá certa, mas ninguem pode saber disso ainda, senão vão brigar com voce, pois todos são ignorantes. Eu sei que voce é corajosa e revolucionária, mas calma, vai com calma, queridinha, senão voce vai complicar a vida da gente tambem. Evita esses assuntos complicados, faz de conta que tá tudo bem, se acovarde como o resto de nós…”
    Isso não é uma correção. Isso não é um ensinamento. Isso é um incentivo a continuar e fazer a mesma coisa e cada vez mais. Isso convence a criança que todos são hipócritas e ela é a tal, a que vai revolucionar e concertar tudo, botar os pingos nos is, fazer o que os outros não tem coragem de fazer pois são todos frouxos e ignorantes, marionetes de um autoritarismo opressor.
    Se esse padre já pensava, agia e falava dessa forma, ele tinha que ser afastado completamente de qualquer trabalho pastoral ou pregação de qualquer tipo, e ser levado a re-estudar o catecismo, os padres da Igreja, e a repensar sua vocação sacerdotal. Caso não optasse pela fé católica e pela vida completamente consagrada a Deus na Igreja, seria livre pra deixá-la, sem condenações, excomunhões ou escândalos.
    No entanto o que fizeram? Deixaram-no ser professor de mentes em formação. Deram-lhe o cargo de responsável pela pastoral da comunicação e etc etc.
    Ao que me parece empurraram ele pro precipício. Deram corda pra ele se enforcar. E agora que se enforcou o mandam calar a boca. Ele não cala, é claro. Não sabe porque está errado. Pensa que está certo, se julga um herói, um profeta, tá cheio de si, pois não foi trabalhado na humildade nem na oração, com certeza, e provavelmente nem sabe o beabá da fé.
    Por isso, me desculpem, mas eu não vou culpar o padre e elogiar o bispo. A meu ver seria uma injustiça. Peço a Deus perdão para os dois. E misericórdia pra todos nós.

  55. Graças a Deus! Devo confessar que, pelo menos desta vez, ele foi coerente. Vá Pe. Beto, e converta-se ao Cristianismo, depois volte.

  56. Como diz Padre Paulo Ricardo: “A Igreja anda precisando de ex-comunhões, não de conversões”.
    Não sei como essa história vai acabar, mas que Deus tenha misericórdia dele, e dos que ele vai levar com ele!

  57. Agora é aguardar para ver esse comunista sendo entrevistado no Fantástico e no Programa do Jô.

  58. Menos um lobo (2).

    Falta ainda uma alcateia. A alcateia do modernismo para eliminar e a igreja voltar a ser o que era no reinado do Papa São Pio X.

    Mas isso ficará a cargo da Virgem Puríssima que já “refletiu” em La Salatte, Lourdes e Fátima, mas os padres (e nós leigos também) não refletiram muito bem suas mensagens e se tornaram mais do que cloacas de impurezas e infelizmente muitas almas irão refletir no inferno a loucura que cometeram em vida ao não defender a Igreja de lobos como este padre beto.

  59. Recordemos o que diz São Paulo:
    “Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo
    contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças,
    como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à
    verdade, entregando-se às fábulas.”
    (2Timóteo 4:3,4)

  60. “Cobra mata-se no ninho! O Senhor Bispo esperou 4 anos para tomar uma atitude correta!”…

    Excelente colocação…

    Quatro anos e esse homem dizendo e vomitando disparates, sem participar das reuniões do clero, sem participar do retiro anual, que todo padre é obrigado a fazer pelo DIC, etc…
    Sabemos que não é fácil para um Bispo tomar uma decisão grave assim, mas, por favor, um padre como esse cara, com ferro na orelha, levando uma vida a seu bel prazer, debochando cinicamente da doutrina da Igreja, e o Bispo o deixa assim por 4 anos???
    Claro que só podia dar no que deu. Ele vai sair com vítima; a vilã, a inquisidora é a Igreja, como fez o sr. Genésio Bofado…Quando viu que ia ser punido, o que fez, saiu fora, assumiu sua amásia de longa data, se esmerou mais em suas heresias e sandices, e, como sempre fazem os hereges e cismáticos, cuspiu no prato que comeu.

    Não precisa esperar que a Igreja volte a ser como foi na década de 60 e 80…Arranja uma garagem, abra sua seita e aplique todos os métodos abjetos que foram aplicados na Igreja nessas décadas pestilentas pelas quais a Igreja passou, tenha certeza de uma coisa senhor padre Beto, não lhe faltará adeptos, afinal, na babel de seitas que o Brasil se tornou, há gente pra todos os gostos…

    O pior é que como o senhor, pe. Beto, tem centenas de padres “formados” e afogados na mesma lama imunda e sórdida da teologia liberal, da filosofia atéia, da exegese racionalista e similares, formados pelos milhares de institutos “filosóficos teológicos”, sem nenhuma obediência ao mínimo que exige Roma para uma formação básica CATÓLICA; nesses antros de deformação e em muitos de depravação, o fundamental é afrontar e dilapidar a IGREJA CATÓLICA, é ridicularizar Nossa Senhora, o Papa, o CIC, o CDC, os Concílios, com exceção do Vaticano II, claro, interpretado e aplicado segundo os milhões de espíritos que o deturpam. E a maior parte dos nossos Bispos estão preocupados com a terra, com os índios, com a natureza, etccccccc…

    Se todos esses padres tivessem o brio de sair da Igreja e fundar sua seitazinha, a formação de nossos leigos não estaria tão baixa como está, nós não precisaríamos ouvir uma “homilia” como a sua, colocada aí no blog, totalmente herética e venenosa, que nem um pastoreco do Edi ladrão vomita tanta heresia burilada e enganosa pra tolos acreditarem…

    Engraçado, o sr. Bispo, não sei se por educação ou por tentar tapar o sol com a peneira, disse que o sr. é um bom padre, que só avança o sinal de vez em quando…Não entendi…Se um padre que age como sr. é bom, nós estamos perdidos…

    Se quiser se converter e ser um PADRE CATÓLICO, peça desculpa, assuma uma Paróquia, aceite que até agora foi envenenado pela mortífera e cancerígena tl e volte…
    Senão, continue sua vidoca de vedete… Procure o Genésio, vá ser professor de alguma “PUC”, e seja feliz, se bem que é impossível ser feliz traindo Nosso Senhor e sua Igreja, principalmente pra quem foi marcado, indelevelmente, com o Sagrado Ministério.

    Que Nossa Senhora o ajude a sair desse lamaçal em que se meteu.

  61. Oremos por ele. É muito jovem e inexperiente. Ainda está naquela fase de imaturidade que leva o jovem a ser rebelde sem causa, a bater o pé e dizer:
    _ Não vou deletar meu Facebook!
    Oremos também para que a escassez de operários para a messe, não leve os Bispos a sair por aí impondo as mãos sobre qualquer um: “A ninguém imponhas precipitadamente as mãos,
    (1 Timóteo 5:22)
    Eu costumo dizer que gostaria de ter o corpo e a saúde que eu tinha há 20 anos atrás, mas a cabeça que tenho hoje, porque a maturidade faz com que aprendamos a ver o mundo e a vida com mais responsabilidade.
    Não sabemos portanto o dia de amanhã. Pode ser que o Padre Beto comece a “refletir” sobre esse período conturbado de sua vida, pode ser que ao cair do cavalo como caiu o Apóstolo Paulo, depois desse período de cegueira se torne um grande defensor da Igreja de Cristo.
    Nós temos os nossos relógios, mas Deus é ainda o Senhor do tempo. Oremos.

  62. Eu gostaria que a Igreja voltasse a ser o que era nas décadas de … 1760 a 1780!

    Fique um pouco mais para estudar Catecismo, Pe. Beto, está muito cedo ainda!

  63. Se o Padre Beto tivesse lido um só livro de São João da Cruz – Noite Escura, por exemplo – ; ou Castelo Interior, de Santa Teresa de Jesus; se tivesse lido Santo Agostinho (Confissões ou Cidade de Deus), no mínimo teria aprendido a refletir e ensinar dentro da Igreja Católica. São exemplos de muitas leituras e autores cristãos que pensaram e escreveram; mudaram a face da Igreja vivendo a humildade do “só sei que nada sei”. E foi justamente a arrogância de desejar ser o mentor das consciências, de tutelar a irreflexão dos leigos que obnubilou o Evangelho que ele dizia querer pregar. Quis pregar seu próprio evangelho, não o Evangelho. Seu martírio pífio no patíbulo da verdade não tem significado para mim.

  64. Vera
    Sr ou Sra M do dia 27 de abril, 2013 às 12:48pm

    Anonimo, bem próprio mesmo, não assume os comentários, sou universitária porém tenho moral e não sou maconheira e muitos na minha faculdade também não o são, maconheiros e drogados existem na nossa sociedade podre e com falso amor cristão, como o seu por exemplo.

  65. Ainda que este padre Beto estivesse certo em suas pronuncias (porque não o que ele falou, ou como falou) ele deveria ter humildade e obediência ao seu superior, se desligar das funções sacerdotais foi, na minha opinião, uma fuga pra nao enfrentar o orgulho ferido. Ele deveria ter confiado em Deus, se a causa dele é justa Deus estaria com ele…..se desligando do sacerdócio ele fugiu da batalha, escolheu o caminho mais facil.
    E em relação a Igreja voltar aos anos 60, como católico acho desnecessário, é o próprio Espirito Santo que a conduz, se não fosse Ele a Igreja ja teria sucumbido diante de tantos problemas.

    Graça e Paz
    Wesley Pablo Julian Teixeira

  66. Esperemos que ele não se torne um pseudo-mártir, um herói. Rezemos sempre pela nossa Santa Igreja Católica. Vida longa e muita saúde física e espiritual ao Santo Padre Francisco. Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo.

  67. Parece que o padre Beto persiste em seu erro, mesmo após admoestado. É uma das características da heresia. Quanto a deixar o exercício do ministério, talvez seja melhor, para não maltratar ainda mais a Igreja. Muito embora, ele deve recordar-se muito bem do que jurou, de joelhos, quando foi ordenado diácono, diante do Bispo que o ordenou: “Prometes respeito e obediência a mim e a meus sucessores?”, mas a consciência dele quem julgará é o Senhor.
    Só peço a Deus que ele seja um bom cristão, pelo menos, e salve sua alma na comunhão com a Igreja, mesmo que não exerça mais o sacerdócio. Se quer refletir que reflita, viva sua espiritualidade particular sem interferir na vida dos fiéis, mas não se afaste de Cristo.

  68. Salve Maria !

    O Bispo tem mérito ? sim !… mas quem foi que deu este empurrão nele !? eu e outros poucos católicos ! criei uma página no Facebook especialmente para que o Bispo tomasse uma decisão sobre a situação do ex padre Beto. Durante anos nada foi feito pela Diocese de Bauru. Comecei o movimento e em apenas UMA SEMANA tudo foi resolvido. É PRECISO QUE ISSO FIQUE BEM CLARO, não por motivos de orgulho, vaidade, soberba… MAS SIM PRA MOSTRAR AO MUNDO QUE FIÉIS LEIGOS, MESMO QUE POUCOS, TEM O PODER DE DEUS PARA PROTEGER SUA SANTA IGREJA. Quando o clero não age, podemos agir por eles como neste caso.

    NEGAR NOSSA PARTICIPAÇÃO DIRETA E PRIMEIRA, É NEGAR QUE EXISTE A POSSIBILIDADE DE REAGIRMOS DIANTE DE CASOS COMO ESSE QUE EXISTEM AOS MILHARES E NADA É FEITO, É NÃO MOTIVAR A OUTROS A FAZEREM O MESMO.

    Ad maiorem Dei gloriam.

    Beto Vasconcelos

    “Padre Beto Converta-se” – AQUI COMEÇOU TUDO !!!!

    http://www.facebook.com/padrecetoconvertase

  69. VEJAM ISTO:
    “Não irei retirar nenhum material postado por minha autoria nas redes sociais, no meu site ou em qualquer espaço da internet”.
    (…)
    “Mesmo com esta minha decisão, não deixo de ser padre (já que uma vez sacerdote sempre serei sacerdote)”.

    Está bem claro, não?
    Assim sendo, não há saída: o Senhor Bispo de Bauru PRECISA EXCOMUNGÁ-LO.

  70. Bem realmente acredito que deva haver uma excomunhão devido as sacralidades que ele possa cometer, rezo para que ele se converta, porém é realmente uma alegria que ele tenha saído no momento, se não obedece ao Bispo, não obedece mais ninguém e a Igreja é uma hierarquia.

  71. Comecei o movimento e em apenas UMA SEMANA tudo foi resolvido.
    Como já lhe disse no seu perfil, repito aqui: deixa de ser ridículo, quem resolveu o caso foram os emails que os leitores do Fratres mandaram. Vcs estão com esse herege há 4 anos e n deu em nada.
    Tenha humildade e admita: quem resolveu foi o Fratres!

  72. Dá vontade de vomitar lendo o que ele escreveu. E dá pena dos muitos enganados com essa falácia, hipocrisia e farisaísmo desse “padre”.

    Já vai tarde!

  73. Beto Vasconcelos, parabéns pela iniciativa. Realmente durante muito tempo parece que o Sr. Bispo ficou apenas em “conversas informais”. Precisou vir tudo a público de forma “midiática” e com pressão de católicos para que a Diocese fizesse algo concreto.

    Lamentável…

    Parabéns ae.

  74. Reflexão, estou refletindo: a tal página foi criada em 20 abril e hoje tem 428 curtidas.
    No dia 22 o Fratres deixa a lista dos emails das autoridade e no dia 23 o Bispo manda retirar tudo do herege. E o cara diz que em uma semana a página dele resolveu tudo?
    O Fratres resolveu em 1 dia kkkkkkkkkkkkkkk

  75. Hoje é o dia D, então?

  76. Diogo
    Obrigado!

    Mas veja bem, isso foi um trabalho em conjunto com muitos fiéis católicos.
    O que precisamos é concentrar forças, unidos,para combater esse tipo de coisa dentro da nossa Igreja.
    Concordo plenamente com o G. M. Ferretti quando ele cita “Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer” (Lc 17;10). … nossa tarefa maior é combater o BOM COMBATE, e isso fizemos nesse caso. Não sei porque a Ana Maria Nunes quer tanto assim um mérito que pertence a todos !… mas enfim, desde quando escrevi o texto acima chamando a atenção de todos pelo que estava (e continua) ocorrendo na imprensa, e em redes sociais também, é pelo FATO QUE NÃO ENFATIZARAM QUE ESTE CASO COMEÇOU COM FIÉIS LEIGOS e não com o Clero. Não entenderam isso ! Até entendo a imprensa por ser sempre tendenciosa e querer gerar polêmica. Mas, redes católicas NÃO DIVULGAREM esta força que veio de baixo pressionando a Cúria de Bauru, me deixou escandalizado e triste ao mesmo tempo. Chamei a atenção pra gente, pra que cada mais vez pudéssemos nos levantar contra os males que há dentro da Igreja quando para despertar aqueles fiéis sem confiança numa vitória deste porte. Espero que um dia possam entender e assim ajudarão a entender a realidade das coisas.Se a Ana Maria Nunes quer os créditos que fique todos eles, posso até mesmo, na página “Padre Beto Converta-se” dar estes créditos a ela sem problema algum desde que ela vá na página da Diocese de Bauru e acesse aos posts e veja quando começou o movimento. Ela vai perceber que, até o dia 20 de Abril só tinha quase POSTS DO PADRE BETO fazendo a sua “propaganda. No dia 19 de Abril um amigo postou lá, com um comentário meu, o video quando descobrimos em uma página católica do Facebook, Perceberá que no dia 20 (dia em que criei a página) postei o 1° post do “Padre Beto Converta-se”; dali pra frente fizemos, pela página, o maior barulho possível. O andamento coloquei num post na página “Padre Beto Converta-se” CRONOLOGIA (do caso). É certo que o bispo recebeu mensagens, mas não surtiu efeito. Quando veio a público aconteceu algo que não podemos dizer ao certo. Se ele se encorajou a reagir, se ganhou respaldo nos fiéis, enfim, só ele pode dizê-lo. Do dia 20 ao dia 22 não paramos 1 min de enviar e-mails, mensagens pelo Facebook, posts na página da Diocese, e até mesmo participantes da página ligaram na Diocese. Todos que enviaram mensagens receberam uma resposta, sendo que a da página foi dito que ela foi encaminhada para Dom frei Caetano “”Ele foi informado também sobre a criação desta página.””. Dia 23 de Abril veio a resposta do bispo no Ato Diocesano. E culminou que o padre Beto foi excomungado. Tudo isso foi um conjunto de ações, mas negar que foi a página “Padre Beto Converta-se” não seria nada gentil. Mas aqui deixo claro que meus méritos seja reconhecido por nosso Senhor e cada um seja merecedor de bons serviços prestados a Deus. Nos resta agora pegar outro caso e pedia a Graça de Deus pra que consigamos ter sucesso como obtivemos neste caso. Paz e Bem pra todos ! Ad maiorem Dei gloriam.

    p.s: Ana Maria Nunes, para a sua informação, moro bem distante da cidade de Bauru.

  77. Domingo, 5 de Maio de 2013

    em Paróquias de todo BRASIL e de todo MUNDO.

    Missa em intenção ao: Bispo Dom Frei Caetano; sr. Juiz Instrutor; Cúria Diocesana de Bauru, Fiéis Católicos de Bauru; Fiéis Católicos que tiveram um real combate neste caso e a TODOS CATÓLICOS DE BOA FÉ DO MUNDO TODO. Amém !


    Hebreus 12
    1. Desse modo, cercados como estamos de uma tal nuvem de testemunhas, desvencilhemo-nos das cadeias do pecado. Corramos com perseverança ao combate proposto, com o olhar fixo no autor e consumador de nossa fé, Jesus.

    Nuvem = está no céu.
    Testemunhas = Mártires que morreram em nome de Jesus Cristo.
    Que todos os Santos continue rezando nós que ainda estamos na Igreja terrena e peregrina, assim também os Anjos que continuem com seu trabalho de nos enviar essas orações.

    Grande Judas Macabeus homem de Deus, o mesmo Deus lhe concedeu uma visão celestial onde foi revelada claramente a intercessão dos Santos.
    Fatos narrados no livro dos Macabeus, por sinal um dos livros mais inspirados que existem.

  78. Estou com o Beto Vasconcelos nessa. Foi preciso que uma grande mobilização, a união de vários católicos fiéis desse força e coragem ao bispo para que tivesse tomado essa atitude. Isso mostra, que nós leigos, podemos fazer muito pela Igreja de Cristo se concentramos nossas forças como tal.